The Way He Made Me Feel (08)


Trechos selecionados do livro The Way He Made Me Feel 
(2005) uma biografia da modelo Tatiana Thumbtzen.

''Enquanto Karen Faye estava fazendo minha maquiagem antes do show, eu estava tentando manter uma conversa amena. Eu tinha a sensação de que ela não queria falar - ela tinha uma vibração ruim para comigo.

Lhe perguntei: "Você realmente acha que existe semelhança entre Michael e eu? As pessoas estão sempre dizendo que somos parecidos. Mesmo a PM Magazine nos comparou, nos chamando ''almas gêmeas''.

Ela respondeu amargamente, dizendo: "Oh! Nem um pouco! Vocês dois não se parecem em nada.''

Seu tom de voz era de tal desgosto e negatividade que eu não disse uma palavra. Deixei que a conversa acabasse, me levantei para ir ao banheiro e empurrei uma porta de vaivém. Enquanto eu empurrava, alguém estava empurrando do lado de fora. Para meu choque e surpresa, era Janet, a irmã de Michael.

Minha bota pisou no palco e o rugido da plateia me cumprimentou. Ele foi enorme! Deixe isso para os nova-iorquinos, para que você saiba como eles se sentem.

Incorporei o personagem, tirando sarro de Michael e seus amigos, ao fazer gestos com as mãos para ele, basicamente, tirando sarro deles.

Caminhando de um lado para outro do palco, eu parei, agarrei seu pescoço e disse: "Vamos Mr. Big Shot.'' Eu estava blefando, mudando a rotina um pouco.

Enquanto eu segurei seu colarinho, eu lhe dei um grande beijo em sua bochecha. Eu o beijei. Eu não pensei em nada disso, e eu não pensei que ele iria se incomodar. Eu apenas pensei que iria adicionar um pouco de emoção ao nosso desempenho.

Os fãs enlouqueceram! Eles adoraram. Depois que saí do palco, eu ouvi um riso em cada nota que Michael cantava. Imaginei, pelo seu riso, que ele havia gostado da surpresa.

Os dançarinos me disseram que ele estava feliz e animado com o beijo. Me diziam: ''Oohhh, cara! Você acabou de fazer o dia de Michael! Ele estava feliz!" Eu praticamente pensei que era uma coisa boa.

No vestiário, eu queria tirar minha maquiagem, mas havia celebridades em todo lugar! Um dos repórteres me uniu a uma muito alta Brooke Shields.

Vi La Toya, irmã de Michael, a uma distância e eu decidi me juntar a ela. Ficamos conversando, e alguém da imprensa nos pediu para posar para uma foto que foi posteriormente publicada na revista Rolling Stone. Essa foto de revista foi uma das experiências mais legais da minha vida.

Após a foto, Frank se aproximou de mim e disse: "Bom show, garota!'', enquanto me acariciava nas costas. Enquanto isso, eu estava sobrecarregada por todas as coisas.

Havia tantas estrelas à espera nos bastidores. Estavam todos esperando para ver Michael. Eu duvidava que a maioria deles iria começar a vê-lo, porque ele sempre fazia seu ato Zorro e desaparecia. Eu nunca o vi depois de um show.

[Tatiana fala sobre como ela e Miko almoçaram no dia seguinte. Miko queria que ela fizesse a revista Playboy, mas ela recusou. *Parte não disponível para tradução.]

Em 05 de Março, tivemos um outro grande show. Após a CBS dar uma festa em homenagem a Michael. Eu lembro de ter visto de longe, um dos meus atores favoritos, Christopher Walken.

Joli, a secretária de Michael, se juntou a mim. Ela me disse que sabia que Michael tinha sentimentos por mim, porque ele falava de mim, muitas vezes. No entanto, ela disse que estava confusa por que ele ainda não tinha respondido ao meu pedido para falar com ele. Ela me prometeu que iria fazer a chamada acontecer.

Eu estava farta de todo mundo me dizendo que Michael gostava de mim. Todos, menos o próprio homem, estavam me dizendo que ele gostava de mim. Eu não entendia. Simplesmente não fazia sentido para mim. Claro, parecia estranho que eu não pudesse falar com o cara que supostamente gostava de mim. Ainda assim, eu estava grata pela experiência maravilhosa que eu estava tendo, e eu fiquei esperançosa.

