Wesley Snipes (02)


"Posteriormente eu encontrei [Michael] muitas vezes ao redor do mundo. Cara, eu o encontrei uma vez na África do Sul e estávamos sentados naquele espaço palaciano. Aconteceu de ele estar lá, aconteceu de eu estar lá. Nós nos sentamos e nós começamos a conversar e ficamos por cerca de três horas. Ele tinha uma pilha de livros alinhados ao longo de todo o chão. Eu olhei e disse, 'Mike, são as pessoas que lhe enviam todas essas coisas?''

E ele disse, ''Não, isso é o que eu li."

Quero dizer, ele tinha tudo, desde a autobiografia de Malcolm X, Eat To Live, ele tinha Sri Aurobindo, [Kalki] Krishnamurthy, quero dizer, aqueles livros exóticos, sabe? Que você nunca poderia imaginar que Michael estaria com eles. E nós nos sentamos lá por três horas e o homem falando sobre tudo aquilo, da Metafísica à Psicologia, sobre "como o homem negro é tratado." Eu ficava olhando para ele, tipo...

Entrevistador: Como o homem negro é tratado?

Wesley: Eu estou lhe dizendo, foi uma viagem.

Entrevistador: Eat To Live de Elijah Muhammad?

Wesley: Sim, senhor.

Entrevistador: Uau...

Wesley: Mike, Mike ... as pessoas não conhecem o Mike real. Mike tinha a consciência de que poderia explodir sua mente e ele podia recitar coisas que poderiam explodir sua mentem também.

Entrevistador: É mesmo?

Wesley: É isso aí.


*Extrato de uma entrevista concedida pelo ator norte-americano Wesley Snipes [que também atuou no video Bad]. Outro depoimento bonito dele se encontra aqui

Fonte: http://lacienegasmiled.tumblr.com

22 comentários:

  1. Que ele amava ler, isso não é surpresa para ninguém. O difícil era tentar entender como um artista como ele que tinha tantas atribuições ainda encontrava tempo e cabeça para devorar tantos livros. Li que em Neverland ele tinha um quarto somente para leitura, composto apenas por uma lareira e um tapete mega macio. Os livros ficavam abertos espalhados pelo tapete e nenhum empregado tinha autorização para arrumar. Ele dizia que se achava no meio daquilo tudo, sabia exatamente quais livris estava lendo. Tudo tinha um motivo para estar ali.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é a mente de um gênio. Uma rara pessoa dotada de tantas qualidades ao mesmo tempo. Ele teria se saído muito bem em qualquer outra área de seu interesse, fora as artes.

      Excluir
  2. É meio como ficamos com as janelas abertas no computador, de vários assuntos, ao mesmo tempo, só que com livros, então mais valioso ainda.

    Sinceramente, gostaria muito de ter conversado com ele sobre todos os assuntos. Deveria ser muito empolgante e enriquecedor a conversa.

    Agora, como é que, ele se encontra muitos vezes, ao redor do mundo com o Michael e nós não tivemos a chance de vê-lo uma única vez?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que os artistas e pessoas famosas viajam muito mais do que nós, transitam pelos mesmos eventos, o que favorece esses encontros.

      Excluir
  3. Eu e meus pensamentos... nesse momento está passando o desfile das escolas na tv. Entao tico e teco entraram em ação... fiquei imaginando uma escola homenageando Michael. Cada ala iria mostrar uma fase da sua vida e as ações em prol do próximo e do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele já foi homenageado por uma escola, certa vez, mas não sei dizer qual nesse momento, porque não acompanho o carnaval.

      Excluir
  4. Normalmente, gosto muito mais do Michael sem máscaras ou óculos escuros, porque eles escondem a beleza de seus sorriso e a riqueza de seus olhos, mas confesso que em algumas fotos, como essa, é muito chique.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me lembrou uma passagem naquele texto ''O Dançarino no Espelho'' onde a autora fala sobre o fetiche que existe em um homem usando chapéu e escondendo os olhos.

