A sombra de todos sobre Michael


'Rod Serling foi o autor de uma série antológica de TV chamada The Twilight Zone. A imitação da voz de Serling pode ser ouvida na canção Threatened (álbum Invincible) de Jackson. A série era sobre temas contemporâneos e satirizava-os secretamente.

Através da ficção científica, os autores do Twilight Zone tratavam de questões como a guerra nuclear, uma histeria em massa e preconceitos culturais. Com a arma de fantasia inócua, Ray Bradbury levava a público uma discussão social na cultura contemporânea de uma forma que não teria sido aceitável abertamente.

A série se tornou muito popular e, obviamente, chamou a atenção e a imaginação de Michael Jackson. Michael era um fã. Em Threatened (em português: Ameaçados), na introdução, Serling diz que um monstro chegou na aldeia. Este monstro pode sentir toda a emoção e sabe ler cada pensamento. Ele também dá sinais de uma verdade profunda: "O principal ingrediente de qualquer receita para o medo é o desconhecido."

E então ele diz, o seu erro, opa, ele se esqueceu de apresentar (o público) para o monstro. Assim, permitam-me apresentar o seu monstro a você ... E, claro, as pessoas exigem sempre um monstro culpado por tudo o que não assumirá a responsabilidade pessoal e coletivamente. Sim, We Are The World, mas não lembram.

Então ouvimos Michael Jackson cantando sobre como um monstro é feito e que ele, como um monstro, está em toda parte. Ele também diz que ele é 'os pensamentos obscuros na sua cabeça' e sim, ele pode ouvir os seus pensamentos.

Michael é surpreendente em sua sabedoria. Ele estava em toda parte e ele era o alvo visível e fácil para a sombra projetada pelo mundo inteiro. Ele era a luz (que está em suas letras) e sombra, porque ele representava para o nós. Surpreendentemente ele sabia disso porque Michael faz referência a ele mesmo, liricamente.

Ele menciona que o monstro pode estar em dois lugares ao mesmo tempo. Quantas vezes foi acusado de coisas ou relatado por estar fazendo alguma coisa quando ele não estava em qualquer lugar na vizinhança? É chamado de bi-locação. Michael se defende agora.

Ele também "sabe o que está em sua mente" e que muitas vezes é um verdadeiro sensitivo. Empatia não só sentir o que outras pessoas estão sentindo quando estão por perto ou quando a sua consciência viaja para outro local (lembre-se a referência ao sentimento dos golfinhos oceânicos em Dancing the Dream?), mas algumas vezes é o dom de simplesmente saber o que está na mente das pessoas, em geral.

As crianças que são maltratadas desenvolvem essa capacidade a serviço da defesa e segurança. Eles têm outro sentido do trabalho para além do habitual, porque elas precisam desenvolvê-la. Eles podem digitalizar e ler o ambiente e todos nele. Reconhecem as pessoas pela intuição.

Há pessoas que têm este dom especial e Michael era uma delas. Seu saber e intuição são evidentes em seu trabalho. Como mais você explica um jovem virtuoso de dez anos de idade saber quando, onde e como adicionar frases musicais e ênfase em determinadas áreas ou uma frase que de outra forma seria sem graça? Michael disse: "Quando alguém sabe ou tem o dom, deve ouví-lo."

É uma frustração comum aos gênios. Eles simplesmente sabem. E eles sabem que sabem. E eles demonstram que sabem, mas são frequentemente chamados a demonstrá-lo várias vezes ao longo da vida para aqueles que não têm essa habilidade.

Mas quando alguém torna-se aceito como um gênio ou superstar em seu campo de atividade, as pessoas deixam de pedir a prova, pois o sabem intuitivamente. E isso é um alívio para um verdadeiro gênio. Finalmente eles podem relaxar, a respeito de seu repertório e sua reputação.

Então ouvimos Michael explicando que, quando "cada vez que sua mulher fala, ela fala de mim" e que "você nunca vai ser metade de mim.", o que ele está querendo dizer é: ¨a sua namorada me acha atraente, sexy e duas vezes mais o homem que você é¨.