No dia seguinte, era o último dia que eu estava programada para me apresentar e eu liguei para a secretária de Michael, para lhe perguntar se eu poderia falar com ele. Ela me deu o seu número, mas me disse para não mantê-lo no telefone por muito tempo, porque ele estava muito cansado.

Enquanto eu discava o número dele, eu senti como se tivesse ganhado os números da loteria. Quando liguei para ele, Michael atendeu o telefone, não Bill Bray. Era como se Michael estivesse esperando a minha chamada.

Eu perguntei como ele estava e ele respondeu: "Oh bem, eu só estou um pouco cansado." Eu lhe disse para ter calma e cuidar de si mesmo. Eu trouxe até nosso último show juntos. Pedi desculpas a ele porque eu o tinha beijado na bochecha.

Eu disse: "Eu sinto muito se eu te chateei de qualquer maneira.''

Mike interveio dizendo: "Oh, não, não! Foi bom! Foi ótimo! Eu gostei!''

Então, eu lhe perguntei: ''Bom... estaria tudo bem, então, se eu fizesse isso de novo, e talvez dar um passo adiante?"

Ele disse: "Ah, claro! Isso vai ser ótimo!"

Afinal de contas, ele, às vezes, puxava uma garota da plateia e a abraçava. Por que um beijo de alguém que você gosta seria um grande negócio? Lhe expliquei que os fãs estavam sempre a perguntar: "Por que Michael a persegue através de todo este vídeo, apenas para um abraço?"

Então, eu disse a Michael: "Bem, muito obrigada por me convidar para ser parte dos shows. Foi tão emocionante. Eu amo estar lá fora com você. É uma explosão."

Quando eu pisei no palco, houve aquele rugido da plateia novamente, eles dispararam. Eles realmente gostavam de mim, também, eu pensei.

Quando me aproximei Michael, meu coração palpitava. Por alguns breves segundos, eu pensei sobre se deveria ou não seguir com o beijo. Por alguma razão eu estava questionando a mim mesma.

Enquanto eu chegava nele e colocava meus braços em volta da gola, ele olhou profundamente em meus olhos, quase como se ele estivesse me desafiando. Então ele fez aquela coisa sexy, quando ele mordia o lábio inferior. Eu coloquei meu braço em volta de sua cintura, e eu consegui lhe dar um beijo sonoro!''

video

Em nenhum momento, eu senti que foi algo unilateral, enquanto ele, neste ponto, colocou a mão esquerda na minha parte de trás. Qualquer pessoa que presenciou este evento viu que isso era um esforço mútuo. Eu quase caí do palco por causa da adrenalina em meu corpo.





Andei em direção ao camarim e desci pelo corredor depois e eu corri para Frank Dileo. Ele tinha aquela expressão dura de decepção em seu rosto. Seus olhos me diziam: ''Você fez isso, agora.''

Foi um olhar ruim. Até hoje, eu encontro uma cicatriz na minha alma a partir deste olhar, e de toda a experiência. Ele não disse uma palavra para mim, e no passado, ele sempre dizia: "grande show, garota!'' e me dava um tapinha nas costas.

Eu fiquei congelada. sabendo que algo estava errado. Então eu me lembrei sobre a conversa que tivemos e que Michael concordou com o beijo.

A próxima pessoa a me cumprimentar foi Katherine, a mãe de Michael. Ela caminhou em minha direção e me deu um grande abraço de urso. Eu estava tão tocada por isso que, no momento, eu me esqueci do olhar frio de Frank. Ela realmente me abraçou.

Katherine Jackson colocou ambos os braços em volta de mim e muito calorosamente me abraçou. Isso significou muito para mim. Mais tarde, ela admitiu para mim que ela não viu absolutamente nada de errado com a gente se beijando. Ela aprovava.

No hotel, depois do show, John Draper, o coordenador da turnê, se aproximou de mim para pegar algumas assinaturas e me disse que eu retornaria à turnê, mais tarde.

Eu estava com John e Miko veio para mim do nada. Ele estava gritando com toda a força dos seus pulmões. John e eu ficamos congelados e em estado de choque. Miko estava furioso.

