Michael Jackson nos bastidores do Grammy 1984


Vídeo raro divulgado pelo produtor Dan O'Dowd:
Michael Jackson nos bastidores do Grammy 1984.

Com o grupo musical Menudo.

25 comentários:

  1. Que vídeo precioso!!! Adorei!!!
    Presentão... obrigada Rosane!!!
    Vou rever mais algumas vezes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Limdo de viver, Leda! Um presentão para todos(as) nós! \0/

      Excluir
  2. Só você mesmo pra nos mostrar o encontro de Michael Jackson com
    o Menudo, isto é incrível.
    Adorei, bjs.
    Fátima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fátima, eu estava pensando que eu era a única por aqui a lembrar do Menudo kkk Durante a Jacksonmania, minhas amigas eram fãs do Menudo e eu era a fã 'solitária' de Michael. :)
      Bjs,

      Excluir
  3. Na verdade, vou confessar que na epóca eu gostava dos dois.
    O meu preferido do Menudo era o Charlie, mas já gostava muito das músicas e da dança do nosso Rei.
    Com o tempo, fui conhecendo a história de Michael e gostando cada vez mais do seu jeito meigo e carinhoso.
    O Menudo foi um tsunami que passou e nosso Michael ficará para sempre.
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não acompanhava o Menudo, mas mesmo assim, achava o Charlie o mais gato de todos! :)

      Excluir
  4. Que coisa linda. Um grande presente. Obrigada, Rosane.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Rosane!
    Incrível ver a foto desse encontro.
    Eu sei o que é ser loucamente fã de uma banda latina, amava o grupo mexicano RBD, mas não tem nada melhor do que ser uma mjfan. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Lais, minha menina também amava o RBD!

      Excluir
  6. Achei interessante a postagem dessa foto com o Menudo. Eu já tenho de uma revista “Amiga” de 1984! Assim como Rosane, eu era uma fã solitária de Michael no meio das minhas amigas da escola.
    Minha história também é interessante: Até 1984 eu morava em um sítio que meus pais estavam vendendo e até 1983 não havia eletricidade. De 1977 a 1982 (+ ou -) meu pai ficou sem rádio e eu não sabia que aquele Michael Jackson que estava fazendo o maior sucesso no mundo todo, rompendo barreiras raciais e de classes sociais com seu carisma e luz, era o mesmo que fizera muito sucesso ainda criança com os irmãos e solo, pois nos anos 70 eu era muito pequena! Foi em 1984 que me apaixonei, principalmente porque o Nelson Rubens estava falando muito bem dele também como pessoa! Nesse ano também meu pai comprou uma TV e quando comecei a aproveitar toda aquela maravilha do sucesso de Michael, como os concursos de imitadores nos programas de auditório, chega a febre Menudo e atrapalha tudo... Mas eles eram uns fofos e não condeno as meninas que também gostavam deles e como disseram aqui, o Menudo passou e Michael se tornou o eterno Rei do Pop! Eu até gostava do Robby porque tinha a voz infantil, lembrava um pouco o MJ e cantava a música Beat It nos shows. Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que história bonita, Regina.:) A gente olha para trás e.as vezes, aprece que foi ''ontem'' que aconteceu.

      Vc me fez lembrar que eu guardava as fotos de Michael retiradas de revistas, dentro do meu caderno escolar.

      Naquela época eu montei meu primeiro álbum de recortes :) Eu tinha 16 anos, então.

      Eu me lembro dos concursos de imitadores na TV,que vc citou.. que bom que a TV chegou no tempo certo para vc!

      Obrigada por compartilhar! :)

      Excluir
  7. O vídeo também é uma preciosidade! Amo imagens de bastidores do Michael!!
    Obrigada por postar essas raridades, Rosane! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda estou devendo uma matéria especial sobre aquela noite única do Grammy... mais dia, menos dia, eu preparo ela! :)

      Excluir

    2. Parece que foi ontem mesmo... que bom que a TV chegou em tempo mesmo, Rosane! kkkk E depois (assim como você e outras milhões de fãs) tive o privilégio de acompanhar todo o sucesso dos CDs Bad, Dangerous, HIStory e Invincible!
      Não contei ainda que ganhei de Deus o dom do desenho e costumava desenhá-lo nas folhas de separação de matérias dos cadernos escolares.
      Eu também montava os álbuns de recortes de revistas (tenho até hoje) e atualmente tenho mandado imprimir em estúdios de fotos (tipo revelação) e montado álbuns que são um sonho realizado, pois não parecem fotos baixadas da Internet!

