Randy Jackson e Karen Faye falam sobre Oprah


Nesta semana tem sido noticiado na mídia que a apresentadora e empresária Oprah Winfrey cogita se candidatar à presidência dos Estados Unidos nas próximas eleições.

Para não deixarmos fatos importantes cair no esquecimento, seguem abaixo as palavras de Randy Jackson e Karen Faye a respeito de Oprah Winfrey.

a) Randy Jackson falou na época em que Oprah entrevistou os pais de Michael:
"Eu sei que todo mundo quer conhecer minha posição sobre a entrevista da Oprah. Primeiro, me deixe dizer que eu amo minha mãe e meu pai. Estou humildemente agradecido por ter eles como meus pais, mas nem sempre concordo com as escolhas que eles fazem. Este é um desses momentos.
Descobri que a Oprah estava na casa da nossa família ... meu estômago doía e ainda não desapareceu. Não tive conhecimento prévio que isso aconteceria. Foi deliberadamente guardado de mim porque sabiam que eu teria tentado impedir. Eu sei como Oprah se sente sobre meu irmão e minha família. Eu também sei que ele não teria querido isso. Na verdade, ela é a última pessoa na Terra que ele gostaria de ter em torno de seus filhos. Nunca poderei esquecer quando ela exibiu um programa a respeito de pedofilia durante o processo de deliberação do júri no caso de Santa Maria de meu irmão. Isso não foi coincidência."
b) Karen Faye falou a respeito de Oprah Winfrey:
"Se você visse a dor e as lágrimas nos olhos de Michael ao falar da dor que a Oprah causou para ele, você também ficaria chateado. Michael realmente chorou na minha presença ao falar da crueldade de Oprah em relação a ele. Eu acho que ela causou a ele grande dor.
Testemunhando a angústia de Michael nas ações de Oprah, só posso deduzir, ele não aprovaria a exposição de seus filhos à mesma dor. Mas essa decisão não é nossa a fazer. Talvez nós sejamos esclarecidos pela entrevista. Há muitos lados da história de Michael. Eu simplesmente acredito que poderia ter havido uma decisão mais gentil e mais respeitosa por parte da entrevistadora.
Tudo o que posso compartilhar é o quanto Oprah machucou Michael quando ele estava vivo. Eu me sentiria muito melhor se a Oprah se desculpasse publicamente por julgar mal a MJ.''

Créditos: Agradecimento à Nora Moya

12 comentários:

  1. Oprah Winfrey... para você, o meu mais sincero ''Foda-se!''


    ResponderExcluir
  2. Nunca gostei dela. Isto foi antes ou depois da entrevista?

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. E por que ele aceitou esta entrevista?

      Excluir
    2. Oprah intercalava matérias sobre MJ com matérias sobre pedofilia. Ao longo de outras entrevistas, sempre que tinha a oportunidade, alfinetava MJ sobre ele ser culpado das acusações, e quando ele faleceu, disse que ''nunca teríamos como saber a verdade''.

      Excluir
    3. Acredito que Michael aceitou a entrevista pelo mesmo motivo que ele aceitou a entrevista com o Bashir. Ingenuidade. A decepção veio depois.

      Excluir
  4. Eu não sabia dessa história da Oprah ter magoado o Michael ,esse jornalistas tudo farinha do mesmo saco

    ResponderExcluir
  5. O que realmente ela fez? Fiquei confusa agora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nos comentários acima eu falei algumas coisas a respeito. Clicando no link da fonte (agradecimentos à nora moya) vc pode ler mais a respeito.

      Excluir
  6. Respostas
    1. Tanto ela quanto a Barbara Walters, como entrevistadoras.

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! Este é um espaço de amor à memória de Michael Jackson. Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line. [Rosane, admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...