Ken Ehrlich

Grammy Awards 1988
"Michael apresentou um medley de Man In The Mirror e The Way You Make Me Feel no 30th Grammy Awards no Radio City em New York, em 1988. Depois de seu ensaio, ele me chamou e perguntou se eu iria levar Walter Miller, nosso diretor, até seu hotel para assistir algumas tomadas da fita que eu lhe tinha dado.

Era a noite antes do show, mas depois do nosso último ensaio, fomos para o Palácio Helmsley e nos encontramos naquela incrível suíte duplex com vista para toda a parte baixa de Manhattan, e estávamos a sós com Michael e seu coreógrafo, Vince Patterson.

Michael fez apenas algumas pequenas mudanças e, depois de alguma conversa sobre ter um grande desempenho na noite seguinte no show, Walter e eu saímos com Vince.

Antes de Vince se afastar, Michael sussurrou algo para ele e vi Vince lhe entregar algo. Descendo no elevador, eu perguntei para Vince o que Michael tinha lhe dito. Vince nos disse que ele lhe tinha dado um microfone de madeira com o qual Michael gostava de ensaiar, e que provavelmente Michael passaria a maior parte da noite em frente ao espelho de corpo inteiro, o qual ele tinha apoiado contra uma janela no canto da suíte.

O pensamento deste homem, indicado para vários Grammys, sozinho contra a linha do céu da cidade, ensaiando enquanto a maioria de seus colegas indicados estavam comemorando - essa lembrança nunca mais me deixou, apesar do número de vezes que voltamos a trabalhar juntos. Alcançar a perfeição, fazê-lo corretamente, era mais importante do que qualquer outra coisa."

by Ken Ehrlich
*Produtor executivo das cerimônias do Grammy Awards há mais de 30 anos.

Fonte: http://www.billboard.com

17 comentários:

  1. E... VIVA 2015!!! Bravo... Michael!
    Que história hein... encorajamento p/ a jornada que temos pela frente... Dá-lhe Rosane... obrigada! \0/...

    Um lindo dia p/ vc e sua família e, p/ todos do clube!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um lindo dia igualmente para vc, Lady!!!

      Excluir
  2. 2015 chegou!!!! \0/ boa tarde!!!!

    Essa determinacao do Michael e disciplina me servem de inspiracao para minha vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, linda do Michael! Feliz 2015!! ;)

      Eu concordo com vc, trago essa inspiração para o meu dia a dia, também.

      Excluir
  3. Acho que não saiu o meu primeiro comentário. Se sair duplicidade, por favor apague.

    Perfeccionismo às alturas!!! Li que todos os presentes ficaram hipnotizados e embasbacados com essa performance, como quem diz todos os artistas deveriam se apresentar com essa paixão e talento. Eu, realmente, gostaria de tê-lo visto ao vivo, pelo menos uma vez.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. [Sim, teu outro comentário não apareceu para mim. ]

      De fato, ficaram embasbacados, em especial, os representantes das outras gravadoras - dos concorrente da noite. Contam que foi constrangedor, porque era Michael quem deveria ter ganho o Grammy da noite e se evidenciava que aquele pessoal sabia disso.

      Excluir
    2. Essa determinação e disciplina do Michael é admirável mesmo! E servem de inspiração para mim também.

      Lembrei-me da apresentação naquela noite do Grammy 1988 e do que vocês comentaram sobre a reação dos presentes, especialmente os representantes das outras gravadoras. Eu estava assistindo pela rede Globo e fiquei decepcionada, queria tanto vê-lo subir ao palco para receber os prêmios. :(

      Excluir
    3. Michael ficou muito decepcionado, também. Publiquei o video aqui, em outro momento. A crítica especializada concordou que o resultado foi realmente injusto. Ainda assim, Michael deve ter arranjado forças para se superar em seus próximos trabalhos, como era próprio dele.

      Excluir
    4. Sim, lembrei-me do video que vc publicou. Mas ele arranjou forças para superar e o álbum Dangerous, que veio a seguir, apesar de não ter ganhado os Grammys que merecia, foi um sucesso e lhe trouxe muitas alegrias! :)

      Excluir
    5. Sim, foi uma superação!

      Excluir
    6. Um grande e eterno exemplo de disciplina, perseverança e profissionalismo.

      Excluir
  4. Por isso ele é exemplo de perfeição em tudo o que fez. Ele fazia de coração e por amor.

    ResponderExcluir
  5. A entrega de Michael nesta apresentação, onde ele colocou tudo de si, foi o Grammy da noite.

    Nenhum troféu substitui essa memorável, inesquecível performance.

    Michael deu o verdadeiro prêmio que durará para sempre.

    Foi uma injustiça - mais uma - feita a ele, mas o que ficou para sempre foi esse legado que é raríssimo em premiações.

    Eu não sei, mas eu tenho esse sentimento de que há uma razão que transcende a questão da premiação nesse dia. Era para ter outra mensagem essa performance de Michael.

    Será que não foi para que as pessoas - o mundo -se sensibilizassem
    para a mensagem contida em "Man In The Mirror", através dessa linda apresentação de Michael?

    Será que não foi um grande chamado ao mundo a mensagem da música, para que o mundo avançasse mais na sua evolução?

    ♥♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho a certeza que Michael colocou sua alma e nessa performance, não somente pelo prêmio da noite, mas pela mensagem contida na canção. Foi o seu coração que cantou!

      ♥♥♥

      Excluir
    2. ♥♥♥♫♫♫♥♥♥♫♫♫♥♥♥

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! :) Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line.
**Para assuntos privados e não referentes à matéria eu peço que utilize o email [cartasparamichael@gmail.com] ・。.。・゚゚・。.。・゚゚・。❊
*Rosane [admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...