Russ Terrana

Russ fotografou Michael durante um
piquenique organizado pela gravadora Motown
"Michael era como uma silenciosa tempestade que me deixou atordoado, porque ao se falar com ele, era educado e tímido, mas quando você colocava o microfone para ele, se tornava uma pessoa completamente diferente. Aquele cara era um talento real.

Eu quero que as pessoas saibam que era uma boa pessoa... uma boa pessoa. Uma pessoa honesta e agradável. Eu gostava de Michael simplesmente do jeito que ele era. E sei que nunca haverá outro Michael. Ele teve talento até o último dia.

Quando se canta uma música, não se canta as palavras, mas o significado delas. Isso é o que os produtores dizem para os cantores e nisso Michael era um gênio. Ele sabia como entregar a mensagem."

by Russ Terrana

*Engenheiro-chefe da gravadora Motown por 18 anos.

Fonte: MJHideout

13 comentários:

  1. Boa tarde Rosane,
    Fiquei arrepiada com o depoimento dele. O contraste do comportamento dele fora e dentro do palco é muito grande. Parecem duas pessoas distintas: uma super tímida que mal consegue olhar para as pessoas e a outra é aquele furacão, com uma sensualidade absurda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Leda! ♥
      Russ Terrana na Motown equivale à mesma figura do engenheiro Bruce Swedien, que acompanhou o trabalho de Michael na sua carreira solo, após ele ter saído da Motown. Bruce também deu diversos depoimentos emocionantes sobre Michael atuando no estúdio... lembro dele contando que os dois únicos artistas cujas vozes ele não precisava afinar a voz através dos computadores era Siedah Garreth e Michael.

      Excluir
    2. Rosane, eu acho que li sobre esse comentário do Bruce que você falou aqui no seu blog.
      MJJ vc é D++++++ !!!!

      Excluir
    3. Ah sim, esse depoimento em questão está publicado por aqui... Swedien escreveu um livro, gostaria de ler ele, algum dia.

      http://cartasparamichael.blogspot.com.br/2011/03/bruce-swedien.html

      Memórias preciosas!

      Excluir
    4. Essa matéria eu ainda não tinha lido, fotos inéditas para mim. Tem até 2 que Michael (com boné azul) está com bigode!!!

      Excluir
    5. Viu só? Tem que revirar o blog! rs

      Excluir
  2. Mais um lindo depoimento de uma pessoa que entende do assunto e que conheceu Michael de perto! :-bd

    Michael sempre dizia que se sentia totalmente seguro e à vontade no palco, acredito que isto explica sua transformação.

    "Quando se canta uma música, não se canta as palavras, mas o significado delas. Isso é o que os produtores dizem para os cantores e nisso Michael era um gênio. Ele sabia como entregar a mensagem."

    Ele tinha um talento nato, como naquela vez que arrasou interpretando Who's Loving You do Somokey Robinson, com tão pouca idade! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei uma entrevista onde ele o repórter perguntou se ele não sentia medo de estar no palco, e Michael respondeu, ''me sinto mais à vontade no palco do que dando essa entrevista'' rsrs

      A interpretação para Who's Lovin You é perfeita demais!

      Excluir
    2. Que lindinho! Eu não conheço essa entrevista. Garoto talentoso, carismático e espontâneo. :D

      Excluir
    3. Essa entrevista sai por estes dias, é bem recente, mesmo. Ele falava sobre toda sua carreira na Motown e essa foi a parte onde Russ falou sobre Michael.

      Excluir
    4. [Mais precisamente, foi publicado na revista Tape One número 105.]

      Excluir
  3. Perfeita a comparação "Michael era como uma silenciosa tempestade...",
    de natureza tranquila, mas quando se via no palco parecia um furacão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poético, não é? Também gostei da metáfora.

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line. [Rosane, admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...