Entrevista com Dieter Wiesner (5/5)


Entrevista concedida por Dieter Wiesner em 2010 
para o fórum Jacksonvillage [by Been Told]

Dieter fala sobre o momento em que Michael morava em Las Vegas, pouco antes dele se mudar para Los Angeles.

''Aqueles tempos foram muito difíceis para ele. Quando ele saiu de Las Vegas, ele teve que arrumar sua bagagem por conta própria. Não havia ninguém por perto. E então, houve o problema com a empresa que comprou Neverland.''

''Eles trouxeram-lhe aquele Tohme e Michael não sabia que Thome trabalhava para essa empresa. Ele foi assessor de Michael e disse-lhe para vender seu rancho para esta empresa, a fim de evitar que ele tivesse que enfrentar um leilão. E após isso, aconteceu a conexão com Philips (da AEG Live) e disseram para Michael de forma bastante clara: ''Faça os concertos ou o rancho já era.''

Eu fiquei chocado. Dieter Wiesner foi a primeira fonte de graves declarações. Eu li algo parecido em vários artigos, mas eu ainda não acreditava neles. Por um momento, fiquei sem palavras. Então, eu perguntei como Michael pensou sobre isso - como ele pretendia lidar com isso.

Michael estava chateado. Ele queria se despedir com os 10 concertos - como ele sempre havia dito. Mas eles (AEG Live) os vendeu como um retorno. Não era um retorno para Michael, era o seu adeus a respeito de sua carreira musical.

''Ele só estava preparado para dar, no máximo, 10 concertos e era isso. A coisa toda foi segurada. Ele nunca concordou com 50 shows, então ele teria realizado apenas o número original de concertos."

Assim, é correto dizer que This Is It foi apenas um constrangimento para Michael? Ele não desejava mais se apresentar?

"Quando ele concordou em fazê-lo, ele queria fazer isso direito. E ele realmente queria mostrar para seus filhos como se poderia sentir, quando ele se apresentava no palco. Como as pessoas reagiam e assim por diante. E ele queria dizer adeus a seus fãs. Mas isso não é a coisa toda."

Michael estava, ao menos, satisfeito com a execução dos ensaios?

"Nem um pouco. O show não estava tão completo como teria que ser. Eles não estavam em posição de começar a tempo. Como eu disse, o show estava incompleto. Os figurinos estavam incompletos. Nem mesmo os contratos de merchandising estavam assinados! E Michael não tinha o controle sobre a organização, o qual ele normalmente teria.''

Ele não tinha mais passe livre como nos primeiros shows?

"Não, o que era totalmente frustrante para ele."

É possível que esta situação o levasse a tomar medicamentos? Que esta situação causasse um tipo de vício?

"Os fãs devem saber de uma coisa. Michael não era um dependente de drogas. Claro, houve momentos em que ele tomou analgésicos, nos anos 90 e durante o julgamento. Ele também teve que tomar remédio para aliviar a sua dor. Mas aqueles eram analgésicos. Este médico tinha lhe dado um anestésico. Isto é absolutamente um outro tipo de história!"

Nos meios de comunicação, você pode ler claramente que Michael era viciado em medicamentos / drogas, de modo que muitos fãs tem isso como uma questão de fato. Isso é errado?

"Absolutamente. Michael não era viciado em medicamentos ou drogas. Claro, os fãs ouvem isso repetidas vezes. Eles ouvem e o perdoam porque o amam. Mas não há nada a perdoar - da mesma forma como ele nunca foi assim!

Você deve saber, existem alguns médicos - e eu tenho alguns de seus nomes em minha mente - eles vêm para você e dizem: 'Ah, você não se sente bem? Eu tenho algo para você e você vai se sentir melhor. Não é grande coisa.''... ''Você não pode dormir? Aqui, tome isso. Você vai dormir bem. O sono é importante!"

Michael não era forte o suficiente para recusar?

"É preciso não esquecer as coisas com as quais este homem tinha lidado durante a sua vida. Ele era uma pessoa tão sensível, vulnerável e orgulhosa - no bom sentido. E ele tinha sido humilhado e ridicularizado por todo mundo. E, no final, ele estava sozinho. Ninguém estava lá ao seu lado. A melhor pessoa entre nós fraquejaria [se estivesse no lugar dele].''

Como você se sente sobre a morte de Michael, hoje?

"Você sabe, eu ainda não reconheci isso no meu coração. Você não pode compreendê-lo realmente. Este grande ser humano, feito de tanto amor. E ele não está mais aqui...''

