John Steven Vita


''Sobre o meu jantar com Michael Jackson e W. Clement Stone'' 
[Stone foi um filantropo e escritor de livros de auto-ajuda]

''Foi na primavera de 1987 e eu estava cerca de dois anos em minha carreira de relações públicas. Stone e eu viajamos separadamente para Los Angeles e eu cheguei na casa de Jackson [em Encino] às 6 da tarde. Jackson não estava lá ainda e me foi dito por seu assistente que ele estava no estúdio trabalhando no álbum Bad.

Em nenhum momento, no período que antecedeu ao jantar - ou enquanto na casa - Stone fez menção de saber quem era Jackson. Sua intenção era apenas falar com alguém que tinha lido seus livros e queria discutir sobre o ''pensamento positivo''.

A única vez que eu penso que Stone teve uma leve ideia de como grande Michael Jackson era, foi quando ele viu no saguão de espera a foto de Michael Jackson com o presidente Reagan.

Após cerca de 30 minutos, Michael Jackson finalmente chegou. Ele era muito bom e agradável e divertido para se conversar, e muito mais inteligente do que eu esperava. Antes do jantar, ele nos levou em uma excursão da casa, que incluiu uma sala de jogos e seu quarto.

Nós finalmente terminamos a turnê pela casa - o que eu não considerei extravagante para os padrões de Chicago - e em seguida, nos sentamos para jantar. Jackson tinha o seu cozinheiro particular e passamos as próximas duas horas falando sobre a filosofia de Clement Stone e sobre o pensamento positivo. Jackson estava particularmente interessado em Napoleon Hill e Thomas Edison.

Depois do jantar, Michael levou-nos a um passeio pelo jardim e, em seguida, nos levou para uma sala em cima da garagem por trás da casa, que era o seu estúdio de dança. Este é o lugar onde ele trabalhava as suas rotinas de dança - não tenho certeza se este é o lugar onde o moonwalk foi aperfeiçoado!


Ele tinha uma câmera Polaroid e tirava fotos de si mesmo com os convidados e as colocava em um mural na sala de dança. Se você olhar atentamente para a foto acima, você pode ver Barbra Streisand, John Travolta, Fred Astaire e outras celebridades que visitaram o estúdio de dança de Jackson.

Por volta das 10 horas era o momento de encerrar a noite, então nos despedimos e dirigi de volta para o hotel. Obviamente, foi difícil dormir naquela noite, ainda bombeado pela experiência.''

by John Steven Vita
*´Profissional na área de comunicação

Fonte: http://www.johnstevenvita.com via UK Loves MJ

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...