''O Álbum Mais Vendido de Todos os Tempos''


Michael foi anunciado no Guinness Book of World Records
pelo recorde de vendas do álbum Thriller

Em 07 de fevereiro de 1984, a CBS Records e The Guinness Book of World Records prepararam uma grande festa no Museu de História Natural de New York a fim de comemorar o sucesso do álbum Thriller, o qual estava sendo introduzido no Guinness Book of World Records pelo incrível número de mais de 25 milhões de cópias vendidas, até aquele momento.

Michael pediu especificamente que a festa fosse realizada naquele museu porque ele estava interessado em animais e história natural.

Os fãs cheios de sorte que puderam assistir ao evento encontraram os seus 1.500 cupons premiados dentro das cópias dos singles de Thriller. Ao mesmo tempo, milhares de fãs estavam presentes na parte externa do museu, por trás das barricadas de proteção policial junto ao Central Park, enfrentando o frio rigoroso. Michael reservou um tempo para se aproximar deles e compartilhar a sua alegria por aquela noite memorável.

Além dos fãs convidados, também estavam presentes os familiares de Michael Jackson e a sua então namorada, a atriz e modelo Brooke Shields.

Na festa, o presidente da CBS Records Walter Yetnikoff presenteou Michael com a primeira edição em papel do Guinness Book of World Records de 1984. Eles haviam interrompido a impressão dos exemplares para incluir no livro o nome de Michael Jackson.

Thriller havia ultrapassado a marca de 25 milhões em vendas, se tornando o álbum mais bem sucedido na história, superando as vendas do álbum da trilha sonora de Saturday Night Fever para assumir o primeiro lugar.

Allen Davis, presidente da CBS Records International, leu uma longa e impressionante lista dos prêmios e recordes de números de Michael, e acrescentou:

''Hoje à noite, Michael, seus marcos internacionais para o álbum Thriller somam o total de 67 discos de ouro e 58 discos de platina em 28 países em 6 continentes. E os singles com 9 milhões em vendas ganharam mais de 15 prêmios, elevando o total para 140 discos de ouro e platina."


Confetes passaram a cair por todos os lugares, enquanto as dançarinas cercaram Michael durante uma das muitas homenagens. No mais longo discurso público que colaboradores próximos conseguiram se recordar durante a sua carreira de duas décadas, Michael pegou o microfone e disse à plateia:

''Eu já venho me apresentando há vinte anos... eu comecei a sair em turnê com os meus irmãos aos cinco anos de idade. e eu sinto como se tivesse acabado de começar. E eu sempre quis fazer grandes coisas e alcançar muitas coisas, mas pela primeira vez em toda a minha carreira, eu sinto como se eu tivesse feito isso, porque eu estou no Guinness Book of World Records.''

''Eu estou tão honrado e profundamente tocado por isso e agradeço a todos. E agradeço também à CBS Records que é a melhor gravadora do mundo e Walter Yetnikoff, que é o melhor presidente de uma gravadora no mundo. Obrigado a todos. Vocês todos são pessoas maravilhosas. Eu estou muito embaraçado, mas obrigado."

Enquanto Michael largava o microfone, Yetnikoff o pegou, sorrindo:

''Nós temos uma pequena surpresa", ele começou. "Eu não sei se eu sou o melhor presidente de uma gravadora do mundo, mas Michael é certo o melhor artista do mundo. Michael simplesmente conseguiu o título para o melhor artista solo de todos os tempos.''

''Eu estou lendo o livro Guinness dos Recordes. O álbum mais vendido de todos os tempos é Saturday Night Fever com 25 milhões de cópias no mundo todo. Eu tenho notícias para você... hoje, nós ultrapassamos as 25 milhões de cópias com Thriller! Michael Jackson - o artista número um do mundo!'' Yetnikoff gritou.

Então, com a canção Billie Jean ecoando pelos alto-falantes, Brooke Shields saltou para o palco e abraçou Michael.



Enquanto os convidados saíram deste espaço para a área do museu onde réplicas de elefantes e outros animais estavam em exposição, Michael se misturou aos outros convidados. Ele levava consigo a cópia encadernada especial do Guinness Book of World Records com a qual tinha sido presenteado por Norris McWhirter, o editor do Livro Guinness, que disse, ''Nós interrompemos a impressão do livro quando Thriller tinha cegado a 23 milhões, mas agora ele já está em 24 milhões."

Curiosidade: Dentro do museu, Michael Jackson também foi presenteado com uma carta do ex-presidente dos E.U.A. Ronald Reagan, a qual dizia: ''Você ganhou um grande número de fãs ao longo da estrada desde I Want You Back e Nancy [esposa] e eu estamos entre eles. Nós estamos felizes por você. Sinceramente, Ronald Regan.'' [a leitura desta carta feita por Thomas Wyman aparece no segundo video]

Antes de ir para o evento no Museu de História Natural, Michael tirou esta fotografia no hotel onde estava hospedado, apenas 11 dias após o acidente onde ele sofreu as queimaduras no couro cabeludo, durante a gravação do comercial da Pepsi.

Os videos

video

video

As imagens



































Com o estilista Calvin Klein






























Com Janet Jackson
Com a irmã de Frank DiLeo


Com Steven Spielberg
Revista fala sobre como Michael
entrou de vez para a ''idade adulta''

Imagens da mesma noite


Imagem acima: Dentro da suíte no Helmsey Plaza Hotel.
Imagens abaixo: Do lado de fora do Helmsey Plaza Hotel.






Fontes:
The Visual Dcumentary by Adrian Grant
Imagens do meu arquivo


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...