A imprensa sensacionalista


[Sobre o julgamento de 2005] "Michael Jackson teve os olhos do mundo voltados para ele. Essa história toda foi um desastre. Ele nunca deveria ter sido levado a julgamento. Mesmo após Michael ter sido absolvido neste caso, eu fui para a conferência de imprensa e perguntei [para Tom Sneddon]: ''Já acabou a caça à Michael Jackson?'' e e ele respondeu: "Sem comentários''.

Naquela mesma noite, Michael deixou seu amado [rancho] Neverland e nunca mais voltou... eu acho que o processo o matou. Você pode ver ele fisicamente secar durante o processo. Quando tudo terminou, ele me chamou. Eu o conheci, passei a vê-lo todos os dias e, no final, ele me chamou para me agradecer por ter sido justa com ele, porque ninguém mais tinha sido. Todo mundo estava lá fora para tirar proveito dele, de uma forma ou de outra.

Eu perguntei para Michael: ''Como foi o processo para você?'' E ele me disse foi a coisa mais difícil que ele já tinha enfrentado na vida dele.

E era verdade. Michael era uma alma muito sensível e gentil e não deveria ter passado por isso. Michael nunca deveria teria sido levado a julgamento, mas desde que ele era Michael Jackson, não havia nenhuma possibilidade de se libertar disso.

O problema das pessoas que são absolvidas é que isso não entra na mente do público, essa é a tragédia. Porque nós partimos do princípio de que se você passar por um processo e comprovar a sua inocência, você pode seguir em frente com sua vida. Mas o público tinha tomado uma decisão diferente, eles tentaram dar o seu veredicto depois do veredicto do júri e foi impossível para ele se libertar do constrangimento.

Eu cobri pelo menos 60 julgamentos... talvez mais. Eles não são simbólicos de qualquer outra coisa, porque o que você está fazendo é dar ao público a chance de ver o seu sistema de trabalho e ver algo que é emblemático do que está acontecendo na sociedade, mas eles não mostram o que está acontecendo todos os dias nos tribunais do país...

No ambiente do jornalismo, por vezes, eu me sinto como um alienígena vindo de outro planeta. As coisas não são da forma como eram quando eu comecei, e eu não diria que melhoraram.''

*Trechos extraídos da recente entrevista concedida pela premiada jornalista Linda Deutsch [em 02 de Julho de 2016]

Fonte: http://www.truth4mj.it


Nenhum comentário

Postar um comentário

*Bem-vindos, Moonwalkers! Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line. [Rosane, admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...