Manuscritos de Michael


"Eu não estou me sentindo muito bem, mas eu realmente vou me recuperar. Eu amo vocês e sinto a sua falta afetuosamente''

''O álbum está chegando Millenium ''excitante''. Eu amo com todo meu coração. Eu preciso descansar agora. Amor MJ''

[Manuscrito acima] Em julho de 1999, Michael Jackson se hospedou no Hotel Dorchester [Londres] onde os fãs se reuniram para vê-lo. Michael enviou esta nota aos fãs através de um dos seguranças, que a leu para a multidão. Depois, ela foi entregue a um dos fãs.


[Acima] Michael fixou este papel sobre um espelho: “100 milhões”, esta era a sua meta de vendas para o álbum Bad.


''Deixe-me criá-las* como uma pedra de granito, a maneira como o escultor cria a grande arte que permanece até o fim do tempo, imortalizando o seu talento. Deixe-me criá-las* em bronze e ferro, então cada geração irá ouvir a minha música e apreciará o presente da melodia.''

*criá-las ou criá-los [nota do blog]

O manuscrito acima se refere à canção ''Granite'', um trabalho em parceria com o produtor Bryan Loren, é uma das canções arquivadas do álbum Dangerous.


[Acima] Algumas anotações sobre Liz Taylor.


''Filme Bad [...] Que nada seja uma ''tomada'' [gravado] a menos que eu esteja extremamente satisfeito, a menos que eu tenha sentido em minha alma.''


''Tommy Mato [Tommy Mottola] me sabotou porque eles queriam o catálogo dos Beatles.''

Fontes:
http://www.julienslive.com
http://www.mjtranslate.com

Nenhum comentário

Postar um comentário

*Bem-vindos, Moonwalkers! :) Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line.
**Para assuntos privados e não referentes à matéria eu peço que utilize o email [cartasparamichael@gmail.com] ・。.。・゚゚・。.。・゚゚・。❊
*Rosane [admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...