O Rei em Londres (17)

Michael Jackson e Lisa Marie visitaram um shopping 
em Londres [Inglaterra] em 16 de Julho de 1997.













Fonte: Imagens do meu arquivo

36 comentários:

  1. Ahhh... pára c/ isso vai.... brincadeira Rosane.. Ô mulher que gosta de se torturar! Nunca vi coisa igual. rsrs

    Agora falando sério, esses dois ficavam lindos juntinhos e, não parecem muito que estavam afim de se largarem, principalmente ela. Essas cenas não indicam um encontro só de fachada, uma encenação, ou então, eles souberam fingir bem... mais que história, hein? ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...e a Lisa parecia estar bem feliz neste dia! :)

      Excluir
    2. É, parecia sim... e na verdade foram "encontros', né Rosane? Ele c/ os filhos dela, também é muito bonito de se ver, na loja de doces e brinquedos, carinhoso, não é?
      Tantas histórias não contadas, tanta coisa que eu não sabia e, muita gente até hj nem faz ideia, tantos equívocos, lamentável toda essa distorção em torno dessa história, que poderia ter sido tão diferente, eu acho. :(

      Excluir
    3. Sim... que bom que houve esta integração saudável com as crianças da Lisa, mesmo que não tenha sido por tanto tempo... elas devem ter boas lembranças de Michael.

      Excluir
  2. Boa noite a todas.

    E tem gente que ainda duvida do relacionamento deles. Continuaram se encontrando por muitos anos e pelo jeito ela estava bem feliz. A expressao dela nao nega rsrs

    Preciso constar que ela "usou e abusou" do Mike na fase da calca dourada. Nao a perdoo hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Verônica! Se vc estivesse no lugar dela, nós também não a perdoaríamos!! :D

      Bjs,

      Excluir
  3. Olá Rosane,

    A Lisa está feliz da vida nessas fotos, já Michael um tantinho sério, mas com as crianças sempre protetor e cuidadoso ( filhos da Lisa, né?).

    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Francisca!

      São os filhos da Lisa, sim... talvez Michael estivesse sério por causa das câmeras.

      Bjs,

      Excluir
  4. Foi um ano em que Michael estava em uma vida intensa também. Nasceu Prince, tour HIStory a todo vapor, filme Ghosts, outros tantos projetos que sempre eram a marca de Michael.

    ♥♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade. Muitas viagens, também. Um ano de emoções intensas.

      ♥♥♥

      Excluir
  5. Eles formavam um casal lindo e uma família linda. Eu gostaria tanto, apesar do ciúme...rs, que eles contiuassem a viver juntos e que ele tivesse filhos com ela. ♥ Acredito que a proposta de Debbie (gerar filhos para ele) atrapalhou tudo. E Lisa deveria ter pedido um tempo e não o divórcio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tudo tivesse corrido desta forma, hoje Paris, Blanket e Prince seriam os netos de Elvis. Mas isso não seria o mais importante, e sim que as crianças tivessem a presença de uma mãe, em especial, após a partida de Michael.

      Excluir
    2. Eu pensei sobre isso também, principalmente sobre eles terem uma mãe presente. E Lisa Marie é uma grande mãe.

      Excluir
    3. Hoje à tarde eu revi a entrevista que ela concedeu à Oprah...:(

      Excluir
    4. Voce viu a ultima entrevista dela, Rosane? Digo, a pos passagem do Michael? Eu acho que foi uma linda declaracao de amor a ele e que ela se fez entender, pelo menos pra mim, ao explicar o posicionamento dela quando de separaram. Claro que puxamos para o lado do Michael sempre, mas depois de uma certa idade pude perceber a titude qur ela teve. Nao justificando a entrevista que ela e a mae deram na epoca do julgamento, mas vejo que ela estava chateada e magoada como qualquer mulher ficaria. Mesmo assim, elas pegaram pesado.

      Mas pela ultima entrevista percebi que ela ainda era apaixonada por ele. O que voce achou?

      Excluir
    5. A entrevista que eu assisti foi aquela onde ela está sozinha com a Oprah e ela diz que somente depois que ela partiu, ela pôde compreender que Michael a amava. Acredito que ela estava muito emocional, naquele momento, e que tenha sido sincera.

      É sobre esta entrevista que vc se refere?

      Excluir
    6. https://www.youtube.com/watch?v=bOQKqDhJAOU

      Excluir
    7. Sim. Era esta entrevista a qual me referia como " a ultima".