Essa é uma afirmação ousada de fazer publicamente, mas faz sentido pois havia muitos homens que foram ameaçados por Michael Jackson. E muitos ainda são. Eles não gostavam de ver suas mulheres atraídas por um pop star que ficou tão famoso, amado e que podia hipnotizar as mulheres. E devemos lembrar de tempos não muito distantes em  que homens brancos particularmente desdenhavam homens negros que as mulheres brancas julgavam atraentes.

Haviam mitos contemporâneos, a respeito da (boa) reputação do desempenho sexual dos homens negros. Os homens brancos racistas não gostam de ver suas mulheres atraídas por homens afro-americanos. Então, como podem eles se sentir sobre um homem adulto que se apresenta como um menino e que atrai as mulheres de todas as idades, cores, raças, etnias e classes de todo o mundo?

Portanto, aqueles que dizem que Michael não foi vítima de racismo estão praticando a antiga arte da negação, a fim de amenizar a culpa. A inveja que muitos sentem de Michael ainda é evidente hoje. Em muitos homens. Em muitos lugares.

Eles se tornam os inimigos, detratores, os críticos que mencionam a ousadia de Michael, a popularidade, a sua hipnótica atração mágica e a sensualidade em seus vídeos, que deveriam ser analisados sob a ótica artística, mas esta sucumbe sob a inveja alheia.

O que fazemos quando invejamos alguém? Nós tentamos quebrá-lo. Nós atacamos sua aparência. Esses homens não têm ideia de seus próprios motivos para ofender Michael com suas palavras, mas apresentam seu ciúme velado em fatias finas. E as mulheres sabem.

Michael sabia. É claro que ele atraía esse tipo de sombra de homens invejosos. É claro que eles tinham que transformá-lo em um monstro. Isso é o que a inveja faz de melhor. Mas eles mesmos nunca terão total consciência deste sentimento, está enterrado tão profundamente em seu interior que ainda falam com justa indignação, quando se referem a Michael.

Como poderia tal escuridão interna ser revelada? Como uma parte de si mesmo? Então, surge um Michael Jackson: Como poderia ser tão atraente por seu próprio mérito? Tão talentoso? Magnético? Como pode esse tipo de magnetismo ser natural?

Tem que haver algo antinatural nisso, certo? É imperativo encontrar alguma coisa errada nele, porque não seria possível apenas suportá-lo. Assim, ele ¨deve estar fazendo algo errado com as crianças! Ele deve castrá-los antes que se tornem homens, você não acha?¨

Como pode essa visão de masculinidade que não tem medo de seu lado feminino, não tem medo de amar intensamente e que as mulheres acham atraentes, não ser algum tipo de monstro?  Assim torna-se importante procurar o monstro do homem.

Um ingrediente importante de um episódio de Twilight Zone foi a reviravolta inesperada no final e o paradoxo temporal (você terá que procurá-lo porque eu não vou estragar a surpresa para você.) Rod Serling sabia como fazer isso bem, assim como Michael Jackson.

Michael também fala em Threatened  sobre "a noite do julgamento", "uma execução, um massacre", "demônios" e " fantasmas "e que o monstro é a "tortura". E talvez torturado. Somos muitas vezes torturados pelas coisas que nós nos esforçamos para compreender, mas foge de nós. Michael era esse tipo de enigma.

E, como um enigmático, às vezes parece ser proposital. Não é apenas uma tática para se manter relevante, mas para criar uma névoa de mistério, para ver o que realmente está lá. Para olhar de perto. Ele fala sobre a "presença humana que você acha que é estranho". Talvez à frente de seu tempo é um sinônimo aqui para estranhos. Foi exatamente isso no passado.

Twilight Zone é um lugar nebuloso entre as realidades, entre as trevas e a luz, entre o que foi e o que está se tornando. E ele usou a ficção científica para criar esse questionamento. Twilight Zone tem vindo a dizer mais sobre fatos reais do que sobre um mundo de fantasia e ficção científica.

No caso de fazer um monstro por recrutar Michael Jackson, ela transformou ficção científica em jornalismo, resultando em uma crucificação da imprensa sensacionalista, vitimando uma pessoa real. Irônico que a viagem a partir do Twilight Zone inicie de um tablóide. Funcionou bem. Ele serviu o seu propósito.

