Natalia Rose


''Por muitos anos, Michael viveu com seus pais e irmãos no caminho da nossa casa em Encino, Califórnia, em uma rua chamada Havenhurst, junto à Ventura Blvd. Enquanto crianças, Michael e seus irmãos subiam em suas bicicletas em direção à nossa casa, para visitar meu pai.

Apenas tome um momento para imaginar Michael como um pequeno e bonito menino de dez anos, cantando My Cherie Amour em sua bicicleta ao redor do bairro, como qualquer criança normal, inocente.


Ele era lindo e, por via de regra, astronomicamente talentoso.

O pai de Michael tinha uma personalidade horrível. Conforme a sua irmã LaToya contou em suas memórias, ele era dominante, violento e abusivo. [...]

No entanto, apesar disso, o jovem Michael era natural. Sua luz brilhava tão intensamente. Era inocente, explorando a criatividade, e na posse suficiente de sua própria alma para dar a sua essência. 

Vamos ter um momento para reconhecer o que ele expressou em sua gravação de 1970, The Love You Save. O espírito irreprimível era sua verdadeira inspiração, adorável, absolutamente mágico!

video
The Love You Save

Esse era o verdadeiro Michael, antes que o mundo de mentiras o apanhasse. Acho que este é o momento em que sua alma escapa da jaula de seu corpo físico e de todos os abusos que ele absorveu ao longo de sua vida na Terra.

O desenvolvimento da vida pública de Michael revelou os efeitos das causas apoiados por um mundial de cegueira e dor. O que aconteceu com Michael poderia acontecer com qualquer inocente e, na verdade, acontece a cada segundo de cada dia.

Um exemplo dramático de sofrimento e perda de vidas e, às vezes, pode nos abalar em  nossas vidas programadas, da estreiteza de visão, para que possamos vislumbrar a verdade. Mas a maioria de nós está distraída e retorna para os nossos velhos hábitos.

O fato é que todos nós somos como Michael - espelhos refletindo através da experiência pessoal a verdade e as mentiras da nossa humanidade. Mas, quando seremos também os destinatários, discernir o que gera vida e o que a destrói?

Se Michael estava tomando substâncias para anestesiar a dor e se estas desempenharam um papel em sua morte, vamos prestar mais atenção. O uso desenfreado de drogas, tanto as farmacêuticas como as ilegais - para não mencionar todas as outras formas prejudiciais de consumo excessivo - revela um mundo de dor e mentiras.

Pergunta: Quando é que vamos finalmente ver as verdades que refletem um ao outro, e realizar o processo de mudança que requer cura profunda? Quando é que vamos aceitar a dor como uma parte normal da vida?

Uma das minhas músicas favoritas é Nightshift do grupo The Commodores. Lembra-me da magia de tomada de música do meu pai nos estúdios nos anos 60, 70 e 80, quando a maioria dos maiores hits R & B foram gravados.

The Commodores gravou esta canção como uma homenagem a dois de seus amigos que morreram em 1984: o lendário Marvin Gaye e o grande Jackie Wilson.

Confira a letra, ou apenas baixe a música e ouça. Eu a deixo aqui como um tributo ao legado de Michael e ao espelho oferecido à humanidade.

Isto é para você, Michael. Talvez a sua dor não tenha sido em vão e as suas harmonias tragam maior harmonia na Terra.''

[ Vídeo com a música e a tradução clicar aqui ]

by Natalia Rose
*Escritora e médica nutricionista

Fonte: 
http://michaeljacksonmyobsession.blogspot.com.br
*Imagens e video adicionados por este blog

17 comentários:

  1. Olá,Rosane,tudo bem?
    Não poderia ter sido melhor o meu retorno ao blog, do que ouvindo a voz de Michael que mais parece o cantar de um pássaro. Admiro The
    Commodores. Linda letra.
    Estive com visitas todo esse tempo.
    Uma semana maravilhosa para vc..Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Marinalva! Sabe que eu notei a tua ausência aqui nos comentários? Que bom ter vc de volta!