      Excluir
  5. Foi em um carro alegórico e eu não lembro o tema da escola. Mas o meu comentário foi sobre ele ser o tema da escola. Mostrar um pouco da sua história para o público.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem sabe um dia ainda veremos isso? Bons filmes, bons livros, também. O tempo vai dizer.

      Excluir
    2. Por acaso [ou não] neste momento estou traduzindo uma entrevista de Michael onde ele fala, ''Eu odiaria interpretar minha própria história de vida. Eu não vivi ainda! Eu vou deixar alguém fazer isso.''

      Excluir
  6. Nossa Lêda, ontem ao ver a reportagem sobre o desfile das escolas de samba eu pensei a mesma coisa:
    Bem que alguma escola poderia homenagear o nosso amado "Michael" - O Rei do Pop.

    ResponderExcluir
  7. Olá Fatima, eu estava aqui no blog ontem a noite com a tv ligada no desfile das escolas. Quando olho p a tv, o que vejo? Uma ala com as pessias fantasiadas de MJ! Era União da Ilha... Corri p ver se conseguia uma foto p ver c + detalhes

    ResponderExcluir
  8. Boa noite, angels do Michael!

    Michael sempre dizia que gostava de ler muito, sobre tudo. Um gênio que gostava de aprender sempre mais.

    Muito bacana essa entrevista do Wesley Snipes. E o depoimento dele no 1º post também é lindo, mais um que o chama de anjo! \o/ O ator ficou famoso a partir de sua participação no curta-metragem Bad, não?

    Quanto ao carnaval carioca, o carnavalesco Paulo Barros da Unidos da Tijuca é grande fã de Michael e o homenageou duas vezes: a primeira foi em 2010, quando um cover de MJ apareceu no desfile da Tijuca numa alegoria que representava a Área 51, complexo militar norte-americano. A segunda foi em 2012, quando a escola foi campeã, homenageando o Rei do Baião. E acho que houveram outras homenagens em outras Escolas de Samba.

    http://www.alvinhopatriota.com.br/show-de-paulo-barros-da-titulo-do-carnaval-a-unidos-da-tijuca/

    Eu também não acompanho o Carnaval e não sabia sobre a homenagem da União da Ilha. Valeu por avisar, Lêda! Vou tentar encontrar um vídeo. :) \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Regina! Então.. nem vou tentar comentar nada a respeito de carnaval porque não é ''a minha área'', sou do Pop, mesmo! ''Estrangeira'' no meu próprio pais. :) Também me identifico com Michael a respeito da Literatura, sempre amei os livros desde criança e fico contente em ter mais esta afinidade com ele.
      ♥♥♥

      Excluir
    2. Eu também me considero uma "estrangeira" porque desde criança sempre fui do Pop também, mesmo morando no interiorzão. :D Mas gosto muito das homenagens que Michael recebe, especialmente do Paulo Barros, que é um fã declarado do MJ e faz um inovador.

      Quanto aos livros, eu também os amo, mesmo não tendo muito tempo para a leitura :)

      Excluir
    3. Corrigindo: (...) faz um carnaval inovador.

      Excluir
  9. Olha o " 7 " aparecendo novamente!!!
    Na frente do casaco/jaqueta, bem no centro.
    A lista onde esse nr. aparece na vida dele é grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, está bem visivel. Que graça ele, abaixado e concentrado na leitura.

      Excluir
  10. Essa é reação da maioria das pessoas quando conhecem o verdadeiro Michael Jackson ! Um homem culto, sábio e bem educado... um verdadeiro cavalheiro ... Fico imaginado carinha do Wesley quando Mike e ele começaram a conversar, ele deve ter ficado tipo "uau aua" kkkkkkkkk kkkkk imaginado aqui....

    Michael te amo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse homem era um banho de cultura, não é? Quanta perfeição! :D

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! :)
Os comentários são moderados [a fim de evitar spams]
e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line.
Esta página é feita com amor e eu agradeço a sua presença.
*Rosane [admin. do blog]

Obs.: Para assuntos não referentes à matéria eu peço que utilize o email [cartasparamichael@gmail.com] ・。.。・゚゚・。.。・゚゚・。❊

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...