The King of Style: Dressing Michael Jackson (13)


Capítulo Três

A mensagem na magia de Michael Jackson

''Michael Jackson era um mágico do palco. Se sentia completamente eufórico eletrizando ao público com sua dança pop-e-rock que era sua marca registrada. Ele sempre levava suas performances dez passos à frente. "O que não foi feito antes? O que eu não tenho feito antes? O que "eles" dizem que você não pode fazer? O que pode desconcertar as pessoas e as fazer se perguntar se sou ou não sou humano?"

Essas eram as perguntas que Michael se fazia todos os dias, e adicionar a magia ao seu show foi a resposta que o levou a uma liga particular. Outros podem cantar e dançar, mas Michael sabia que o que as pessoas realmente querem ver é mágica. Quer assistir ao inacreditável.

Michael se movia pela ânsia insaciável de superar a si mesmo e dar ao público um show que nunca poderiam esquecer. Eu não conseguia descansar. Um verdadeiro artista não tem um interruptor de liga e desliga. Só há um caminho: ''Que comece o espetáculo!''

Michael pensava além dos parâmetros que nem você nem eu poderíamos imaginar em nossos sonhos mais selvagens. Às vezes, era absolutamente arrepiante: Estar na presença de tal gênio significava que não sabia o que seria o próximo. Até que o telefone tocasse no meio da noite.

"Bush, se minha jaqueta Thriller pudesse se acender, seria o máximo!''

"Bush, eu quero desaparecer no show, bem na frente dos olhos de todo o mundo."

"Bush, eu quero um par de sapatos feitos inteiramente em prata. Ninguém jamais usou sapatos de metal.''

"Bush, eu quero sair voando do palco. Sei que você pode conseguir isso.''

Eu não era um técnico de efeitos especiais, mas tinha que pensar como um quando eu estava desenhando roupas para estes números. Algumas noites desejei que ele simplesmente nos pedisse para mandar ele para a lua. Mas esse traço da personalidade sem limites era parte da magia de Michael. E uma grande parte dessa magia, como o próprio Michael, não era vaidosa.

Michael frequentemente encontrava magia em coisas que não eram nada mágicas, coisas comuns relacionadas a todos e você não tem que ser um ícone do pop para conseguir, tais como sapatos, meias, luvas e chapéus. Essa pode ser a razão dele não acreditar na palavra "não posso".

Se uma pequena criança de Gary, Indiana, o sétimo filho de uma família de nove filhos, pôde aprender por si mesmo a dançar em um par de sapatos comuns, tudo o demais é possível.''

Por Michael Bush (estilista de Michael Jackson)
Extraído do livro The King of Style: Dressing Michael Jackson

Fonte: MJHideout

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...