Bill Wolfer


''Aqui está uma história com Michael: Uma vez, quando estávamos gravando demos para o álbum Thriller em Encino, fizemos uma pausa. Michael tinha uma grande gaiola no estúdio com uma enorme cacatua. Ele pegou um pouco de alpiste e saiu para a frente, para onde eu tinha ido a fim de fumar um charuto.

Ele ergueu a mão para o céu, com alpiste na mão aberta, e ficou ali como uma estátua. Eu fiquei confuso, tipo... ''o que você está fazendo?''


Depois de alguns minutos, um enorme [pássaro] gaio azul mergulhou em uma árvore do outro lado do pátio, pousou em sua mão e comeu o alpiste. Naquele momento, parecia um personagem da Disney, de certa forma.''

by Bill Wolfer
*Tecladista e sintetizador que trabalhou no álbum Thriller.

*Nota: Eu já publiquei aqui a história do primeiro encontro de Michael com o gaio azul.

Fonte: http://mjhideout.com

23 comentários:

  1. É muito difícil conquistar o coração de um animal selvagem.

    ResponderExcluir
  2. A Elisa disse muito bem, é muito difícil conquistar o coração de um animal selvagem. É mais uma prova de que Michael é um ser iluminado! Me fez lembrar São Francisco! Por falar nisso, hoje é o Dia da Paz e, na missa que participei foi cantada a Oração e São Francisco e no final a banda de jovens tocou e cantou a música Heal The World do Michael, na versão "A Paz" que o Roupa Nova fez em 2010. Fiquei emocionada! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah mas que legal! Então foi mais uma sintonia, eu publicar essa bela história, porque ela também me lembrou a São Francisco, como vc bem citou.

      É emocionante ouvir pessoalmente uma canção do anjo ser interpretada ao vivo, como aconteceu com vc. Dá o maior orgulho! ;)

      Excluir
    2. Que legal, angel! Foi mais uma sintonia, eu também acredito!

      Foi emocionante ouvir uma canção do MJ interpretada ao vivo e na igreja, pela primeira vez! Dá a maior alegria e o maior orgulho, realmente! :)

      Excluir
    3. Essa música é um verdadeiro hino. Já imaginou MAN IN THE MIRROR sendo interpretada na igreja, em uma versão traduzida e bem feita? SHOW!! Bem no estilo Gospel.

      Excluir
    4. Sim, é outra música que ficaria perfeita e emocionante sendo interpretada na igreja, numa versão bem feita, no estilo Gospel e com um belo coral! :)

      Excluir
  3. Mesmo sendo uma ave agressiva (e linda!) o seu instinto sinalizava que Michael não oferecia nenhum tipo de perigo, apenas muito amor e luz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sabia que ela é agressiva. :-O

      Acho que Michael deve ter ficado encantado em poder ''domar'' uma ave que vivi solta na natureza.

      Excluir
    2. correção da digitação: ''vivia solta''.

      Excluir
    3. Tem uma foto dessa ave linda aqui no blog:
      http://cartasparamichael.blogspot.com.br/2013/01/my-family-jacksons-21.html

      Excluir
    4. Uma ave muito bonita! Eu me lembrei também sobre como Michael desvirava os besouros que encontrava pelo caminho, quando estava em uma estadia na Irlanda.

      http://cartasparamichael.blogspot.com.br/2013/09/o-respeito-aos-animais.html

      Excluir
    5. Ao desvirar os besouros, ele sempre dizia: "todos tem direito a uma segunda chance".

      Excluir
    6. Exatamente... uma lição de vida preciosa com um gesto tão simples.

      Excluir
    7. Isso mesmo Rosane! Poderiam pegar todos esse gestos e atos e publicar um livro. Serviria como um "manual" para as pessoas se tornarem seres humanos melhores, respeitando todos os seres vivos do planeta.

      Excluir
  4. Aprendi isso do Michael, lembra daquela apresentação da History Tour em que ele não deixa que matem um bichinho no palco?

    Pois bem, já tentei tirar um besouro exausto, que tentava encontrar a saída em um lugar envidraçado. Eram só poucos centímetros, mas ele não sabia. Mas, ele ficava agitando as asas e não conseguia trazê-lo para fora. Então, veio esse homem simples, que estava consertando alguma coisa no condomínio do meu trabalho e ele o pegou e colocou para fora. Agradeci imensamente e disse que ele era um homem de bem. Vi, também, duas moças bem jovens (o que me deixa mais orgulhosa), tirando uma borboleta do caminho, para que ela não fosse pisada. Admirei e pedi bênçãos para elas. Uma vez, entrou uma mariposa no elevador. Estava eu e um executivo. Sabe que fizemos de tudo para que ela saísse? O bom, além de fazer a sua parte é encontrar gente boa, que ajuda, pelo caminho.

    Michael não estava só nesse amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elisa! Compartilho esse sentimento com vc, os pequenos insetos me sensibilizam, também. Os animais esperam do homem o mesmo que os homens esperam dos anjos!

      Excluir
  5. Também compartilho esse sentimento com vcs., mas tenho pavor de aranha, seja do tamanho que for, por isso não dispenso o inseticida, Deus me perdoe. Meus filhos são contra, mas o que sinto quando vejo uma...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahah me esqueci das aranhas! Já comentei em outra postagem que morro de pavor delas! :D

      Excluir
  6. Bote para fora de casa, Marinalva.

    Você é mil vezes maior que o maior das aranhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk Vc não sabe o que uma aracnofobia faz com a mente da gente, Elisa! ;D

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! :) Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line.
**Para assuntos privados e não referentes à matéria eu peço que utilize o email [cartasparamichael@gmail.com] ・。.。・゚゚・。.。・゚゚・。❊
*Rosane [admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...