O programa ''Wetten Dass...?'' em 1999


Em 20 março de 1999, Michael Jackson apareceu no programa de TV alemão Wetten Dass..? para anunciar seus concertos beneficentes - na Coreia do Sul e Alemanha - a fim de levantar fundos para The Nelson Mandela Children's Fund, a Cruz Vermelha e UNESCO. A aparição de Michael atraiu uma audiência recorde de 18 milhões só na Alemanha, igual a sua primeira aparição em 04 de novembro de 1995.

A seguir, nós temos os videos, a transcrição 
da entrevista e as imagens do evento

video

video

A tradução da entrevista

TG: Thomas Gottschalk [apresentador]
MJ: Michael Jackson
JM: Jonathan Morrish [Sony, UK]

[Cerca de 150 fãs estão acomodados em ambos os lados do palco. Por volta das 22:00, o video We Are The World é mostrado pouco antes de Michael aparecer no show.

TG: O Rei do Pop! Aqui está Michael Jackson!!!

[Michael entra. Ele está vestindo calças pretas, uma jaqueta preta com uma faixa vermelha em seu braço, uma camisa branca, botas pretas e óculos de sol. Seu cabelo está na altura dos ombros. Aplausos estrondosos, os fãs gritam por minutos. Michael cumprimenta TG e faz um breve gesto sobre o quanto TG é alto.]

TG: Vamos falar um pouco sobre o novo projeto...

[Eles caminham até o sofá onde os outros convidados do show estão sentados. TG senta mas MJ acena para os fãs, então TG se levanta de novo. Os fãs ainda estão gritando, e é preciso aguardar alguns minutos para poder conversar. MJ sorri.]

TG: Então... obrigado. [para os fãs]

MJ: Eles apenas não podem parar...

TG: Então... .Michael, eles não me escutam...

[Os fãs ainda estão gritando tão alto que ninguém pode entender uma palavra.]

Hoje ele quer.... escutem... escutem um pouco... você, bem ali... [indicando o segundo grupo de fãs do outro lado do palco]. Vamos lá... pobre Michael ficaria feliz se vocês o ouvissem uma vez. Ele viu vocês, agora. Ok. Então... nós sabemos que vocês o amam. Por favor, pensem um pouco no ''tio Thomas''. Quero lhe perguntar algumas coisas. Ssshhhht... vamos lá! Uma pausa! Crianças!!!! Eu tenho que repreendê-los, novamente??

[MJ sopra um beijo na mão para os fãs e aponta em sua direção... risos.]

''Me dê esse cartaz. Mê dê esse cartaz. Morrish, me dê esse cartaz.''

[Os fãs começam a gritar novamente.]

TG: É como estar em um ringue. Quando eu tiver esses queridos aqui no aperto [apontando para o grupo de fãs à esquerda] os mais lá de cima começam novamente. Crianças... ok. Escutem... vamos falar duas frases sobre este novo projeto.... crianças, vocês não sabem o que vai vir...

[Alguém entrega um cartaz para Michael que diz: "o paraíso das crianças em seu coração".]

TG: Ele tem um novo projeto. Haverá dois grandes concertos por e com ele.... um aqui na Alemanha e um na Coréia.

[Enquanto isso, Michael coloca o cartaz no chão e olha para ele.]

TG: Michael, um novo projeto de vocês. Como é que você começa a ideia para um projeto como este?

MJ: Bem... o que aconteceu foi...

[Os fãs começam a gritar de novo ao ouvir a voz de Michael.]

MJ: Eu estou... Eu... Eu...

[Os fãs ainda gritam, impedindo Michael de falar.]

TG: Ok, diga-nos...

MJ: Eu sabia que tinha que fazer alguma coisa. Eu simplesmente não conseguia me sentar, você sabe, de agora até o milênio e não fazer nada. E então eu tive essa ideia para uma música e as palavras "O que mais posso dar" [What More Can I Give} continuaram a chegar. Então, eu sabia que tinha que fazer alguma coisa. Quase ao mesmo tempo... eu estava falando com o presidente Mandela e quando ele me convidou para realizar, essa foi toda a inspiração que eu precisava.

[Risos e os fãs começam a gritar alto, novamente.]

TG: Vamos lá [para os fãs]... Eu vou dizer uma coisa para vocês sobre ele. Ele vai viajar até Nelson Mandela e explicar esse projeto para ele novamente. E mais tarde, eu vou falar com os representantes dos grupos que serão beneficiados com este projeto - a Cruz Vermelha e UNESCO.

TG: Michael... em Seul, você vai encontrar alguns dos seus amigos convidados por você: Pavarotti, Stevie Wonder, Eros Ramazotti, talvez os Scorpions. Estamos felizes, é claro que você vai com eles para Munique. Você também está ansioso para Munique?

[Os fãs ainda estão gritando alto e Michael estava observando enquanto TG estava falando. Ele parece um pouco confuso quanto TG espera por ele para responder a pergunta. Parece que ele perdeu a pergunta. Talvez devido aos fãs que ainda estão gritando tão alto que você mal consegue entender uma palavra.]

MJ: Aham... Sim... aham...

[Ele parece um pouco confuso sobre o que é esperado para dizer e ele olha em volta buscando um rosto conhecido para ajudá-lo. Ele vê Jonathan Morrish - da Sony UK - e aponta para ele pedindo-lhe para vir para o sofá.]

Sr. Morrish... ele está melhor preparado do que eu. Da Sony.

[Leia mais sobre Jonathan Morrish aqui]

TG: Ele é o chefe da gravadora.

MJ: ...e Marcel Avram...

[No momento Marcel Avram está cumprindo uma sentença de prisão por evasão fiscal, mas ele foi autorizado a deixar a prisão para esta ocasião. MJ faz indicações para Marcel para que também venha para o sofá, mas Marcel recusa.]

