O álbum ''Off the Wall''

Na gravação do álbum Off the Wall
Michael Jackson iniciou a gravação do álbum Off the Wall em 04 de Dezembro de 1978, em um processo que consumiu sete meses de trabalho. Entre os colaboradores, a presença do produtor musical Quincy Jones e o engenheiro de som Bruce Swedien.




Ele recebeu críticas positivas por sua performance vocal no álbum e, com ele, se tornou o primeiro artista solo a ter quatro singles do mesmo álbum chegando ao Top 10 da Billboard Hot 100

O álbum também foi um sucesso comercial e, até hoje, recebeu sete discos de platina - só nos Estados Unidos - e vendeu 18 milhões de cópias ao redor do mundo, segundo a revista Billoard [Julho de 2010].

Atualmente, junto com as vendas geradas com a morte do Rei do Pop, a estimativa é 20 milhões de cópias.


Diversos críticos observaram que Off the Wall foi composto por baladas de funk, disco-pop, soul, soft rock, jazz e pop. A mistura de rhythm and blues e discothèque ouvida no álbum causou furor entre o público e a imprensa especializada.

Divergindo dos discos que havia gravado até então pela Motown, Michael abandonou os temas infantis e passou a cantar histórias comuns a jovens como ele, que estava com 21 anos. 

Nas dez faixas do álbum, o astro canta sobre solidariedade, auto-estima, trabalho e relacionamentos; sempre abusando dos falsetes vocais, com timbres moderados e muita sensualidade — artifícios pouco explorados nas gravações anteriores do cantor.

Foram filmados vides para a divulgação dos compactos Don't Stop 'Till You Get Enough, Rock With You e She's Out Of My Life. O conceito dos videos eram pouco ousados, nada comparável ao que o astro produziria nos anos 80 e 90. Ainda assim, contribuíram para o sucesso das faixas. 

Quando a balada She's Out Of My Life foi lançada como compacto, em Abril de 1980, Michael Jackson se tornou o primeiro cantor a colocar 04 músicas de um mesmo álbum entre as 10 mais tocadas, tanto no Reino Unido quanto nos Estados Unidos.

Ao iniciar o projeto Off the Wall, Jackson desejava mais liberdade criativa, algo que não lhe tinha sido permitido nos álbuns anteriores. Jones e Jackson produziram em conjunto o álbum, cujas faixas foram compostas por Jackson, Rod Temperton [da banda Heatwave], Stevie Wonder e Paul McCartney. 

Todas as sessões de gravação ocorreram em estúdios no condado de Los Angeles. As faixas rítmicas e vocais foram gravadas no Allen Zentz Recording, os sopros em Westlake Studio e as cordas no Cherokee Studios, em West Hollywood. 

Após as sessões iniciais, a mixagem de áudio foi feita pelo engenheiro e vencedor de Grammy Bruce Swedien, no mesmo Westlake Studio, e as fitas originais foram enviadas para o A&M Recording Studio, também em Los Angeles.

Uma atenção especial foi dedicada à capa do álbum, que mostra Jackson sorrindo, vestindo um smoking e suas meias características. Seu empresário da época declarou que "o smoking era o plano geral para o pacote e o projeto de Off the Wall. O smoking foi nossa ideia, as meias foram de Michael."

Em 16 de outubro de 2001, uma edição especial de Off the Wall foi lançada pela Sony Records, celebrando os 30 anos de carreira solo de Jackson.

As gravações demo de Don't Stop 'Till You Get Enough e Working Day And Night foram incluídas como faixas bônus. Entre outras raridades, entrevistas com o compositor Rod Temperton e com o produtor Quincy Jones sobre os bastidores das sessões.


O álbum ainda recebeu capa dura de luxo, com uma imagem diferente da original. O encarte de Off The Wall também foi modificado, incluindo fotografias do acervo pessoal do astro.











Fontes:
Imagens do meu arquivo
Fontes diversas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...