      Excluir
    8. Eu também senti que Lisa foi sincera na entrevista à Oprah, em 2010. Também percebi que ela sempre o amou e que só não admitiu isso com todas as letras porque estava casada com outro. Mas foi bem bacana, assim como a mensagem logo após a passagem dele em seu My Space, onde ela revela que abriu os olhos e o coração para o que realmente sentia por ele e que passou a entendê-lo melhor. Para mim ela se redimiu bastante do enorme erro que cometeu nas entrevistas de 2003 e 2005.

      Excluir
    9. Nada como o tempo, a experiência - e a perda - para mudar a visão das pessoas.

      Excluir
    10. Que bom que ela admitiu seu amor por ele. Acredito que na entrevista anterior ela estava magoada, não querendo justificar o injustificável, influenciada pela mãe, que claro detestava Michael.

      Ainda acredito que surgirá um livro, contando a verdadeira história da vida deles dois, contada por ela, sem interferências.

      Excluir
    11. Se houver um livro baseado totalmente na verdade, será bem vindo.

      Excluir
    12. Regina, a mensagem do my space, reli faz poucos dias e fiquei emocionada. Ela explica tudo e pra mim foi esclarecedor ler o lado dela da historia, porque pude compreende-la.

      Tambem acho que ela o amava ate entao.

      Excluir
  6. Se tudo tivesse corrido desta forma, não haveria partida de Michael.

    Também eu, Regina. Acredito que se tivessem dado um tempo e amadurecido e voltado, eles estariam juntos até hoje. Seria uma linda família.

    Ela está sempre agarrada com ele, né?

    E ainda falavam que as crianças não gostavam dele, afff...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como saber o que é destino e o que é livre-arbitrio.... :(

      Excluir
    2. Elisa, você disse algo que ia dizer: Deixando de lado a dúvida sobre se a partida prematura de Michael foi destino ou livre arbítrio, eu, desde que aconteceu o infame documentário de M. Bashir e suas consequências, penso que se ele estivesse casado com Lisa, mesmo que o documentário tivesse sido realizado, não teria a conotação maldosa sobre o garoto Gavin, portanto, não teria aquela terrível repercussão e não haveriam as acusações e o julgamento que deixaram Michael devastado. Em 2003, ele estava super feliz por causa da paternidade - imagina se fosse com a mulher de sua vida, formando uma família perfeita – e estava bem em todos os sentidos, como relata Frank Cascio em seu livro. Estava comendo e dormindo melhor, estava se livrando da sua dependência de analgésicos com a ajuda do médico francês, estava fazendo uma “varredura” em sua equipe e reestruturando suas finanças e estava cheio de projetos a serem realizados. :(

      Quanto aos filhos de Lisa, as imagens em situações descontraídas, dizem tudo. Eles sempre aparecem segurando carinhosamente a mão ou o braço dele.

      Excluir
  7. Quanto à fase calça dourada, Lisa se esbaldou no recheio, mais generoso nesse época.

    Garota de sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, meninas... Eita garota de sorte! Essa viagem à Londres foi quando ele estava realizando o show da HIStory Tour na cidade e teve também a África do Sul, né? :D

      Excluir
    2. Sim, ele se apresentou no Estádio de Wembley. :)

      Excluir
    3. ... na África, foi no mês de Outubro.

      Excluir
  8. Bom dia meninas,
    Eu também senti sinceridade nas palavras dela e acho que a ficha só caiu após a partida dele. Para mim, pela maneira que ela se comporta ao falar dele, fica claro que ela ainda o ama e que se arrependeu de ter saída da vida dele.
    Concordo com as palavras da Regina "que ela sempre o amou e que só não admitiu isso com todas as letras porque estava casada com outro." e
    "Acredito que a proposta de Debbie (gerar filhos para ele) atrapalhou tudo. E Lisa deveria ter pedido um tempo e não o divórcio."
    Mas como a própria Lisa falou, ela era jovem, impulsiva e teimosa.

    Impressionante como todas as pessoas que tiveram contato com ele dizem a mesma coisa. Adorei quando Oprah comenta sobre a entrevista que fez com ele em 1992 (19:45 do vídeo):
    "é como se ele te iluminasse com a luz dele"
    SUBLIME.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leda, eu também concordo com as tuas colocações. E foi maravilhoso ouvir mais uma vez, o depoimento de alguém sentindo-se banhado pela sua luz. Não tem como negar esse fenômeno que Michael causava nas pessoas. Sensacional.

      Excluir
    2. :-bd :-bd :-bd :-bd :-bd

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! :) Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line.
**Para assuntos privados e não referentes à matéria eu peço que utilize o email [cartasparamichael@gmail.com] ・。.。・゚゚・。.。・゚゚・。❊
*Rosane [admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...