Mark Anthony Neal


"Eu acho que se você prestar atenção apenas ao aspecto físico de Michael Jackson, na verdade você vai perder algo que é muito mais complexo. Michael Jackson - artisticamente e esteticamente - nunca virou as costas para a sua origem negra. Seu trabalho sempre foi em conversação com a cultura negra, tanto a norte-americana como a nível global.

No momento em que ele lançou Thriller, eu sempre argumento que a MTV foi sem dúvida o melhor exemplo do apartheid cultural nos Estados Unidos. Michael Jackson se tornou um dos primeiros afro-americanos a ser um ícone global. Ele reuniu todas as raças, idades e religiões em todo o mundo por muitos anos, e ainda faz isso hoje. 

Ele é, sem dúvida, o artista mais bem sucedido e lendário do nosso tempo. Ele é conhecido em todo o mundo. Ele levantou a nossa consciência social a um nível mais profundo, ao mesmo tempo que muda a nossa cultura cotidiana.''

Mark Anthony Neal

*Anthony é escritor e um professor Ph.D. em cultura popular negra, no Departamento de Estudos Africanos e Afro-americanos na Duke University (Carolina do Norte, EUA) onde ele ganhou o prêmio Robert B. Cox Award for Teaching 2010 pelos seus ensinamentos.


Ele escreveu e palestrou extensivamente sobre a cultura popular negra, sobre a masculinidade negra, sexismo e homofobia nas comunidades negras, e sobre a história da música popular.

*Michael Jackson também foi o tema principal de seus cursos na Universidade, chamados Michael Jackson e a Tradição da Performance Negra Ler mais aqui

Fonte: http://vallieegirl67.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...