Peter Freestone

Michael, Freddie e John Deacon da banda Queen
''A primeira vez que eu me encontrei com Michael Jackson foi nos bastidores no The Forum em Los Angeles, no início de julho de 1980. Ele foi ao show do QUEEN à noite e chegou a ver a banda depois.

Ele passou um tempo com John Deacon [baixista da banda] e eles falaram sobre Another One Bites the Dust, a qial Michael disse que deveria ser um single. Ele também passou um tempo com Freddie. Ele tinha 22 anos e era como um adolescente animado. Ele realmente tinha gostado do show e ainda estava animado sobre isso.

Michael e seus irmãos assistem o
concerto do Queen no The Forum em 1980 


  

Com Brian May da banda Queen
A próxima vez foi um par de anos mais tarde, quando Freddie tinha sido convidado para a casa de Michael em Encino, ao norte de Hollywood. Chegamos na casa, passamos por uma torre de segurança no portão. Saímos do carro em direção a uma mansão estilo Tudor com tijolos no nível inferior e estuque branco e vigas de madeira acima.

Michael veio para nos saudar com um grande sorriso, obviamente orgulhoso de sua casa. Antes que pudéssemos ir, ele insistiu para acompanhá-lo em um passeio pela propriedade. Eu nunca vou esquecer de Freddie Mercury andando sobre o barro, vestindo jeans branco e tênis branco, conversando com as lhamas!

Fomos apresentados a todos os animais e levados para um lago onde Michael tinha cisnes. Michael tinha um verdadeiro amor por esses animais e aves; eles eram parte de "sua família", como os amigos de Freddie faziam parte da sua.

Michael nos levou para dentro da casa. Eu não sei quantos quartos havia nele. Eu sei que Michael vivia lá com sua mãe Katherine, suas duas irmãs, Latoya e Janet e havia quartos para hóspedes para alguém que precisasse ficar.

À medida que entramos no quarto de Michael, fiquei impressionado com três coisas, que deram uma visão a respeito de Michael... Ao redor de toda a sala até o chão estavam seus prêmios de ouro e platina para Thriller. Eles, obviamente, significava muito para ele, ele os mantinha perto, mas ele não tinha necessidade de mostrá-los ao mundo, ele não tinha necessidade de mostrar a todos o quão bom ele era.

A segunda coisa foi o grande terrário ao longo de uma parede, abrigando a sua cobra. Muito tem sido feito na imprensa sobre esta criatura favorita e ela estava no quarto de Michael, mas sob pesadas tábuas de madeira, presas no lugar com muitos tijolos. Ele pode ter sido um "amigo", mas a guardava com muita segurança.

A terceira e última era - no meio da sala havia um colchão tamanho King no chão.

Freddie perguntou para Michael, ''Onde está a cama? Você tem dinheiro suficiente para comprar uma!"

A resposta de Michael foi, "Quando eu durmo, eu gosto de dormir perto da terra.''

"Mas estamos no primeiro andar!" replicou Freddie.

Passamos através de muitas salas, incluindo uma sala de cinema que tinha uma vasta biblioteca de filmes onde eu assisti a um deles, enquanto Freddie e Michael trabalhavam juntos com Janet.

Outra situação maravilhosa foi quando Freddie estava no banheiro - Michael levou-me para sua sala de jogos de vídeo e jogamos a primeira versão do tênis de mesa. Havia dois jogadores, um preto e outro branco. Nós começamos a jogar e Michael foi quem apontou que estávamos a jogar as cores opostas - "Eu estou jogando o branco e você está jogando o preto!"

No caminho para o estúdio na parte de trás do piso térreo, fomos levados até a cozinha, onde fomos apresentados a Katherine, mãe de Michael. Ela foi muito gentil e hospitaleira. Quando Freddie pediu um cinzeiro, ela providenciou a tampa de um frasco, visto ninguém fumar naquela casa.

A trilha gravada por Michael em State of Shock só precisava de um outro vocal, o que Freddie felizmente forneceu. Quando eles terminaram ele realmente só precisava da mixagem, mas infelizmente após esta sessão, o tempo foi o inimigo e Freddie e Michael nunca tinham tempo livre juntos, então Michael chamou Mick Jagger para colocar seu vocal sobre isso e ele foi lançado nesta forma.

O próximo era sobre uma peça na qual Freddie estava trabalhando naquele momento. Havia uma melodia de piano e Freddie tinha vindo acima com algumas palavras. Freddie se sentou ao piano e deixou Michael tentar o canto. Onde não havia palavras escritas, Freddie disse para Michael improvisar, o que ele fez com palavras falando sobre o amor.

Michael, então, pediu alguns alimentos para todos nós. Havia aquelas grandes travessas de carnes frias, saladas, pão e frutas. Nós começamos, mas Michael não tocou em nada, visto ele ser vegetariano estrito no momento, e só teria comida feita por sua mãe.

O trabalho foi começado em uma terceira faixa com o título de Victory. Havia apenas um técnico no estúdio. Não havia instrumentos nem músicos. Freddie e Michael trabalharam da mesma maneira. No início de uma trilha precisaram de uma faixa de bateria para manter o ritmo e então adicionaram a música e os instrumentos para isso.

Michael teve uma idéia inteligente para a batida de bumbo. Ele e Freddie estavam na sala de controle com o técnico e eu passei cinco minutos batendo a porta do banheiro no momento perfeito!! Em algum lugar dos cofres de Michael há uma fita que me inclui!!

O estúdio era um local de trabalho tanto para Freddie quanto para Michael, mas vê-los... você também pode imaginar duas crianças em uma sala de jogos. Ambos jogavam as mãos no ar para cair na gargalhada quando qualquer um deles cometia um erro, mas realmente foi um negócio sério demais.

Pensando agora sobre este tempo, assistindo esses dois mestres de seu ofício juntos em um só lugar, fazendo esta música juntos, me dá arrepios.

Quem foi Michael Jackson para mim? Eu conheci um rapaz bonito. Ele e Freddie tinham muito em comum. Ele estava confiante, e já era um músico incrível e performer. Ele era um técnico engenhoso e um ser humano atencioso. Ele nunca me tratou de forma diferente da forma como tratava Freddie. Ele pensava nas outras pessoas em situações, embora pudesse não ter tido nada a ver com elas.

Nas poucas conversas que tive com ele, eu tenho a impressão de que ele tinha poucos amigos. Ele estava trabalhando quase todo o tempo e tinha muitas conexões profissionais e associados. Talvez ele já fosse um pouco solitário, tendo que ter tanta segurança nesta idade e ter que recorrer, trazendo para dentro de casa qualquer entretenimento que alguém da sua idade poderia conseguir do lado de fora.

Ele era apenas três anos mais novo que eu, mas ainda não tinha crescido! Ele ainda queria tanto das coisas simples para trazer-lhe a felicidade, mas encontrou um pouco de paz com seus animais.''

by Peter Freestone
*Assistente pessoal de Freddie de 1980 até 1991

Fonte: http://montreuxmusic.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...