Remember The Time: Protecting Michael Jackson


Bill: ''Eu me lembro uma vez passarmos por uma escola, Sr. Jackson e as crianças estavam no banco de trás. Nós estávamos parados no sinal vermelho. Era a hora do recreio e as crianças em idade escolar estavam brincando no pátio. Estávamos esperando lá e Sr. Jackson sussurrou, "Bill, olhe."

Eu olhei no banco de trás. Paris e as duas crianças, seus rostos estavam colados ao vidro. Eles estavam olhando para aquelas outras crianças com os olhos arregalados, suas expressões eram como, ''Temos que passar a vida nos escondendo?''

Era só um bando de crianças na hora do recreio, coisa mais normal do mundo, mas para eles era como um outro universo do qual não tinham conhecimento.''

Javon: ''Esse tipo de coisa aconteceu mais vezes. Chegou a um ponto em que eu estava dirigindo e se eu me encontrava em uma escola com um bando de crianças brincando lá fora, eu me sentia mal. Daria a volta de propósito, para não passar em frente ao pátio onde brincavam, para que Paris e as crianças não as vissem.''

Bill: ''Tudo o que eles tinham era uns aos outros. [Michael] tinha acesso ao telhado de dentro de seu quarto. Havia uma escada em espiral que o levava a este telhado privado [terraço], onde você pode ver toda a cidade e o deserto ao redor, montanhas, as luzes da cidade.

Nas vezes em que fomos lá, vimos pequenas embalagens de doces e latas de refrigerante e copos, para o que você poderia dizer que ele passava algum tempo lá. Essa era uma das suas coisas favoritas que gostavam de fazer como uma família, ir e assistir o pôr do sol e ver as luzes.

Paris inclusive mencionou naquela entrevista que fizeram logo após sua passagem. Perguntaram a ela sobre suas melhores lembranças e ela disse, "Subir no telhado da casa em Las Vegas."

Numa sexta-feira à noite, eu estava na posição de segurança do trailer, monitorando as câmeras de vigilância. De repente, ouvi uma forte batida na garagem e um grito, "Abra a porta! Abra essa porta!"

Pensei que alguém estava tentando invadir a casa. Eu virei a esquina e corri para o trailer, e vi Sr. Jackson com uma touca de banho azul e pijamas de flanela com listras azuis e brancas. Ele estava batendo na porta da casa com seu sapato.

Eu disse: "Senhor, está tudo bem?"

Com aquele grande sorriso, ele disse, "Oh, eu estou bem. Apenas brincando de esconde-esconde... deixe eu me esconder aqui.''

"Sim, senhor."

Assim é que eles eram.''

Extraído do livro Remember The Time: Protecting Michael Jackson in His Finals Days escrito por Bill Whitfield e Javon Beard - ex-guarda-costas de Michael Jackson.

Fonte: http://mjhideout.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...