Dieter Wiesner faz uma pequena pausa.

"Eu sempre olho para suas fotografias, ou ouço as mensagens que ele me deixou ao longo dos anos. E eu simplesmente fico chateado. Ele foi usado de A a Z e deixado para baixo. É apenas incompreensível.''

O que Michael diria sobre a situação atual? This Is It, as crianças, a família?

"Se Michael soubesse que iria partir nesse momento, ele teria planejado a custódia de outra maneira. Em qualquer caso, é de acordo com seu desejo de que ele irá, obviamente, fazer história como músico e artista, não apenas com os escândalos. [O filme] This Is It nunca teria conseguido a sua permissão, na forma como eles fizeram isso. Michael teria sido absolutamente contra isso."

Haverá um livro por Dieter Wiesner?

"Eu gostaria, mais do que qualquer outra, ter trocado uma última palavra com Michael. Tenho tantas gravações de nossas conversas, etc eu poderia provar qualquer coisa que eu digo e eu gostaria de definir muitos registros em linha reta, dando nomes. Estão circulando tantas mentiras, lá fora. E Michael não estaria totalmente feliz, se todas essas mentiras prevalecerem até o final.''

Há planos concretos?

"Eu não sei ainda. Para ser franco, quanto mais eu penso sobre isso, mais eu me sinto à vontade para fazê-lo. Quero dizer, eu posso dizer nomes. Eu poderia revelar muitas coisas, só para dizer a verdade. E eu sei que este seria o espírito de Michael.''

Olhei para o meu relógio naquele momento e eu notei que passamos mais de três horas juntos, conversando. O planejado foi apenas uma hora. Mas Dieter pareceu-me como se ele também não tivesse percebido o tempo. Seu telefone tocou e ele teve que responder a uma ou a outra chamada, mas não havia pressa.

Eu terminei a conversa com relutância e comecei a me despedir. Sr. Wiesner levantou-se e me mostrou mais algumas coisas. Por exemplo, este enorme livro - Afrika - de Leni Riefenstahl. E antes que você grite agora - o pai de Dieter era judeu.

Este foi um presente para Michael dos mágicos Siegfried e Roy. O livro é realmente muito, muito grande e de edição limitada A cópia de Michael é o número 8. E as fotos dentro são realmente de tirar o fôlego.

Outro livro que ele me mostrou foi: Michael Jackson - King Of Pop - The Legend. Não é um título humilde!

"Isso foi ideia de Michael. Ele desenhou a capa e o título exatamente dessa forma."

Este livro é um tipo de protótipo e o efeito gravado na tampa não teve muito destaque. Quando eu lhe perguntei que tipo de livro que deveria ser, ele disse:

''Michael queria escrever um livro sobre sua vida. E é aí que ele queria colocar imagens lindas e impressionantes, que ninguém nunca tinha visto antes. Desde a sua infância até hoje. E era muito importante para ele. Ele queria trazer à luz todas as coisas que aconteceram com ele. Como ele disse: 'as coisas boas e as coisas ruins.'

E isso confirmou a impressão que eu sempre tive sobre Michael. Silencioso como ele era sobre seus feitos humanitários - ninguém doou tanto dinheiro como ele fez - e sobre como ele era confiante sobre suas realizações na indústria da música.

E ele tinha todo o direito de se orgulhar. Qual é o preço mais elevado que pode ser pago pelo sucesso, do que perder a própria infância, a liberdade, a vida privada e, no final, infelizmente, a própria vida? Michael, sentimos sua falta.''

Fontes:
http://mjklub.com
http://mjthekingofpop.wordpress.com


28 comentários:

  1. Seria perfeito se michael tivesse dando uma continuação a sua autobiografia. Um livro sem especulações e mentiras seria uma leitura muito agradavél. É tão triste ler sobre como ele sofreu em this is it, eles não tiveram um pingo de respeito com o michael. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma segunda autobiografia contando tudo, tudo, tudo... seria maravilhoso, e aposto que algumas pessoas não iriam gostar.. será que elas sabiam dos planos de Michael, nesse sentido?

      Excluir
    2. É..... Rosane, eis a questão ou melhor será esta a questão?
      E se essas pessoas faziam ideia dos planos dele, então começo a tirar minhas conclusões, será q Michael, sabia demais, agia demais, influenciava demais e incomodava demais??????

      Excluir
    3. Pode ser que sim rosane, afinal tantos livros foram lançados sobre ele , michael tinha o direito de expor suas verdades!

