Nancy Cartwright


"Então,o que você dá a alguém que já tem tudo? O que se dá a um homem que realmente não quer nada, exceto ser aceito? O que você daria a Michael Jackson?

Levou dias para descobrir. Nós estávamos trabalhando na canção Do The Bartman, quando John se inclina e diz: "Eu não vou lhe dirigir neste.'' "Ah, que chato!", eu disse.

"Sim", ele continuou. "Um cara chamado Michael vai fazê-lo."

Demorou alguns segundos para que a ''ficha caísse'' e meu queixo caiu em seguida.

Michael?! Eu corri para o shopping mais próximo. Um óculos de sol? Uma camiseta? Uma gravata estilosa? Algo mais pessoal.

Corri para casa e vasculhei cada armário. Meu trompete? Nunca! Aquela lingerie? Uma foto de família? Eu tinha que pensar em algo. Eu não sei por que, só tinha que fazer. Então, enquanto eu cavava mais fundo em minha coleção, eu ouvi a coisa mais estranha.

A pequena Lucy, então com nove meses, apontou seu dedo na direção de um boneco do Bart Simpsom e eu ouvi minha própria voz alterada dizendo: "E não é...?''

Problema resolvido. Eu tenho cerca de 10 destes bonecos. O boneco é realmente bonitinho. Eu percebi que isso só poderia ser o presente perfeito para o cara que tem tudo.

Situado no lobby, a porta se abre e ele caminha. Ele estava com seus óculos de sol e era um pouco mais alto do que eu tinha imaginado. Jim estava lá e apertou sua mão e disse algumas coisas, o recebeu e tudo mais. Então, Michael se virou para mim.

Eu tinha o boneco nas minhas costas porque eu queria surpreendê-lo. Eu tinha assinado na barriga do boneco e escrito "Bart'' [em formato de coração] e ''Michael" na frente de sua camiseta.

Assim como nós terminamos os nossos cumprimentos, eu puxei o boneco de trás e entreguei para ele, dizendo: "Isto é de mim para você."

Ele quase teve um ataque cardíaco! Seus olhos brilharam como os de um garoto de seis anos de idade e ele o pegou e o abraçou.

"Ó meu Deus, ele realmente é um garoto!" , eu pensei. Ele me agradeceu muito e, a partir daquele momento, eu sabia que iríamos ter um grande momento.

Nós fomos para o estúdio e começamos o ensaio para a canção Do the Bartman. Michael foi absolutamente incrível. Nós nos divertimos muito. Não demorou muito em tudo, porque ele sabia exatamente o que estava fazendo.

Nós começamos no topo e apenas a percorremos um par de vezes e ele não conseguia parar de rir. Ele simplesmente amava o Bart e quando falei com ele, Michael ficou encantado... como uma criança no Natal.

Em um ponto da música, havia muito espaço para improvisos. Eu ''pirei''. Eu adicionei um presente para o fim: “Eat your heart out, Michael!* [*gíria usada para provocar a outra pessoa, como uma brincadeira - nota do blog]


Ele amou isso! Nós terminamos e ele me deu uma cópia e me deu um abraço. E então eu saí para uma sala de estar muito acolhedora para um almoço.

Ah, e por falar nisso, sabe sobre os bonecos? Eu os encontrei à venda na Toys "R" Us por US $ 10 cada. Peguei todos eles, era como um negócio. Ei, você nunca sabe quando você pode encontrar com Michael Jackson!''

by Nancy Cartwright
*Atriz e dubladora norte-americana, ela faz a voz do personagem Bart Simpson nos seriados.

*Trechos de sua autobiografia My Life as a Boy 10-Year-Old 
 Ano 2000

Nota do blog Do the Bartman, uma canção do desenho Os Simpsons, foi lançada como um single de sucesso em 1990. Escrita por Michael Jackson e Bryan Loren, embora Michael não tenha recebido nenhum crédito, porque ele estava sob contrato com outra gravadora, Michael, sendo um fã do desenho e principalmente de Bart, escreveu e compôs a música Do the Bartman.

Embora a música nunca tenha sido oficialmente lançada como single nos Estados Unidos, ela foi muito bem sucedida internacionalmente, alcançando o topo das paradas na Austrália, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega e Reino Unido (conquistando a certificação ouro). Ele também alcançou o top ten na Suécia e na Holanda.

Fonte: http://tally777.tumblr.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...