A história de Captain EO


De 1986 a 1990, a Disney exibiu em seus parques temáticos o filme Captain EO em 3D, estrelado por Michael Jackson e dirigido por Francis Ford Coppola, com roteiro também de Coppola, George Lucas e Rusty Lemorande.

Captain EO é considerado como um dos primeiros filmes 4-D* [nome dado a um filme 3D que incorpora efeitos especiais tais como lasers, fumaça, entre outros, quando sincronizado com a narrativa do filme]. Esta inovação foi sugerida pelo escritor-produtor Rusty Lemorande que é, por vezes, chamado de "O Pai do 4-D".

As imagens de Captain EO

Uma seleção especial de imagens dos bastidores
do filme Captain EO, estrelado por Michael Jackson.

Álbum de fotografias

29 de Agosto de 2004

O último aniversário de Michael com a família 
reunida no Omni Hotel em 29 de Agosto de 2004.



Tom Jobim


Tom Jobim em entrevista à revista Veja
edição de 23 de março de 1988

Veja - O Michael Jackson ganhou 10 milhões de dólares para fazer anúncio da Pepsi-Cola, não é?

Jobim - Eu fico muito satisfeito com isso porque o Michael Jackson comprou os direitos dos Beatles. Isso é uma coisa fantástica. O Michael Jackson deve ser fã dos Beatles e vai cuidar bem da obra. Eu, se ganhasse um dinheiro desses, não 10 milhões de dólares que é muita coisa para mim, mas 5 ou 4 ou 3 ou 2 ou 1 milhão de dólares, compraria a obra do Tom Jobim, a minha própria obra.

Pharrell Williams


"Eu encontrei [Michael] duas vezes. Eu falo sobre o controle da mente, ele era um gênio! Nós entramos no trailer - era um trailer de dois andares - o trailer tinha escadas! [...] Ele entra, ele é alto, de pé lá, duas mulheres bonitas entram, ele beija uma delas. É um momento! Não é como nenhum beijinho... é uma situação! [As mulheres] parecem brasileiras, e eu estou tipo, 'Uau!' Ele é o rei em pegar você desprevenido."

by Pharrell Williams [cantor norte-americano]

Fonte: http://www.usmagazine.com

Madonna no MTV Vídeo Music Awards

video

Madonna falou sobre Michael Jackson no MTV Vídeo Music Awards que aconteceu em 13 de Setembro de 2009, no Radio City Music Hall, em New York.