Sobre o acidente que aconteceu dentro do estúdio


A história de como as paredes do estúdio caíram sobre
 Michael durante a gravação da faixa-título Dangerous 

"Aquela parede ao redor do microfone foi construída por Brad Sundberg - consistia em três painéis de madeira de cerca de 2,40m de altura e tinha o objetivo de isolar  o som. Quando Michael ia gravar, ele precisava dançar e esses painéis de madeira o impediram. Com sua travessura inerente, Michael começou a afastar os painéis laterais de si mesmo, de modo que no final eles formaram uma linha reta com a seção intermediária.

A gravação começou. Houve um som de tábuas caindo. O estúdio estava escuro e ninguém entendia o que havia acontecido. Brad correu para auxiliar Michael, que estava caído debaixo das placas. Ele foi ajudado a se levantar. Ele disse que estava bem, e a gravação continuou por mais algumas horas, até que ele se queixou de que sua cabeça estava doendo. Eles ligaram para o segurança Bill Bray, que o levou ao médico.

Brad ficou muito assustado: "E se eu tivesse matado Michael Jackson?".

Acontece que Michael teve uma concussão - ele ficou em casa por uma semana.
Brad percebeu que qualquer outra celebridade provavelmente o teria processado, mas Michael acabou de transformar tudo em uma piada. Todos riram do fato de que até mesmo a queda na performance de Michael soa bem e vem à música.

Em outro momento, o funcionário do estúdio Sam L. Parity comentou em uma entrevista: ''Michael acabou ficando bem, e por um longo tempo, costumávamos tocar o mix do início da canção, que começava com uma amostra dele gritando de dor, quando as paredes vieram abaixo!''

**Na imagem do início do post, Brad Sundberg está ao lado de Michael Jackson.

Nenhum comentário

Postar um comentário

*Bem-vindos, Moonwalkers! Este é um espaço de amor à memória de Michael Jackson. Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line. [Rosane, admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...