Nos bastidores do holograma de Michael Jackson


Matéria publicada na Billboard.com em 18 de Maio de 2014

A performance de Michael Jackson no Billboard Music Awards foi o resultado de quase seis meses de planejamento, coreografia e filmagens, sem mencionar o desenvolvimento de uma nova tecnologia. Os produtores do Billboard Music Awards não viram sequer uma porção do filme até oito dias antes da premiação.

"Nós conversamos sobre isto pelos últimos cinco meses e, nesse período de conversas, eles ainda estavam inventando o processo" conta o diretor e produtor do BBMA, Larry Klein. "Foi realmente estranho discutir algo que não existia."

Jackson, em forma holográfica, apresentou Slave To The Rhythm na metade da premiação de domingo, com uma banda de cinco músicos e 16 dançarinos no palco.

Jackson apareceu com uma jaqueta dourada, camiseta branca e calças vermelhas em um set modelado no trabalho de arte do álbum Dangerous, uma escolha apropriada, já que a faixa foi gravada em 1991, com L.A. Reid e Babyface, durante as sessões daquele álbum.


Lançada nesta semana em XSCAPE - que está competindo com o novo álbum do Black Keys pelo No. 1 no Top 200 da Billboard na proxima semana - a faixa foi produzida por Timbaland.

Os produtores do BBMA e da Dick Clark Productions construíram um palco especial no fundo da MGM Grand Arena, o qual foi usado apenas para a performance de Jackson.


Os dançarinos se moviam por corredores enquanto Jackson se levantava de um trono, descia degraus de uma escada e se lançava aos seus passos clássicos, incluindo o moonwalk. Lasers, fogos de artifícios e dançarinos com figurinos da antiguidade fizeram parte do filme.

Klein filmou para dar à apresentação a sensação de uma performance ao vivo. "Você estava assistindo a magia de Michael Jackson assim como assistiria se ele estivesse se apresentando de verdade", diz Klein.



A escolha de Slave to the Rhythm para a performance holográfica foi tomada no final do ano passado; os colaboradores de Jackson, os irmãos Talauega e Jamie King foram contratados para fazer a coreografia e dirigir o vídeo, que foi produzido pela Pulse Evolution e Tricycle Logic.

"Quando tomamos a decisão", conta o advogado e conselheiro de Jackson, John Branca, Slave to the Rhythm soava como uma canção que faria as pessoas dançarem, um potencial sucesso nas boates. Nós conversamos com Jamie King, que dirigiu os shows de Michael Jackson no Cirque du Soleil, e todos sentimos que a música era bem apropriada."

Os irmãos Talauega, Rich e Tone, começaram a trabalhar em passos de dança para Jackson - e para os outros dançarinos no filme - logo após o ano novo.

Seu envolvimento com Jackson vem desde o MTV Video Music Awards em 1995; eles também coreografaram a HIStory Tour em 1997 e se alguém tivesse de adivinhar a imagem de Michael usada na performance, parece ser daquela era, baseada em seu cabelo e figurino.

"Nós sabíamos que não precisávamos ir tão longe com seus passos de dança - nós apenas o mantivemos em seu mundo", conta Rich Talauega. "É apenas o modo como você reconfigura os passos dele que faz parecer diferente. Você ainda está falando a mesma língua, é apenas um dialeto diferente."


Tone Talauega, que começou a trabalhar com Jackson quando ainda estava no ensino médio, conta que eles estudaram os passos do cantor e ajustaram algumas pequenas coisas - o ângulo de uma mão, a inclinação de sua cabeça.

A performance é "clássico Michael, mas colocamos nosso tempero nela", ele conta.

A demanda por um holograma de Jackson era considerável, mas no fim, Branca e o Espólio sentiram que precisava ser mostrado para uma plateia ao vivo.


"É muito importante presenciar Michael Jackson em um cenário vivo", conta Branca. "Isso é algo que queríamos, uma performance ao vivo em frente de uma plateia ao vivo, e nada corresponde melhor a isto do que uma premiação."

*Tradução Bruno Pórpora
*Assista aqui o video com a apresentação da Billboard
*Imagens adicionadas por este blog - eu agradeço às leitoras Lêda e Lais que enviaram as imagens para mim.

Fonte: http://arquivo-mj.blogspot.com.br

13 comentários:

  1. Da primeira vez em que eu assisti a performance, fiquei um pouco decepcionada, por conta das informações que haviam divulgado, me fizeram crer que usariam uma imagem do próprio Michael no holograma.

    Agora, revendo o video da apresentação três, quatro, cinco vezes seguidas [coisas de fã] eu me apaixonei demais por este trabalho.

    É importante citar que tanto o desenho do corpo quanto o do rosto foram totalmente criados digitalmente, não é o rosto de um cover, nem o corpo de um cover.

    É um processo semelhante ao que foi usado no video GHOSTS de Michael, quando um dançarino empresta seus movimentos ao computador e esse os codifica. É provável que este dançarino seja um dos integrantes do Cirque du Soleil.