      Excluir
    4. Os bastidores da vida de Michael é um quebra-cabeças onde faltam muitas peças.[eu me refiro às pessoas que estavam mal intencionadas a respeito dele].

      Excluir
  2. Oi... ainda estou digerindo e refletindo sobre esse assunto, estou sem palavras!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom... essa entrevista chegou ao fim. Não vou tomar posição formal sobre Dieter. A minha ideia foi traduzir a entrevista, trazê-la para cá, para que cada leitor forme sua própria opinião.

      Eu agradeço a todos os leitores que interagiram comigo, nessas cinco partes da entrevista.

      Excluir
  3. Boa noite Rosane,parte o coração saber que o Michael foi usado.os concertos eram pra ser a despedida dele dos fãs,mas acabou virando sofrimento,humilhação e custou a vida dele.lamentável

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Natália. Sim, essa parte final da entrevista é triste, mesmo.

      Excluir
  4. Ok então, obrigada vc por nos manter bem informadas e atentas a tudo q diz respeito ao Michael!

    Da minha parte acho importante q vc nos exponha à estas histórias, para q saibamos como defende-lo diante das críticas, q sempre nos deparamos por aí afora.

    Essas revelações são muito perturbadoras, e quanto ao Dieter, só acho q ele não faria denuncias sérias como essas levianamente, a troco de quê ele iria se comprometer assim?
    Se bem q essa entrevista já faz algum tempo e parece q não deu em nada, ou será q deu? Sei lá!

    Tenho opinião formada a esse respeito há algum tempo, porém não vêm ao caso dizer aki, pois não tenho o poder de mudar nada, mas espero q se existem pessoas q tenham essa condição, q com o decorrer do tempo consigam fazê-lo!!!

    JUSTIÇA SEJA FEITA EM NOME DE MICHAEL, ELE MERECE PELO MENOS ISSO!

    THIS IS IT .... ou mais ou menos isso!!!

    Bjos! Boa noite! *--*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, angel, e obrigada por participar!! *--*

      Excluir
  5. Oi... Heroína do Mike!

    Tenha certeza de que é sempre um prazer estar aki!

    ResponderExcluir
  6. Rosane, sim vc é uma heroína!
    Sabe q agora q me dei conta de tudo q eu falei, vc é uma dessas pessoas q já estão fazendo algo p/ mudar essa história, pois através do seu blog, quantas pessoas passaram a conhecer, gostar e propagar a verdadeira história do Mike.
    Inclusive eu q já o admirava, porém boa parte do q sei hoje sobre ele devo à Vc, mesmo q discretamente já consigo contar à algumas pessoas, um pouco do que tenho aprendido aki! \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lady, eu agradeço, de verdade, a tua consideração. Eu fico realmente contente em poder contribuir, levar aos fãs matérias relevantes, depoimentos que emocionam, informações sobre o real Michael Jackson.
      Eu faço o que está dentro do meu alcance. E peço a Deus que me permita continuar dispondo do meu tempo livre para me dedicar às pesquisas e traduções de todo esse material. Enquanto Ele permitir, vou sim, continuar por aqui. Bjs e obrigada pelo carinho.

      Excluir
    2. Completando: é importante, sim, falar às pessoas ao nosso redor sobre o real Michael. Isso faz a diferença.

      Excluir
  7. Oi amiga,
    tô cansadinha hoje nem sabes, mas quando vi pelo celular a última parte da entrevista, cheguei em casa e vim correndo pra cá.

    Prometo não escrever um tratado como da última vez e nem quero comentar sobre AEG e companhia e a forma desrespeitosa e desumana que trataram Michael.
    O que quero destacar aqui é algo que sempre não apenas senti mas de tudo que já li e pesquisei sobre Michael eu nunca acreditei que ele foi um viciado. Foi " redentor" pra mim ler as palavras de Dieter com tanta convicção de que Michael não era um dependente de drogas. E é claro que ele precisou tomar analgésicos e medicamentos pra dormir, coisas que qualquer pessoa faria em certos momentos da vida em casos de absoluta necessidade, quanto mais ele.
    Eu creio que aos poucos as mentiras sobre Michael cairão por terra porque não terá mais sustentáculo e a verdade vai aparecer límpida, clara e crua. Muitos vão chorar por tudo que fizeram a ele.