      Estou esperando a matéria especial sobre a noite do Grammy 1984, mas não precisa pressa!! Ano maravilhoso, o melhor ano da minha vida!! :)

      Excluir
    3. Muito legal saber que vc está envolvida nesse projeto sobre os álbuns. Que maravilha! ♥♥♥

      Excluir
  8. :) Boa noite angel! :)

    Preciosidades do nosso anjo!

    Eu vivi as duas coisas, mas com o Menudo foi só um ano, até meados de 85 quando, inclusive, eles vieram fazer um show aqui na minha cidade e eu, a essa altura, já havia me desligado deles.

    Michael foi o lado mais forte, pois o que contribuiu para mim e hoje vejo que faz todo o sentido, é que, de uma sala de aula de fãs do Menudo, a minha melhor amiga na época só falava no Michael. Então, isso me ajudou a manter o foco principal em Michael. Nunca me esqueço de que vínhamos da escola falando com o assunto Michael todos os dias. Isso não foi um mero acaso, tenho certeza.

    Quando o Menudo veio aqui fazer show eu não fui. Lembro que no mesmo dia teve uma festa de turma da minha classe e eu também não fui. As meninas pensaram que eu tinha ido no show deles. rsrs

    Na verdade, o que me chamou atenção no Menudo foi a música "If you're not here" e a voz do Robby Rosa.

    Eu acredito que o mais importante de tudo é que a nossa geração tem muitas histórias para contar, muita coisa ficou marcada. Lembro que eu amava e até hoje não esqueço da música "Knife", do Rockwuel.

    Então, temos muita história para contar e se estamos aqui hoje junto com Michael, é porque ele ficou e vai estar para sempre em nossas vidas, não desmerecendo, é claro, tudo o mais que gostamos em música. Michael é insuperável.

    Deu tristeza em saber que o Robby ficou doente e parece que o problema voltou recentemente.

    :):):)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, amiga, eu adoro ler essas histórias! As vezes, parece que estamos sozinhas na experiência e na verdade, é bem diferente. Tão bom compartilhar esse tipo de sentimento! Puro, verdadeiro e que nos acompanha ao longo de uma vida inteira!

      ''If You're Not Here' é lindíssima, e uma das minhas favoritas do Menudo.

      ''Knife'' foi composta por Michael, não é?

      Não sabia - ou não me lembrava - sobre o Robby estar com problemas de saúde. :(

      Excluir
    2. [Correção: Eu li, por mais de uma vez, sobre a canção Knife ter sido escrita por Michael, mas segundo eu pesquisei nesse momento, ela foi escrita por Rockwell / Helms, Norma / Bottler, Mitch.
      ]

      Excluir
    3. Olá, Wendy,
      Que bom que vc tinha a melhor amiga que era super fã do Michael. Eu gostaria muito de ter tido. Como vc disse, nossa geração tem muitas histórias para contar! Além de Michael e suas músicas existiam outras que ficaram marcantes na maravilhosa década de 80 e nas outras seguintes! Eu também gostava e gosto muito da música If You’re Not Here do Menudo, assim como Knife do Rockwell, Total Eclipse Of The Heart (Bonnie Tyler), I Like Chopin (Gazebo), Time After Time (Cindy Lauper)... sem contar as dançantes! Quantas músicas a gente curtiu!

      Wendy e Rosane, vocês se lembram da música Somebody’s Watching Me do Rockwell? Rockwell é filho do Berry Gordy, fundador da Motown e era amigo de Michael, né? Amo essa música! Eu não sei quem a compôs, mas ela traz a voz do Michael cantando o refrão e é a faixa título do disco que tem a música Knife! Essas duas músicas fizeram muito sucesso em 1984!

      Eu também lamento muito por o Robby Rosa ter ficado doente!

      Excluir
    4. Regina, eu amo a canção ''Somebody's Watching Me'', e a ouço com frequência. Eles foram, sim, grandes amigos!

      Excluir
    5. Boa tarde amiga, :) boa tarde Regina! :)

      Então... a gente não esquece os grandes momentos de Michael e tudo o que vivemos com ele em nosso cotidiano.

      Eu achava que "Knife" era do Michael também.

      Realmente, são tantas as músicas que a gente lembra não é?

      E nessa época o Grammy ainda era Grammy. Quanta saudade!

      :) :) :)

      Excluir
    6. Boa tarde, angel ! :) :)

      Excluir
    7. Verdade, Wendy! Nessa época o Grammy ainda era Grammy! Eu também tenho muita saudade!
      Pena que em 1988, ele não ganhou praticamente nada, apesar das 5 indicações! Mas sua apresentação magnífica naquela noite entrou para a história!!! :)

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line. [Rosane, admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...