Depoimento de Stacey Appel


''Quando Got to be There se tornou um sucesso em 1972, Michael queria executar a música usando o chapéu de Applejack retratado na capa do álbum. Ele sabia que a plateia iria delirar ao vê-lo naquele chapéu familiar, mas sua idéia foi rejeitada.

Quando Donny Osmond imitou o estilo e começou a usar um chapeau semelhante, as multidões de concertos foram à loucura. Michael sabia que deveria sempre confiar em seus instintos e esta foi uma lição que ele nunca esqueceu.

Mais tarde, em sua carreira, ele quase sempre usava variações do terno de riscas brancas ao executar Smooth Criminal e teria sempre uma jaqueta vermelha de zíper se ele estivesse cantando Beat It. Mesmo anos depois que essas músicas desapareceram das paradas, essas roupas permanecem inextricavelmente ligadas às letras e Michael se certificou para que ninguém as esquecesse [ como se nós pudéssemos].

Ele amava seus fãs como poucos artistas e nos agradar era de extrema importância. E se suar sob uma máscara de lobo durante Thriller fosse recebido com entusiasmo jubiloso, então ele faria tudo por isso. Gritos da platéia eram como moedas para Michael e nesse aspecto, ele foi o homem mais rico que já viveu.''

Stacey Appel estilista que trabalhou com MJ na era Off the Wall

Fonte: MJJ Love Lives Forever
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...