Brad Sundberg (11)


[Sobre o casamento de Liz Taylor] ''06 de Outubro de 1991. Não. .. eu não estava lá, naquele dia. Tudo começou com um telefonema de Michael, talvez duas semanas antes.

Eu não me lembro das palavras exatas, mas ele estava falando de Elizabeth se casar, e um novo mirante no rancho, e música ... tinha que haver muita música.

Eu comecei a pensar comigo mesmo: "Hmmm... Eu adoro um bom casamento... muita comida, bom vinho, talvez um DJ matador... um pedaço de bolo... o que vestir, o que vestir, o que vestir??"

Voltei a me concentrar na conversa, afinal, era Michael Jackson no telefone. Ele ainda estava falando nos alto-falantes... ele querendo mais e mais alto-falantes... e aquele gazebo... Eu não sabia nada sobre gazebos.

De repente, a imagem se tornou clara. Eu não estava sendo convidado para o casamento, eu só teria que instalar um sistema de música e em torno daquele novo mirante que estava sendo construído perto da casa principal.

Até agora, eu tinha instalado cerca de 200 alto-falantes mais as ''pedras falantes'' por todo o rancho Neverland. ''Pedras falantes'' são os alto-falantes em forma de pedras, mas eles tem alto-falantes dentro de si - daí o nome inteligente.

Tínhamos pedras falantes ao redor do lago, em torno das estações de trem, na casa principal, nas casas de hóspedes, no relógio gigante de flor, no parque de diversões, no jardim zoológico - o grande jardim zoológico - no trampolim... pedras em toda parte! Mais algumas rochas em torno daquele novo gazebo deveria ser fácil o suficiente.

Agora, a coisa de trabalhar com Michael - ''zero'' de aviso prévio. Gostaríamos de literalmente terminar um projeto no rancho, talvez apenas testá-lo, e aqui ele vinha em seu carrinho de golfe do Batman, segurando seu chapéu para que não voasse, para vir ver o nosso trabalho. Bem, o casamento não foi exceção.

Para os meus leitores com idade inferior a 40, vocês provavelmente não sabem o quão incrível e famosa era Elizabeth Taylor. Com todo o respeito às muitas atrizes de hoje, Elizabeth estava em uma classe única. Ela era engraçada, charmosa, inteligente e... muito inteligente. E bonita.

Eu trabalhei para ela por muitos anos após o casamento e nos tornamos bons amigos. Mas voltando ao meu ponto, sua fama era lendária e este casamento foi a conversa de Los Angeles, senão do mundo.

Então, Michael me chama e me dá talvez 10-14 dias de aviso prévio para construir este sistema. Isso pode parecer bom e nós conseguimos, mas aquele era um de, talvez, dezenas de projetos em andamento em todo o rancho.

Havia construtores, eletricistas, designers, empresas de tendas, artistas e jardineiros em todo lugar. Tivemos que cavar trincheiras, enterrar os fios, instalar alto-falantes, testar e sintonizar. Mas tudo no rancho tinha que ser perfeito. Cada trilha, cada planta, cada centímetro de concreto foi lavado e preparado para o grande dia.

Sugeri sobre "estar no local" para o casamento, apenas para manter um olho [e ouvido] em tudo. [Eu não mencionei o meu amor pelas recepções de casamento, certo?] Mas eu estava certo de que tudo ficaria bem sem mim. Menos pelo meu bolo.

E tudo correu bem. Foi um circo, uma tempestade de neve da mídia, a capa de todas as revistas, tabloides e notícia durante dias. Eu não recebi nenhum relato de oradores incômodos, então eu acredito que minha contribuição foi considerada um sucesso.

Larry [marido de Liz] e eu também nos tornamos amigos, e eu tenho mais do que algumas histórias para compartilhar com ele... algum dia. Eu deveria escrever um livro, um dia desses.

Pedras falantes, girafas, gazebos, chimpanzés, tendas, bolo de casamento, Michael, Elizabeth e Larry. Foi um tempo louco, com algumas personalidades surpreendentes. Ah, e um mês depois, foi lançado um álbum chamado Dangerous.''

by Brad Sundberg (Profissional em sistemas de som)

* Mais fotografias do casamento da Liz Taylor clicar aqui

Fontes: 
http://inthestudiowithmj.com
http://mjtranslate.com


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...