Lenny Kravitz


Uma entrevista do cantor norte-americano
Lenny Kravitz a Piers Morgan em 2011

Piers Morgan: De todas as coisas que você já experimentou em sua carreira e vida extraordinária, se eu pudesse dar-lhe cinco minutos para repetir um deles novamente, o que seria?

Lenny Kravitz: Um momento na carreira, uau... Você sabe, eu tive tantos onde eu tive que me beliscar... Provavelmente produzindo Michael Jackson. E tem havido um monte de grandes momentos, mas isso foi algo extraordinário.

PM: O que o fez tão extraordinário?

LK: Bem, o fato de que eu não estaria aqui hoje se eu não tivesse visto o Jackson 5, quando eu tinha 6 anos de idade. Esse foi o primeiro show em que eu já estive, meu pai me levou ao Madison Square Garden para vê-los.

E isso mudou tudo. O universo era um lugar diferente no dia seguinte, eu estava absolutamente deslumbrado com a música, o talento, toda a experiência.

E aqui estou eu, no estúdio, eu escrevi uma canção para Michael e ele está ali a dizer-me: 'Eu quero fazer isso exatamente do jeito que você o vê, então me pare toda a vez que não estiver sendo o caminho que você quer e nós estamos apenas começando a entrar nisto, trabalhando em conjunto e passando uma semana juntos no estúdio'' e foi simplesmente inacreditável.

PM: Que tipo de homem era ele? De verdade.

LK: Primeiro de tudo, apenas uma pessoa linda, extremamente profissional, um perfeccionista. Com toda aquela paixão de todos aqueles anos do passado. Ele trabalhava durante todo o dia e noite, voltava no dia seguinte, durante todo o dia e noite.

Um grande pai, ele era incrível com seus filhos - eu passei um tempo com as crianças e todos nós estávamos no estúdio, para onde eles vinham, e nós todos saíamos juntos, ele era um pai muito bom. E ele era engraçado! Muito engraçado, ria o tempo todo... E ele poderia comer mais do que você pensa.

PM: Ele era um talento incrível.

LK: Sim, o maior de sempre, eu concordo com isso.

PM: Como você se sentiu quando soube o que tinha acontecido com ele?

LK: Eu fiquei obviamente arrasado. Eu soube quando estava no palco, na Escócia, enquanto eu estava me preparando para sair e eles me disseram, e eu tive que sair. É muito triste, eu estava realmente ansioso pelo seu retorno e vê-lo atuar naqueles shows. Mesmo que eu soubesse... uau... 50 shows, isso é muito sério.

PM: Você pensa em Michael Jackson como ter sido o melhor?

LK: Claro, você não pode alcançá-lo. E as pessoas pensam sobre Michael Jackson em sua carreira solo, a qual obviamente é fenomenal, mas o gênio mais profundo que eu vi dele foi quando ele era uma criança; ele era uma criança que cantava com a mesma talento e intensidade para o soul de Aretha Franklin ou James Brown ou qualquer grande vocalista.

Entrevista legendada em italiano



Fonte: http://alchrista.tumblr.com

14 comentários:

  1. Uau! não conhecia essa entrevista.
    Grande Lenny e que surpresa saber que os Jacksons 5 foi quem inspirou a ser músico, muito legal ele dizer isso.
    Michael sempre marcando os melhores momentos da vida de tantos músicos notáveis e que o próprio Michael soube reconhecer.
    Amei a entrevista Rosane.
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um lindo fim de semana para vc, angel! :)

      Excluir
  2. Michael é e sempre será um exemplo a ser seguido por todos na música. Sua história, talento, capacidade de inovação, criatividade e profissionalismo são praticamente impossíveis de serem igualados, quiçá, superados. Daqui 100 anos ele ser referência. Assim como Elvis. Tenho muito orgulho de ter sido escolhida para ser sua fã.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc me lembrou uma frase que eu li em um texto...'' nós não escolhemos ser fã de MJ.. nós somos escolhidos.''

      Excluir
    2. Verônica, assino embaixo das suas palavras... perfeito!
      Rosane, amei a frase!

      Excluir
    3. É um privilégio sermos verdadeiros fãs do anjo! :)

      Excluir
  3. Amei a entrevista.. Uau! Sou fã incondicional... Michael.. o anjo!

    ResponderExcluir
  4. Eu tive a sorte de também ser escolhida, o amor de Michael por nós
    era sincero, ele nos protegia e defendia.

    ResponderExcluir
  5. Eu também não conhecia essa entrevista. Amei!! O Lenny Kravitz falou muito bem sobre o nosso anjo como artista e como pessoa.
    Gosto muito do Lenny e de sua guitarra e amei a música "(I Can't Make It) Another Day" incluída no CD "Michael". Mas eu gostaria muito que Michael estivesse vivo e que eles fizessem um vídeo bem bacana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem depoimentos como esse que a gente sente a sinceridade, mesmo. Hoje eu estava escutando ''Another Day'' e dei ''repeat''várias vezes, amo aquela música.

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line. [Rosane, admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...