Ele gritou: "Como você ousa, p*** se aproveitar dele, assim! Sua p*** v*****! Quem f *** você pensa que é? Eu não posso acreditar que você está f ******* se aproveitando daquele jeito, na frente de todas essas pessoas."

Ele falava mais e mais, e eu mal podia dizer uma palavra, mas finalmente eu disse, com toda a calma possível: ''Michael e eu falamos sobre isso por telefone, antes do concerto. Ele disse que estaria tudo bem."

Ele aliviou um pouco. Então eu disse: "Eu nunca iria me aproveitar dele. São necessários dois para dançar o tango, você sabe!"

Corri para o elevador, sufocando e prestes a explodir em lágrimas. Eu nunca tinha sido tão humilhada e envergonhada na minha vida inteira. Ele não mostrou nenhuma diplomacia ou classe em se aproximar de mim da maneira que ele fez.

Eu acho que ele gritou comigo porque pensou que a culpa tinha sido minha. Eu não podia acreditar que os tabloides não escreveram sobre este incidente. Eles adoram essas coisas. Miko me pediu desculpas mais tarde, naquela noite, e me pediu para ligar para ele, antes do meu voo naquela noite.

Alguém me mostrou um single de The Way You Make Me Feel com a minha imagem sobre ele. Depois de descobrir isso, eu ouvi sobre um calendário de 1988 de Michael Jackson. Mais uma vez a minha imagem enfeitou o mês de maio. Eu não tinha sido paga para o uso de minha imagem. Perguntei a Julie sobre isso e ela não fez nenhum comentário.

Meu amigo David Banks sentiu que eu estava sendo aproveitada de todos os lados. Eu nunca vou saber os fatos, mas várias pessoas profissionais me fizeram crer que o meu próprio agente não tinha tido o melhor interesse no coração. Ele não podia acreditar que me foi pago US $ 5.000 pela turnê e um pouco menos do que isso para o vídeo.

Em 11 de Abril, eu apareci no Tonight Show com o anfitrião Ross Schaffer. Ross foi o anfitrião antes de Jay Leno assumir. Ele me perguntou: "Então, você e Mike realmente estão namorando?"

Eu respondi: "Não, nós não estamos. A nossa relação é estritamente profissional."

Ele insistiu:" Oh, vamos lá!"

Eu repeti a minha resposta e mais uma vez, ele insistiu com o ponto que estávamos namorando. Eu pensei que eu gostaria de acrescentar um pouco de humor e algum mistério, e respondi, dizendo:

"Não, nós não estamos. Não ainda, de qualquer forma.''

Chegou até mim [a informação] de que Michael não gostou da minha resposta. De repente, eu estava tramando algo grande e não era bom. Eu não podia acreditar. Eu simplesmente não podia vencer.

Dois dias depois, a turnê se mudou para Atlanta, Geórgia. Esse era o lugar marcado para eu participar da turnê. Eu estava esperando uma chamada.

Quando voltei para LA, eu recebi um telefonema de John Draper. Ele me desejou um feliz aniversário e, em seguida, disse: "Eu sinto muito pelo que aconteceu com você."

Eu não tinha ideia do que ele quis dizer, então eu perguntei: ''O que quer dizer que aconteceu comigo?"

Eu senti que ele foi pego de surpresa. Ele continuou dizendo que eu era uma menina doce e ele me desejou boa sorte. Eu ainda não tinha ideia do que ele estava tentando dizer a mim. Comecei a me preocupar e pensar sobre isso todos os dias.

Eu ficava chamando Frank Dileo, mas ele nunca retornava minhas ligações. Liguei para Produções MJJ, e eles não retornaram minhas ligações, também.

Ele estava basicamente dizendo "Desculpe, você foi demitida'', de uma forma indireta. Ele pensou que alguém já tinha me dito. Ele achava que eu sabia.''

Nota do blog Eu estou encerrando a tradução neste ponto. A partir daí, se desenvolve uma verdadeira novela, onde Tatiana descreve suas indas e vindas com os familiares de Michael, em especial com Katherine Jackson, na tentativa [frustrada] de se reaproximar de Michael Jackson. 

Tatiana também fala sobre sua desconfiança de que Frank DiLeo ou outras pessoas estivessem sabotando seus futuros contratos profissionais, entre outros temas.

Fonte: http://mjfa.forumotion.com


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...