    ResponderExcluir
  2. A nossa decepção Rosane foi causada pela nossa enorme expectativa. Eu pensei que eles conseguiriam reproduzir um Michael jackson igual ao da era Dangerous e acho que a maioria dos fãs tambêm acharam. Mas mesmo não sendo do jeito que pensamos foi lindo,emocionante e uma baita propaganda para o albúm Xscape.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lais, é exatamente isso, eu concordo em gênero, número e grau com vc. Se tivéssemos assistido o Billboard e não soubéssemos que passariam o holograma, ficaríamos totalmente surpresos e comovidos. Foi mesmo o excesso de expectativa. Mas eu me sinto melhor em saber que o rosto e o corpo tem total processo digital, ao invés de ser baseado em um cover - deste, utilizaram apenas os movimentos.

      Excluir
  3. Oi Rosane, não tive tempo de comentar essa performance ainda mas como a maioria dos fãs do Michael a gente aqui em casa teve um estranhamento a primeira vista. Acho que muito disso foi por conta da euforia e uma expectativa elevadíssima que foi criada a partir do que foi prometido. Não deve ter sido nada fácil manipular toda essa tecnologia mas na hora H não era um holograma do Michael com imagens novas como esperado.

    Ainda assim, foi a apresentação que mais chamou a atenção e tá repercutindo e divulgando bem o álbum, isso é mto bom! Hj um amigo meu comentou sobre a apresentação e ele ficou impressionado, achou incrível!!!!

    Já assisti várias vezes e confesso que também tô curtindo muito mais ela agora do que na hora rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rebeca, um fato curioso foi que eu consultei a minha filha e perguntei para ela sobre a repercussão do holograma junto ao público adolescente em sua rede social. Ela me disse que havia euforia, e como muitos dessa nova geração não têm intimidade com Michael e sua antiga imagem visual, eles ficaram impressionados com a performance, e outros ficaram confusos, dizendo e repassando na rede que MJ estava realmente vivo rsrs foi curioso. A gente sabe que boa parte dos artistas que se apresentam no Billboard visam esse novo público ''teen'' e Michael estar ali,m foi ótimo também nesse sentido. Bjos!

      Excluir
  4. Pois é, isso que é o legal, só prova que MJ sempre foi atual!

    ResponderExcluir
  5. Olá Rosane, espero que esteja tudo bem com toda esta emoção dos últimos dias. :)

    Estive a ler os comentários e decidi deixar também a minha opinião. Ao contrário de vocês, eu tinha expetativas "neutras" em relação à "aparição" do Michael. Não sei explicar muito bem porquê na verdade... Se calhar porque nunca chegaria para matar a saudade ou porque não acreditava que fosse mesmo acontecer. No entanto, foi com o teu post que tive acesso à performance e... Adorei do principio ao fim. Adorei ver como o público reagia tão bem e como o Michael continua a ser tão desejado por todos, e não só por nós fãs! Claro que reparei que não era um Michael "autentico", mas com o processo do computador (daí ser um holograma) nunca poderia ficar tão perfeito quanto ele, para mim isso era uma certeza, por isso não estranhei nem fiquei decepcionada. Gostei mesmo muito.
    Fico contente que agora a maioria de vocês também partilhe dessa opinião.
    No final, o que interessa é mostrar ao mundo o quanto o Michael ainda tinha para oferecer. :)

    Um resto de bom dia para ti :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Soraia.. como vc disse, temos vivido muitas emoções nas últimas semanas, mas o ''coração Jacksonero'' é forte! Eu fico contente que vc tenha curtido e se emocionado com a performance, acredito que vai se tornar um momento icônico, do qual as pessoas talvez não estejam tendo consciência, de fato. Eu quero dizer, daqui há muitos anos, ainda vai se falar sobre isso como um momento épico na história de Michael. Bjs, angel do Mike! ♥

      Excluir
  6. Boa noite amiga! ♥

    A gente ainda vai ver muitas e muitas vezes esse holograma. Já está na HIStory do Michael.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite angel! Eu já salvei uma cópia do video da performance para guardar para sempre.
      L.O.V.E.

      Excluir
  7. Boa noite, Rosane
    Eu me emocionei com a apresentação, mesmo com aquela pontinha de frustração inicial, mas depois de saber de todo o processo para que tudo acontecesse da maneira perfeita como foi, voltei a me emocionar porque vi que todos trabalharam com amor e por amor e respeito a Michael, como se ele estivesse presente, fico imaginando aquele ambiente, acho que o que coube a cada um
    e ao grupo como um todo fazer foi feito com muita emoção e lembranças boas do rei. Foi lindo. Valeu mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Mari, a minha intenção em publicr a matéria er essa mesma, dar a ideia dos bastidores e do empenho da equipe em produzir o espetáculo que se apresentou no Billboard Awards. Foram quatro minutos de apresentação que levaram um ano e meio de trabalho e dedicação e a gente precisa valorizar. Bjinho!

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! :) Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line.
**Para assuntos privados e não referentes à matéria eu peço que utilize o email [cartasparamichael@gmail.com] ・。.。・゚゚・。.。・゚゚・。❊
*Rosane [admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...