Depoimento de Marie Claude Kamara


''Quando eu conheci Michael Jackson era exatamente 13 de Fevereiro de 1992, por ocasião de sua chegada aqui na Costa do Marfim. O evento foi organizado pelo Gabão, liderado pelo Sr. Ali Bongo [filho de Patience Dabany e o falecido presidente Omar Bongo].

Naquela ocasião, eu preparava massas de bolo para o Hotel Ivoire e eu pedi ao meu chefe para me liberar um pouco mais cedo, para que eu pudesse também encontrar o meu ''ídolo''. Ele pediu-me para fazer o meu trabalho, antes.

Eu brinquei com ele dizendo que era obrigatório que eu fosse, porque Michael Jackson era um amigo. Ele me disse "Michael... você o conhece...?'' e eu lhe respondi ao acaso assim, com confiança, que Michael era um amigo e que deveria me encontrar com ele. Ele nos liberou em seguida e eu desci.

Insistimos e fomos capazes de ter acesso à grande torre onde ele estava hospedado. Nós estávamos lá e uma senhora desceu e pediu a um jovem perto de mim, se ele poderia lhe seguir. Este último disse que ainda não tinha terminado o seu trabalho. 

Então, eu propus imediatamente para realizar essa tarefa, mesmo sem saber o que esperar. Para mim, eu estava procurando uma maneira de ter acesso a Michael Jackson. A senhora concordou e deixou-me saber que era Madame Cissé [a responsável pelas relações-públicas do Hotel Ivoire].

Acompanhei Cissé que me levou a uma outra pessoa que era um membro da equipe de Michael Jackson. Foi nesse momento que me fizeram saber que a ajuda era para segurar o macaco Michael Jackson. Para mim, era uma honra. Eu não podia sequer imaginar o que estava acontecendo.

Foi nesse momento que eu percebi que eu tinha feito bem me oferecendo como voluntária. Tomamos o elevador até o 22 º andar onde ele estava hospedado. 

Chegamos no hall de entrada e vimos um belo cenário constituído pela equipe de Michael. Foi como um filme. Eu percebi as pessoas com câmeras. Perguntaram-me se eu não tinha medo de segurar o macaco de Michael [Note-se que este macaco não era Bubbles].

O gerente levou-me em frente a Michael e disse-lhe que ele tinha alguém para segurar seu macaco, mas era uma garota. Em seguida, ele abriu a porta e eu o vi... os lábios finos, a pele branca. Como era na TV. Fiquei atordoada. 

Como imersa em um sonho, o macaco pulou e agarrou-se a mim. Mas eu não me importava com o macaco, porque era melhor, a minha estrela era quem me interessava. Eu estava vivendo o meu sonho.

Michael Jackson sorriu para mim, eu olhei de volta e segurei o macaco. Ele me informou que ele teria que descer para cumprimentar o nosso primeiro-ministro e eu tive que segurar o macaco apenas por alguns momentos. Fiquei muito feliz em fazer isso. 


Eles saíram e voltaram mais tarde. Ele queria retomar o seu macaco, mas o animal não queria sair. Então, ele me conquistou. Foi a partir deste momento que a minha história começou. Ele pediu para que eu ficasse em um quarto ao lado, para que eu ficasse com o seu macaco, e ele me daria tudo o que eu precisasse. 

Posteriormente, chamaram meus pais para informá-los, e meus pais não acreditaram. Minha mãe ficou tão hesitante, ela acabou chamando a recepcionista do hotel, que lhe disse: ''Ah, senhora, esta é a sua filha? Você está com sorte!"

Assim, eu fiquei com eles durante toda a sua estadia. Eles chegaram no dia 13 e partiram no dia 17 de Fevereiro.



Isto não é para me gabar, mas eu vou dizer que eu passei o dia como se eu passasse com a minha família. Você sabe, falam muito sobre os artistas, mas é melhor saber na realidade.

É verdade que Michael era uma grande estrela internacional, mas não era complicado. Eu fui para o seu quarto e me sentava em sua cama. Havia um espelho no qual ele olhava, durante seu ensaio. Acontecia a qualquer momento e podíamos ouvir os sussurros, o estalar de dedos. 

Quando entrava em seu quarto, ele estava relaxado, de meias. Eu o segui como um verdadeiro amigo. É por esta razão que eu digo que a morte dele realmente me afetou.

Na véspera da sua partida, tiramos fotos e até mesmo me prometeu um presente. No dia, eles me mostraram o seu avião quando eu tirei fotos com as recepcionistas. Mas no último minuto, não poderíamos ver o meu presente. E ele partiu.

[Sobre recusar o convite de Michael para ir para os E.U.A.] 

Na verdade, eu me recusei porque eu era muito jovem, no momento. Eu tinha apenas 17 anos de idade e sabe o que acontece na cabeça de uma menina dessa idade. Nós gostamos de nos divertir com essa idade e nada mais. 

Eu tinha muitos preconceitos em mente sobre o o fato de que eu estaria partindo para um país que era desconhecido para mim. Por isso, o medo me fez recusar o convite. Mas tendo mais idade, eu me arrependi.

Eu mantive os endereços até que eles ficaram desatualizados. Mas um ou dois anos depois de sua partida, eu recebi uma carta dele escrita em Inglês, onde ele me agradecia e me convidava para um concerto na França. Tentei responder-lhe, mas não consegui.

[Sobre as suas melhores memórias] 

Foi o nosso primeiro dia do encontro, quando ele abriu a porta de seu quarto e o macaco saltou sobre mim. São as minhas grandes memórias. Ele chegou com uma coleção de camisas de veludo. Ele me ofereceu uma de cor laranja, a qual eu que guardo cuidadosamente, até hoje.''

Marie Claude André Kamara
*Natural da Costa do Marfim.

