Dave Navarro


''Eu recebi um telefonema da equipe de Michael Jackson e ele queria que eu me apresentasse com ele para a Convenção Nacional Democrata aqui em Nova York, no teatro Apollo, para o presidente Clinton. É claro que eu agarrei a chance de fazer isso!

Literalmente, nós saímos do ar e foi uma experiência incrível. Ele foi, provavelmente, um dos artistas mais doces e humildes que eu já conheci - e eu já trabalhei com muitos!

Ele era tão humilde e ficava me agradecendo por fazer isso, como eu estivesse fazendo uma grande favor para ele. Eu realmente tive a chance de olhar para a sua ética de trabalho e ver o quão perfeccionista ele era.

Fizemos um ensaio em Los Angeles, que foi incrível. Era o tipo de coisa onde você imagina que seria deixado para os coreógrafos e, em seguida, Michael aparece durante a noite.

Há um momento em que eu deveria fazer um solo de guitarra e ele queria que parecesse que eu estava perdido no momento. Eu continuei fazendo o meu solo e ele estava tentando me fazer parar, mas eu estraguei.

Mas ele foi muito sincero e gentil e era como "Ok, eu vou chegar e tocar em você e você vai pensar que eu quero que você pare, mas eu quero que você continue. É apenas parte do show. Eu não quero invadir o seu espaço, eu estou fazendo isso para o show."

E eu era como "Sim, eu entendo isso, não há problema."

Então, isso foi algo grande e bonito.''

by Dave Navarro (guitarrista)









*Em 2009, Navarro voltou a lembrar de sua atuação com Michael como "um momento de vida surreal para mim. Olhando para a esquerda, eu via Michael Jackson e olhando bem à minha frente, estava o presidente Clinton.''

*Depoimento editado a partir de uma entrevista

Fontes:
Entrevista fonte original: http://gothamist.com
Créditos: UK Loves MJ


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...