E no final de Threatened ouvimos: "O que você tem testemunhado não é o fim do terrível pesadelo em particular, é apenas o começo.¨

Se assim for, talvez nós devemos ficar atentos para a continuação da saga de Twilight Zone e prestar atenção para o paradoxo. Eu me pergunto o que vai acontecer quando a viagem do Twilight Zone à Zona Tablóide não funcionar mais. Eu suspeito que só então o episódio real continue, e claro, o toque final está chegando ...'

Reverend B. Kaufmann
(escritora, educadora e ativista)
Fonte: Extraído do txt original Beyond the Twilight Zone

abaixo, segue a tradução e o original da letra de Threatened...

Ameaçado

Rod Serling:
'A história desta noite é um tanto incomum e tem uma introdução um pouco diferente
Um monstro tinha chegado na vila
O ingrediente principal de toda a receita para o medo é o desconhecido
E esta pessoa ou coisa vai ser conhecida em breve
Sabe de cada pensamento, pode sentir cada emoção
Ah, sim. Eu esqueci mesmo de uma coisa, não é mesmo? Eu esqueci de apresentá-los ao monstro

Você me teme, porque sabe que sou uma besta
Te vigiando enquanto dorme, quando está na cama
Estou embaixo dela
Você está preso em salões, minha face são as paredes
Eu sou o chão quando você cai, e quando grita é por minha causa
Sou o morto-vivo, os pensamentos obscuros na sua mente
Eu sei exatamente o que você disse
É por isso que você precisa ser ameaçado por mim

Você deveria ter cuidado comigo, você deveria sentir-se ameaçado
Por que dorme, por que se arrasta, você tinha que estar ameaçado
Cada vez que sua mulher fala, ela fala comigo, ameaçada
Metade de mim você nunca será, por isso você tem que sentir-se ameaçado por mim

Você acha que está sozinho, mas foi meu toque que você sentiu
Não sou um fantasma do inferno, mas tenho uma cisma com você
Em um piscar de olhos eu sumo, e daí volto para assombrá-lo
Estou falando, quando estiver em seu túmulo
Serei eu quem te vigiará
É por isso que você deve ser ameaçado por mim

Rod Serling:
O desconhecido monstro está para partir
De um canto distante, fora da obscuridade
Um pesadelo, é este o caso
Never, Neverland, é este o lugar
Este monstro em especial consegue ler mentes
Estar em dois lugares ao mesmo tempo
Esta é a noite do julgamento, da execução, do massacre
O demônio, fantasmas, este monstro é tortura
Você pode estar certo de uma coisa, é o destino
Uma presença humana que você sente é estranha
Um monstro que você pode ver desaparecer
Um monstro, a pior coisa a temer

Rod Serling:
O que você tem testemunhado apenas poderia ser o fim de um pesadelo particularmente aterrador. Não é. É o começo'


Threatened - original
[ROD SERLING INTRO]
Tonight's story is somewhat unique and calls for a different kind of introducing
A monster had arrived in the village
The major ingredient of any recipe for fear is the unknown
And this person or thing is soon to be met
He knows every thought, he can feel every emotion
Oh yes, I did forget something didn't I? I forgot to introduce you to the monster.

You're fearing me, 'cause you know I'm a beast
Watching you when you sleep, when you're in bed
I'm underneath
You're trapped in halls, and my face is the walls
I'm the floor when you fall, and when you scream it's 'cause of me
I'm the living dead, the dark thoughts in your head
I know just what you said
That's why you've got to be threatened by me

You should be watching me, you should feel threatened
Why you sleep, why you creep, you should be threatened
Every time your lady speaks she speaks to me, threatened
Half of me you'll never be, so you should feel threatened by me

You think you're by yourself, but it's my touch you felt
I'm not a ghost from Hell, but I've got a spell on you
In one blink I'll disappear, and then I'll come back to haunt you
I'm telling you, when you lie under a tomb
I'm the one watching you
That's why you got to be threatened by me

Fonte da letra: 
http://letras.terra.com.br

Nenhum comentário

Postar um comentário

*Bem-vindos, Moonwalkers! Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line. [Rosane, admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...