Fonte: http://abidjanshow.com

20 comentários:

  1. Como eu queria estar no lugar dela, eu cuidava do macaco e claro do Michael.rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ela ainda recusou um convite para viver nos E U A - provavelmente em Neverland...

      Excluir
  2. Boa tarde, Rosane!
    Que história fantástica, com certeza essa garota perdeu uma grande oportunidade em sua vida, mas ainda assim teve muita sorte em viver momentos marcantes como estes q ela descreve. Impressionante como uma só pessoa foi capaz de proporcionar momentos especias a tantas pessoas em diversas partes do mundo, somente um ser tão especial como o Michael mesmo, magnífico! \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Lady! Foi como viver um conto de fadas, eu acho.. e poder desfrutar de um ambiente tão intimo como um quarto, observar sua rotina, foi mesmo um privilégio. \0/

      Excluir
  3. Sim é verdade, aproveitando quero dizer q é uma satisfação enorme poder tomar conhecimento dessas histórias, e vc é responsável em grande parte por nos proporcionar isso, pois seu trabalho em reunir todo esse material q hj estão sendo revelados por diversas pessoas, é admirável, sei q existem diversos blogs, sites, fóruns mundo afora q estão encarregados em divulgar todas essas histórias, porém aki estão reunidos num só lugar c/ riqueza de detalhes, complementos e tudo mais, nos facilitando e muito em ficarmos cientes de todas essas histórias, e todo esse trabalho q vc têm dispensado é responsável por manter vivos o verdadeiro legado e memória dele de forma correta e digna. Portanto, vou radicalizar em dizer q , ficar longe deste blg por algum tempo, é como se estivesse voltando e revivendo àquele dia fatídico e triste de junho de 2009, esta é minha opinião e sem mais o quê acrescentar. Obrigada e parabéns pela persistência!!!

    Bjo! Até mais! *_*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc está inspirada, Lady... eu agradeço sinceramente por todas as tuas palavras. É trabalhoso, de fato, tomando como exemplo esse depoimento acima, o qual eu tive que traduzir do francês e com muito cuidado para não perder o sentido da história.

      Eu fico contente em proporcionar aos leitores e fãs do nosso anjo um acervo amplo de histórias, em todas as épocas, e a gente procura mostrar o real Michael, aquele que a mídia não mostra. Assim, a Internet se torna uma ferramenta extremamente necessária para nos proporcionar essa liberdade. Sem ela, eu mesma teria muito poucas informações confiáveis sobre Michael Jackson.

      Também é consolador saber que através desses encontros em todas as eras, podemos amenizar a nossa dor e saudade.

      Cultuar a memória de quem amamos não é errado, porque Deus abençoa o verdadeiro amor. E Michael o representou muito bem.

      Bjs!

      Excluir
    2. "THIS IS IT" !!!! Ambas estamos inspiradas hehehe, será q é o Amor q está no ar? Saiba q essa inspiração têm acontecido várias vezes, de vc ou outras leitoras dizerem aki exatamente o q eu estava pensando, aconteceu há alguns dias atrás, mas ñ deu p/ comentar. Mágico! \o/

      Excluir
    3. Sim, o Amor está no ar..... :D

      Excluir
  4. Sim esta no ar, e chega ao coração de cada uma de nós, por isso não me surpreendo mais ,qdo leio um depoimento, ou um comentário, que são exatamente o que sinto, parece que alguém leu meu pensamento rsrsr... estamos em sintonia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O amor e a energia de Michael trabalham como um maestro, direcionando nossos pensamentos e sentimentos em uma única corrente.

      Excluir
  5. Então, Lady, você captou o pensamento de todas nós que acompanhamos este trabalho maravilhoso e cheio de amor que a nossa "guru" Rosane faz em relação ao nosso anjo. Aqui, é mostrado como a própria Rosane diz, o que a mídia não mostra: o verdadeiro Michael, simples em suas atitudes para com aqueles que
    estavam ao seu lado, atencioso e por isso mesmo amado, pelos
    que viam a pureza da sua alma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse sentido, a Internet é uma bênção.. ainda há pouco eu refletia sobre como me faltava informações antes disso.. estava me lembrando de quando Michael apareceu com seu álbum Bad, eu levei um susto por vê-lo com a pele branca, eu não sabia o que era vitiligo, e a midia não falava a verdade... e não havia internet.

      Excluir
  6. Sabe que lendo esse depoimento eu me senti no lugar de Marie Claude e me vi tomando conta daquele macaco, sentando na cama de Michael, tendo o privilégio de ouvir a sua voz, ver o seu sorriso, sendo alvo da sua confiança...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ..e vê-lo andando somente de meias.... ♥

      Excluir
  7. Vê-lo andando somente de meias deve ter sido o máximo para Marie
    Claude, não podia haver nada de mais íntimo que isso, era como se estivesse em casa vendo seu irmão andando de meias. Que lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, foi assim que eu também imaginei.

      Excluir
  8. ♥ Um sonho real e inesquecível! ♥

    ResponderExcluir
  9. Amei o depoimento dessa garota Rosane,

    É incrível como o sonho dela se tornou uma linda e maravilhosa realidade. Parece que Michael tinha um "feeling" pra alcançar corações que ansiavam sinceramente apenas estar perto dele.
    Já li muitas histórias que você mesmo postou aqui desses encontros inesperados e tão desejados por tantos e de repente tornaram-se realidade.
    Que privilégio ser babá desse bichinho e ver o quanto Michael valorizou esse gesto.
    Muito lindo ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angel, eu acredito que essas pessoas estavam destinadas a conhecer Michael, e depois desses anos todos, encontrar uma forma de tornar público essas histórias lindas. É a colheita do nosso anjo!

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line. [Rosane, admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...