JM: Eu acho que há uma... Esta é noite muito solene. O que Michael está fazendo é enorme. Ele está dando de si mesmo - ele sempre o faz. Eu acho que ele está querendo... há uma mensagem importante, por isso que ele está fazendo o concerto em Munique e um concerto na Coréia.

[Enquanto isso, Michael pega uma dos narcisos que estão na lateral do sofá como uma decoração - os fãs começam a gritar de novo.]

JM: O que todos nós temos que lembrar é a tragédia e sofrimento na segunda guerra mundial - um monte de países ficaram divididos. Alemanha foi unificada 10 anos atrás - é por isso que Michael quer fazer um concerto aqui. A outra razão para que o concerto é em Seul é porque... é muito importante. Michael quer passar a mensagem de que Coreia do Norte e do Sul conseguiram se reconciliar novamente. E isso é uma parte muito importante a respeito do que tratam os dois concertos que serão feitos por Michael e os amigos que Thomas já anunciou.

TG: Maravilhoso! Obrigado. Michael não poderia ter dito melhor. Muito obrigado.

[Ele aperta a mão de Michael.]

TG: É um prazer. Uma honra, é claro. Obrigado. Temos... Michael, você se lembra de Wetten Dass... Lembre-se ... você esteve com a gente. Vamos lembrar quando ele cantou no Wetten Dass... naquela época.

[Eles mostram partes da performance de Earth Song de Michael. Michael faz alguns pequenos passos de dança para a música. Depois disso, ele vai até os fãs do lado esquerdo.]

TG: Basta dizer "Olá".

MJ: [Aponta para um cartaz] Oh... Wayne... Wayne, consiga aquele... Vamos lá... [apontando para o cartaz que ele gostaria de ter].

[TG quer levar Michael para a saída, mas Michael simplesmente não quer sair. Ele ainda está observando os fãs e seus cartazes.]

TG: Obrigado por estar aqui. Obrigado.

[No entanto, Michael retorna aos fãs para chegar ao cartaz para o qual ele tinha apontado e Teddy Lakis pega o cartaz e mais outros dois. Michael acena para os fãs, em seguida, ele olha para o cartaz escolhido e o mostra para TG.]

MJ: Muito lindo!

TG: Oh sim. Obrigado, Michael. Obrigado. Tchau.

[Michael sai do palco com o cartaz debaixo do braço. TG se senta numa cadeira - absolutamente exausto.]

TG: Oh, oh, oh... eu nunca quero me tornar uma lenda.

Após Michael sair do palco, os porta-vozes da Cruz Vermelha e Unicef ​​explicaram um pouco mais sobre o projeto de caridade que Michael estava apoiando com o seu concerto. Este é um resumo do que eles disseram:

Gottschalk agora fala com Dr. Peter Walker [Cruz Vermelha]) e Dr. Dieter Beerstecher [Unesco].

TG: O que a Cruz Vermelha vai fazer com o dinheiro deste concerto?

PW: Será distribuído para projetos em todo o mundo, por exemplo, para a Coréia do Norte, onde alimentos e medicação serão comprados para seis milhões de pessoas. Parte do dinheiro vai para a América Latina, onde o furacão Mitch levou a fome, e parte do dinheiro irá para a África [Uganda e Angola], onde as famílias que foram separadas durante a guerra serão reunidas novamente.

E mesmo aqui na Alemanha, há pessoas que precisam de ajuda e a Cruz Vermelha tem milhares de missões para ajudar os jovens. Michael queria dar a todos a oportunidade de tomar parte em ajudar, e é o concerto é sobre isso.

TG: Unesco também está a contribuir para este projecto, o que vocês estão planejando?

D.B.: Nós não está apenas planejando, nós estamos agindo. Durante os últimos anos, criamos um grande programa internacional para ajudar crianças carentes e, infelizmente, existem muitos tipos diferentes de necessidade. Há crianças deficientes, há os filhos de refugiados, há pequenas crianças em idade pré-escolar que crescem na pobreza, cujo futuro não parece muito brilhante, a menos que recebam ajuda.

Há várias centenas de milhares, talvez até mesmo vários milhões de crianças em fuga que vivem nas ruas, que dormem embaixo de pontes e em caixas de papelão, e não só em cidades como Rio de Janeiro, onde eu fui na semana passada, mas também na Europa, como em Moscow, onde muitas vezes é frio demais para sobreviver sem um lar. Sobrevivência física é, naturalmente, o ponto mais importante aqui, mas essas crianças também precisam receber educação ou elas não vão ter um futuro.

TG: Então, essas são duas razões pelas quais o concerto de Michael podem ajudar. Mais uma vez: todos os lucros deste concerto serão doados a estas duas organizações.






















Antes do show
Detalhes da roupa usada na ocasião 

''Eu nunca conheci uma personalidade tão dividida como Michael Jackson. Quando Michael foi pela primeira vez desde o camarim para o palco, eu percebi a mudança total em sua personalidade. Ao assumir o palco, perdeu todas as dúvidas sobre si mesmo e do mundo. Nenhum outro artista como ele dominou o palco. Não importava se ele estava no estúdio ou em grandes estádios. E sempre quis que você pudesse salvar um pouco dessa força incrível, este carisma extraordinário para a vida real. Parecia que ele nasceu para cantar e atuar no palco.''
by Thomas Gottschalk [apresentador do Wetten Dass...? em 1995]


Nota As imagens dos concertos beneficentes podem ser vistas aqui

Fontes:
Imagens do meu arquivo
http://en.michaeljackson.ru
http://maljas.republika.pl
The Visual Documentary by Adrian Grant

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...