    ResponderExcluir
  3. Tudo o que ela disse é a mais pura verdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo texto, amiga. Um privilégio ela ter visto Michael ainda pequeno, correndo pelas ruas.

      Excluir
    2. Um autêntico testemunho para o nosso anjo! ♥

      Excluir
  4. Oi Rosane,

    esse um belo depoimento, um texto reflexivo e eu penso que Michael escancarou para o mundo além da arte, a alegria e o amor algo que sempre vai incomodar o ser humano ... o sofrimento e a dor. Não que ele quisesse, mas ele soube lidar com isso de uma maneira que poucos sabem fazer. Ele mesmo disse "eu rezo e sigo em frente". Como é difícil seguir em frente quando uma pessoa é acusada por algo horrendo e é inocente. Pior ainda quando meio mundo olha pra você e torce o nariz porque acha que você é mesmo culpado e essa pessoa passa a ser motivo de chacota e piadas.
    E foram tantas coisas e os problemas de saúde que o fizeram fazer uso de medicações lícitas iguais a qualquer mortal que tenha que lidar com uma doença auto imune como Michael. O que aconteceu com ele não acontece todo dia , nem com qualquer um ( é o único ponto que discordo desse depoimento em minha opinião) e lembro de uma frase que Willi.am disse que não sabe como ele conseguiu encarar as pessoas, o mundo todo, em relação ao julgamento de 2005.
    Mas foi justamente essa atitude corajosa de continuar olhando para as pessoas e seguir amando-as e sempre levantando-se e sendo gentil foi o que me tocou profundamente e mudou tantas coisas na minha vida pessoal. Por isso o amo de todo o meu coração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Francisca, não tem como não amar, não é? Só se a gente tivesse um coração muito duro. Acho que foi a Jane Fonda [atriz] que disse: ''Michael parece, para mim, como uma corça que está ferida, e continua a caminhar.''

      E ela disse isso ainda na década de 80.. imagine o que veio depois.

      Eu nunca me esqueci dessa citação, porque é perfeita.

      E assino embaixo de todas as tuas palavras.

      Também discordei no mesmo ponto que vc, embora eu penso que entendi o que ela quis dizer, sobre o que fazemos com Michael fazemos com qualquer outro semelhante nosso, e os jornais estão cheios dessas histórias de injustiça e violência.

      Michael como um espelho de nossa sociedade.

      Bjs!

      Excluir
  5. Oi Rosane, boa noite!

    Ainda estou c/ o tempo apertado, mas encontrei uma brecha rs.. pois eu adoro esta canção, eu ouvi uma homenagem q eles fizeram ao Mike, c/ essa música. Emocionante... não contive as lágrimas!!!

    * Agoniada aki, por não poder participar... ohhh!!

    Bjos! Até breve!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lady! Fico contente que tenha ouvido a canção, além de ler o texto. Ela completa toda a emoção do depoimento.

      Volte sempre que possivel, flor! Bjs!!!

      Excluir
    2. Sim Rô, tô voltando em breve, eu ouvi esta canção numa versão em nome do Mike, foi comovente!!

      Excluir
  6. Obrigada por ter notado a minha ausência. E na próxima sexta-feira
    tem Michael no Cinemax. Que venha o king.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas eu noto, sim. \0/

      Cinemax, é? Eu fiquei sabendo agora. Vou conferir.

      Vlw por avisar. ***

      Excluir
  7. e um dos depoimentos mais bonito e sincero que li sobre o Michael ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fico contente que tenha gostado, Millena!

      Excluir
  8. Depoimento perfeito, um dos melhores q ja fizeram para o Michael!!

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! :) Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line.
**Para assuntos privados e não referentes à matéria eu peço que utilize o email [cartasparamichael@gmail.com] ・。.。・゚゚・。.。・゚゚・。❊
*Rosane [admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...