    Obrigada angel por mais esse post ( definitivamente você mora no meu coração).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, amiga.. eu posso imaginar o quanto vc chega cansada em casa, sei que o teu trabalho é bem árduo! Olha, eu amo ler os teus ''tratados'' rsrs é um sinal que vc está envolvida na leitura e análise dos depoimentos.
      Eu também senti esta ''redenção'' quando Dieter falou sobre os remédios, embora a gente já saiba, é claro, mas SEMPRE é bom ouvir de novo. Dieter nos apresentou uma visão muito positiva de Michael, foi o que me deu disposição para fazer essa tradução. Amiga, um grande abraço e obrigada por estar sempre aqui, com a gente! *--*
      [Ps: você também mora no meu coração!!]

      Excluir
  8. Nossa seria uma delícia uma outra auto-biografia do MJ. Certamente seria "Best Sales" por um longo tempo! Quando leio essas entrevistas sinto uma falta do MJ e aperto no coração! Assino em baixo do q todos, ou melhor TODAS...comentaram aqui.
    Rosane foi é "The Best"! rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O coração sempre aperta, não é, Mayara? Nós não podemos ter o nosso anjo de volta, mas sabemos que ele está bem amparado no mundo espiritual. Eu também sinto muita, muita falta dele nesse mundo. A ponto de doer.
      Bjs.

      Excluir
  9. Oh, eu adorei esta entrevista....

    Existe uma frase que diz que o Mal ainda prevalece em nosso mundo porque os BONS são muito tímidos. O dia em que os homens de bem resolverem ser mais ousados - isto mudará.

    Se este amigo de MJ pensar sobre isso - ele escreverá este livro sobre ele, colocando uma pá de cal sobre tanta maldade que cercou a vida de Michael.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carmina! Vc me lembrou outra frase:
      ''Para que o mal triunfe basta que os bons fiquem de braços cruzados.'' [Edmund Burke]

      Eu já publiquei outras histórias de Dieter neste blog, extraídas do seu livro em alemão

      '' Michael Jackson: Die Geschichte Wahre ou Michael Jackson: A Verdadeira História.''

      Eu encontro essas histórias na internet, nos fóruns e sites estrangeiros. Não tenho esse livro, e me pergunto o que mais tem de revelador que ele possa ter escrito.

      Excluir
  10. Nossa, esta foto de Michael me deixa de coração apertado. Ele não ter podido realizar o sonho de mostrar o trabalho dele no palco para os filhos e os fãs, é incompreensível. Esperamos tanto por este momento, sem sabermos que Michael, na realidade, passava até por humilhações, já não o respeitavam, mas ele continuava grande e com certeza teria feito um grandioso espetáculo para fechar a boca dos gananciosos, para isso os fãs lhe foram fiéis esgotando a compra de todos os ingressos em poucas horas. Muito triste tudo ter terminado daquele jeito. Que loucura!

    ResponderExcluir
  11. A despeito de todos os altos e baixos, Michael nunca mudou a sua postura para com as pessoas, incluindo seus fãs. Nunca perdeu sua humildade, que é uma de suas virtudes mais lindas. Uma alma iluminada.

    ResponderExcluir
  12. É por isso que não gosto da representação que fazem de This Is It, e principalmente com a declaração, “O show que o mundo não viu”. Com um pouco de sensibilidade podemos ver que Michael estava feliz justamente porque não foi o que ele sonhou. Na verdade This Is It é sinônimo de muito sacrifício e abnegação e uma tentativa desesperada de salvar o pouco que restou depois do complô para destruí-lo iniciado em 2003 com aquela família horrível que o acusou. Eu não consigo me sentir feliz vendo o rostinho dele emagrecendo a cada ensaio e os olhos cheios de uma tristeza de dar dó. Eu ainda tenho fé que haverá uma reviravolta na história, e embora ele não esteja aqui mais, o nome dele será lavado e os falsos amigos que o empurraram se aproveitando da situação sentirão vergonha e remorso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem vinda ao blog, Mamelia.

      É, aqueles olhinhos tristes em This Is It dá um aperto no coração da gente, assim como vê-lo perder peso, mais e mais. Com certeza, estava rolando bastante sofrimento por trás dos bastidores.

      Excluir
  13. É Rosane vc ja sabe da minha posição qto a isso, e mais esse depoimento só reforça ainda mais, É como disse nossa amiga Lady logo acima, e ja penso nisso a muito tempo, Michael incomodava demais e influenciava demais sim, em This is it, oque pega mais e mais e da um nó no peito é a hora em que ele pede desculpa por estar poupando sua voz, e tb qdo ele encoraja a guitarrista a dar notas altas, ele diz ' é sua hora bilhar 'não tenha medo estou com vc... isso doe muito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E pensar que vamos ter que conviver com esses sentimentos ao longo de toda a nossa vida..

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line. [Rosane, admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...