Depoimento de Slim Jim Phantom


[Em meados da década de 80]
''Parte da diversão em qualquer show são os bastidores. [minha esposa] Britt e eu fomos ver Bruce Springsteen e a E Street Band no Los Angeles Memorial Coliseum. Esta teria sido a turnê Born in the USA e havia muita emoção. Britt é uma grande fã, o guitarrista Nils Lofgren era um bom amigo, Springsteen era um fã dos Stray Cats [ ...] então éramos bem-vindos ao show.

Britt estava em todos os lugares e viu tudo. Havia um elevador que levava da área de estacionamento até o box privativo. Eu estava olhando para o elevador no exato momento em que as portas se abriram e um silêncio desceu sobre a sala. Caminhando estavam Michael Jackson e Elizabeth Taylor, apenas os dois.

MJ estava em sua regalia completa da era de Thriller, jaqueta militar brilhante e lantejoula com corda dourada pendurada na espelta, óculos espelhados, cabelo perfeitamente cacheados e molhados, meias brilhantes, mocassins pretos e, o mais importante, uma luva deslumbrante.
Elizabeth Taylor parecia em cada centímentro a maior estrela de cinema do mundo com um vestido de jóias e sapatos combinando.

Tudo está acontecendo no meio da tarde em uma grande sala de vidro no topo de um estádio de futebol. Ninguém está dizendo nada e um silêncio desconfortável invadiu a sala. Alguém estaria lá para encontrá-los? Com quem falarão? Será que alguém lhes oferecerá uma bebida? O que eles realmente estão fazendo aqui?

Michael lentamente se aproxima de mim, oferece sua mão enluvada e, em sua voz única e suave, meio que sussurrou: ''Eu realmente gosto da música que vocês fazem sobre o gato."

"Uau... obrigado, cara", eu consegui dizer, quase silenciosamente, enquanto sacudia a mão enluvada.

Acho que Liz e Britt falaram uma com a outra por dois segundos. MJ e Liz fizeram o seu caminho pela sala, voltaram para o elevador e foram embora antes que o programa começasse. Não me lembro de outro tempo assim, antes ou depois. Para mim, tomar consciência desses momentos malucos me atingia após o fato e eu percebi, um pouco depois, que algo especial tinha acontecido.''

Slim Jim Phantom
*Baterista estadunidense e integrante da banda de rock Stray Cats.

Notas do blog:
1) Quando Michael se referiu ''à música do gato'', ele falava da música Stray Cat Strut da banda Stray Cat, que com bom humor narra a estória de um vaidoso gato de rua.

2) A fotografia no início desta pubicação é somente ilustrativa.

Trecho retirado do livro A Stray Cat Struts: My Life as a Rockabilly Rebel de Slim Jim Phantom.

Fonte: https://www.theguardian.com

Nenhum comentário

Postar um comentário

*Bem-vindos, Moonwalkers! :)
Os comentários são moderados [a fim de evitar spams]
e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line.
Esta página é feita com amor e eu agradeço a sua presença.
*Rosane [admin. do blog]

Obs.: Para assuntos não referentes à matéria eu peço que utilize o email [cartasparamichael@gmail.com] ・。.。・゚゚・。.。・゚゚・。❊

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...