''Pessoas que vale a pena conhecer''


Texto publicado pelo site de educação Zen College Life
em sua série ''Pessoas que vale a pena conhecer''

''Você tinha Sinatra nos anos 40, Elvis nos anos 50, os Beatles nos anos 60, e nos anos 80 e 90 você tinha Michael Jackson. O Rei do Pop, Michael Jackson pode muito bem ser o maior artista da nossa vida. Entrando na ribalta em 1964, com a idade de 6, Michael entreteve milhões de todos os cantos do globo por meio século.

Suas contribuições para a cultura pop e da sociedade são infinitas, variando de mudar o mundo da música e dança para iniciar a Fundação Heal the World. Seu álbum Thriller continua a ser o álbum mais popular do mundo, tendo vendido mais de 750 milhões de cópias.

Não apenas um artista, Michael era um apaixonado humanitário, e muitas vezes ele expressou sua paixão em suas letras. Em músicas como We Are The World e Man In the Mirror, Michael falava diretamente aos corações das pessoas e fazia fortes declarações sobre a necessidade de unidade, compaixão e paz entre os homens.

Ele fundou a Fundação Heal The World em 1992, através do qual ele transportou 46 toneladas de suprimentos para Sarajevo e doou milhões de dólares para causas beneficentes, lançando singles de caridade e apoiando 39 outras instituições de caridade. Em 2000, foi citado com o recorde mundial de "A maioria das instituições de caridade apoiada por um Pop Star".

Independentemente de qualquer e todas as alegações propostas contra Michael, não se pode negar que ele trabalhou duro para melhorar o mundo o qual ele viu com tantos problemas. Ao contrário de muitos de nós, desejando que as coisas melhores não eram o suficiente. 

Michael viu o mundo e não apenas pelo o que era, mas pelo o que poderia ser, e por causa disso ele passou a vida inteira usando seus dons e habilidades para mudar o mundo. Michael é um testamento para a quantidade de diferença que um homem pode fazer, quando ele realmente se dedica.

Em meus anos de juventude, Michael era tudo o que eu queria ser; ele era estiloso, ele se vestia de forma irada, ele dançava como uma estrela, ele era tudo o que todo mundo queria ser. À medida que eu crescia, percebi que ele era muito mais do que apenas uma estrela, Michael era um herói.

Você poderia dizer de tudo o que ele fez e a quantidade de trabalho que ele deve ter colocado em dia sim, dia não. Ele tomou sobre si mesmo para fazer a diferença, uma ideia da qual que muitos de nós se esquecem, sobre a vida poder ser dessa maneira. Michael nos lembra todos os dias do poder que temos de fazer a diferença no mundo.

"Se você quer fazer do mundo um lugar melhor, dê uma olhada em si mesmo e, em seguida, faça uma mudança."

Obrigado por dedicar a sua vida para nós! Sentimos a sua falta!''

Fonte: http://www.zencollegelife.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...