A saudade que fica...


''Muitos de nós se tornaram visionários encantados por sua mensagem após 25/06/2009. Outros de nós são veteranos...Alguns de nós estão fazendo um belo trabalho em seu nome e outros estão reivindicando o seu legado e lutando por justiça.

Todos nós compreendemos em um nível muito profundo e doloroso, o quanto este homem foi e é especial. A partida de Michael teve um impacto gigante sobre nós fãs, admiradores e até mesmo pessoas externas, fora da órbita que envolve seu nome.

Muitos de nós têm se perguntado o porquê de termos sido tão afetados por esse evento singular, e por esse indivíduo ímpar. A resposta mais curta pra isso é que Michael despertou muitos no planeta durante sua passagem por aqui e despertou muitos além depois de partir.

Pessoas que nunca haviam se interessado por ele estiveram pesquisando sobre sua vida e carreira. Muitos que não se consideravam talentosos estão descobrindo a sua arte antes adormecida. E milhares estão fazendo trabalho humanitário ao redor do mundo em seu nome: "Michaeling".

Doando à caridade, organizando eventos para arrecadar fundos e recursos, realizando conferências e reuniões, presenteando crianças carentes, doentes e outras pessoas vulneráveis.

Nós estamos literalmente tomando o seu lugar, o lugar que Michael enraizou ao proliferar e semear o slogan: "Cure o Mundo", e aplicando em nossas vidas como mais um trabalho, mais um dever. Nós estamos certamente fazendo o Michael muito orgulhoso, de onde ele estiver. Enquanto fazemos isso, nos sentimos um pouco melhor, mas a dor pessoal continua intensa.

O que muitas vezes nos questionamos por não entendermos, é como e por que a nossa dor nos tornou seres tão corajosos e tão profundos? Alguns dos novos defensores de Michael nunca tinham nem ouvido sua música.

Alguns de nós são fãs de longa data, temos seguido a sua carreira desde os tempos do Jackson Five. Muitos de nós ficamos surpresos com tamanha magnitude que sua ausência nesse mundo nos causou. Já os que não sabiam nada sobre Michael, não conheciam suas músicas, são os mais curiosos sobre como eles foram afetados por sua perda.

Alguns têm sofrido como se tivessem tido uma estreita relação com ele, como se tivessem lhe amado ainda mesmo que nunca tenha lhe conhecido. Alguns não sabiam o quanto poderiam se machucar. Alguns sentem como se sua partida despertasse algo internamente. Muitos embarcaram em uma jornada espiritual iniciada por uma emergência provocada por esse evento infeliz.

Janet Jackson disse: "Para você, Michael era um ícone; Para nós Michael era família." Embora isso seja tecnicamente verdadeiro se for medido pela carne e sangue, Michael foi a salvação de muitos... Ele foi uma voz sã em um mundo dominado por tanta insanidade. Para muitos, ele era sua esperança, seu confidente, seu modelo, seu ídolo, seu líder ou guru. Ele representou a saída ou o caminho a seguir.

Ele foi alguém que surgiu de repente e tornou-se algo maior que a própria vida. A voz de Michael nos acalmava. Suas letras colocavam muitas das suas esperanças, pensamentos e orações em palavras e atingiam direto nosso coração e alma.


Para alguns, ele representou a luz em um mundo irremediavelmente escuro. Quando Michael Jackson deixou este planeta, ele levou parte de sua luz imediata com ele. Essa luz foi ancorada aqui há 50 anos e a sua retirada repentina nos deixou cambaleando com uma sensação angustiante de vazio.

Nossas lágrimas foram e são espontâneas, nossa tristeza é sufocante. Muitos de nós não apenas lhe conhecia antes, mas também não sabíamos que tínhamos o nosso próprio espectro de sentimentos.

Quando nos ocupamos o suficiente, o sofrimento ameniza, pode até haver um período de trégua onde eles ficam mudos e o processo não é linear, mas cíclico. No caso de Michael Jackson, o processo normal do luto é tão complicado por vários fatores. Não conseguimos mais acompanhar o lamento e afeto do que se perdeu dada a sua dimensão.

Aqueles que o conheciam pessoalmente, passaram por um momento difícil, mas nós fãs enfrentamos o mais difícil! Porque enquanto eles conheceram Michael intimamente, nós não chegamos a conhecê-lo e ele não fez parte de nosso círculo íntimo.

Em vez de estarmos envolvidos e incluir às disposições de lidar com a preparação, de sua despedida, fomos forçados a ser meros observadores e "estranhos." Não tivemos nenhuma palavra de conforto com a sua partida. Para a maioria de nós, Michael foi uma parte íntima de nossas vidas e por sermos meros “estranhos”, ficamos com um sentimento de desamparo.

Agora acrescente a isso a frustração e nossa impotência por assistir a descarada impossibilidade da mídia e sua cobertura pela imprensa mundial, lhe ser fiel. E além disso, pelo fato de como ele sempre foi tratado. Ainda agora o retratam da mesma forma, só que agora bem mais visível para o mundo. Estão todos mais atentos.

Nós conhecíamos o coração deste homem e pesquisamos os fatos e sabemos que ele sempre foi inocente. Nós também sabemos que o Michael humanitário foi praticamente consumido de forma vil e como parte de sua vida, há décadas, tem sido negligenciada.

A mídia conseguiu hipnotizar o público a acreditar apenas numa caricatura deformada e mentirosa desse homem maravilhoso e continuam a expelir a mesma linha de partida e cada vez que isso acontece, e nós fãs que conhecemos esse ser excepcional e bondoso, estremecemos. Não só nos melindramos, mas sentimos a faca em suas costas por empatia, cada vez que as mentiras são repetidas.

Mais uma vez, nos sentimos impotentes. Há também a questão dos "biógrafos não autorizados" cujas carreiras foram construídas e enriquecidas sobre o desmembramento de um homem que realmente foi brilhante. O homem que tem o maior número de fãs pelo mundo, um humanitário e filantropo que foi transformado em um vulto escuro na memória coletiva do século XX e isso dói.

É especialmente cruel quando vemos o sucesso de hits que, pela desintegração deste homem gentil, foi perpetrado apenas para o lucro. Os livros produzidos com suas “histórias” sobre Michael Jackson venderam bilhões de dólares atingindo a vida desse homem de forma desigual e injusta.

Nós fãs estamos revoltados não só porque essa é uma fase, uma jornada de luto, mas por nossa voz ter sido constantemente destituída de razão. Nós somos os denunciantes que estão tentando dizer ao público hipnotizado que eles estiveram sob a influência de uma ilusão e que esta prática não é apenas perigosa, mas desumana.


Nós também estamos tentando lidar com o desprezo que se desenvolve sobre "aqueles loucos fãs do Michael Jackson." E pelo delírio entre nós que funde todos os tipos de sentimentos: raiva, angústia e desamparo. Temos sido chicoteados pela frustração! O pior tipo de perda, é aquela sem sentido.

E nós sabemos que Michael não tinha que morrer. Esse sofrimento não é normal em uma atmosfera que não é normal. Normalmente, quem parte desse mundo é elogiado de forma respeitosa, é lembrado por suas contribuições para com os outros e o mundo lhes dá destaque merecido. Suas vidas tornam-se célebres e são reverenciados. É normal que se tenha algum encerramento. Não há encerramento com a morte de Michael Jackson.

Não há sequer um processo normal de luto, por causa da excessiva publicidade e inclinação negativa em torno disso e pela reação, da mídia e opinião de quem não sabe NADA sobre ele ou a mácula do processo. Se o verdadeiro Michael Jackson fosse globalmente exposto amanhã e as pessoas realmente pudessem ver como eles foram enganados e levados na maciota em acreditar na versão do homem do tablóide, os fãs finalmente respirariam aliviados.

Se a história real fosse realmente liberada para a cultura de massas e começassem a entender todo o enigma, os fãs teriam alguma esperança. Se toda essa bagunça fosse exposta para o que ele foi como ser humano e o mundo fosse realmente informado sobre a verdade desta história, e um reconhecimento fosse feito pelo dano, os fãs começariam o seu luto normal.

Por isso, é importante entender que esses "loucos fãs de Michael Jackson" - embora alguns sejam hostis e equivocados - agem por impulso e movidos por suas angústias de forma que, às vezes, são destrutivos e nem sempre úteis, mas todos nós estamos realmente tentando ...Estamos tentando salvar Michael e salvar nós mesmo de um mundo cruel que maltratou muito, muito mal o nosso maior tesouro. Estamos tentando ressuscitar a verdade.

Estamos tentando construir um mundo honesto porque essa prática vil, está destruindo a tolerância para a reconstrução de inverdades e compaixão da humanidade. Estamos tentando evitar que outro ser humano sofra o mesmo desporto para fins lucrativos. Estamos tentando praticar e vivenciar em grande escala o legado de Michael para curar o mundo e torná-lo um lugar melhor.

Estamos segurando um espelho enorme para todos dizendo: "olha aqui: veja o que aconteceu, olhe o que foi feito com esse ser humano, vocês gostam do que veem?" Estamos fazendo isso pelo Michael porque é o que ele sempre fez. E ele foi crucificado por isso.

Estamos tentando trazer de volta a melhor essência das pessoas e, com isso, proporcionar a Michael, o retorno de sua dignidade intacta. Quem sabe levem em consideração o que nós temos sofrido e talvez, assim possam nos ouvir. Mesmo que não tenham reconhecido o sofrimento dele a tempo, nunca é tarde para uma reparação.''

Título original do texto: ''Fãs do mundo inteiro sofrem a falta de Michael Jackson'' 

Fonte: http://michaelthehistory.blogspot.com

4 comentários:

  1. Tô escutando Ben aqui e lendo esse texto q saudade, q tristeza lembrar daquele dia 25... é ímpossível naum chorar e naum sentir o coração apertado dentro do peito... q falta vc faz aqui Michael!!!
    Saudades Eternas!!!!

    ResponderExcluir
  2. É um luto que será sempre angustiante, porque, infelizmente, sempre haverá os que sempre vão querer macular o nome de Michel Jackson e isso nos dói profundamente; mas, de uma coisa nós temos certeza: não queremos nos curar dessa dor, já que, infelizmente, ela se mistura ao nosso amor, respeito e reverencia por Michael e ao mesmo tempo nos dá força pra continuarmos defendendo-o.

    ResponderExcluir
  3. Que texto perfeito... todo verdadeiro fã se identifica com cada palavra... é exatamente como nos sentimos!!!

    A saudade dói, mas temos um legado de amor para levar adiante em seu nome, e faremos da melhor forma que pudermos...

    Love you MORE, Michael!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ..e hoje é mais um dia de vitória paa a justiça... o juiz indeferiu a demanda de Wade Robson... estou atualizando o blog com essa notícia nesse momento.

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! Este é um espaço de amor à memória de Michael Jackson. Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line. [Rosane, admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...