LaVelle Smith (02)


Uma entrevista do coreógrafo LaVelle Smith no Brasil

Como você conheceu Michael?

A primeira vez que encontrei Michael estava no set de Smooth Criminal. Fiquei encantando ao vê-lo dançar tão de perto. Ele tinha um nível de dança completamente diferente de todos e colocava o corpo e a alma cada vez que o diretor dizia 'ação'. 

Eu tinha acabado de mudar para Hollywood, cerca de três semanas antes das audições de Smooth. Fiz o teste e consegui o emprego. Não entendi a magnitude daquilo tudo até subir ao palco. Isso mudou a minha vida.

Michael era exigente nas turnês?

Os ensaios eram muito difíceis. Como dançarino de shows, estou acostumado a ensaios duros, mas era mais do que isso. Fazíamos ensaios gerais com o figurino completo três vezes por dia durante seis semanas. O pensamento de Michael era que, se podemos fazê-lo três vezes ao dia, por que só uma. 

Michael gostava de aprender as coreografias lentamente e repetir, repetir e repetir. Ele gostava de fazer os passos sem pensar sobre eles e inseri-los em sua performance. Ele amava os ensaios e lutava para sair tudo perfeito.

Como foi a transição de coreógrafo para amigo do Rei do Pop?

Fiz essa transição sem perceber. Durante os mais de 23 anos de trabalho sempre falávamos abertamente sobre tudo e qualquer assunto. Havia uma relação de confiança e em tratar os outros como você gostaria de ser tratado. Sabíamos que nossos segredos estariam seguros um com o outro e isso é uma sensação incrível para com um amigo. Sinto sua falta profundamente.

O que aprendeu com ele?

Algo realmente importante na verdadeira arte: deixar o ego de lado, trabalhar com todos e ser capaz de aprender. É difícil e ainda estou trabalhando nisso... Sou humano.

Qual o maior legado dele?

Seus filhos, mas para o mundo do entretenimento será a sua música e a maneira como ele revolucionou a dança. Michael mudou a dança e a forma como a dança é vista na face deste planeta.

Conte um momento inesquecível ao lado de Michael.

É quase impossível apontar um momento memorável ao lado de Michael, porque há tantos momentos sérios e outros engraçados. Algo que fica na minha mente é sua euforia quando tinha uma ideia ou um passo de dança. Ele era como uma criança no Natal. Novas ideias eram muito preciosas para ele porque ele sempre acreditou que seus fãs mereciam o seu melhor trabalho. 

E sobre quem ele era realmente, teve uma vez, durante um ensaio em que eu usava um figurino que explodiu no início do número e, sem saber, peguei fogo. De repente vejo Michael correndo em minha direção batendo o fogo das minhas costas. Fiquei deitado olhando a fumaça subir e ele perguntando: 'Você não sabia que estava pegando fogo?.. Nossa, estava mesmo curtindo o momento'. E depois morremos de rir. 

E certa vez fiquei duas semanas no rancho Neverland apenas dançando, com o estúdio aberto por 24 horas. Tudo o que precisávamos estava lá e se ele não estivesse presente, se certificava de que alguém nos atenderia. Ele era o generoso, amoroso, engraçado e ótimo para se estar ao redor. Gostaria que o mundo soubesse que ele era um grande homem

Ele me ensinou que a dança é um dom, e esse dom requer muita responsabilidade. Você tem que compartilhar esse dom, e ele compartilhou comigo o seu dom da dança e da música. Eu tento fazer isso agora com alguém que realmente queira saber.

Como sentiu a perda de Michael?

Perder um ente querido é sempre triste e doloroso e foi devastador. Realmente tive que descobrir a forma adequada de me lamentar e continuar a honrar o seu legado. Michael me deu tanta informação e é um prazer compartilhar o conhecimento. Michael me mostrou como me apresentar no palco e na frente da câmera, e muitas maneiras de abordar a criatividade. Eu sou superabençoado.

Há artistas que imitam Michael no mundo inteiro, o que chamou sua atenção em Rodrigo Teaser?

Ele tem uma coisa que sempre procurei, o talento e o desejo de homenagear Michael da melhor maneira possível, quase lúdica. Sou grato por Rodrigo ter me chamado para honrar a autenticidade que eu trago para seu projeto. A arte de Michael vive em Rodrigo e sei que as pessoas vão se surpreender.

Fonte: http://epoca.globo.com

31 comentários:

  1. Emocionada aqui. "Michael mudou a dança e a forma como a dança é vista na face deste planeta. "Algo realmente importante na verdadeira arte: deixar o ego de lado, trabalhar com todos e ser capaz de aprender. É difícil e ainda estou trabalhando nisso... Sou humano." "Gostaria que o mundo soubesse que ele era um grande homem."
    Minhas partes favoritas. Tenho acompanhado o Rodrigo e sim, ele merece.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo é muito carismático, enfrentou momentos dificeis quando se tentou impedi-lo de trabalhar, algum tempo atrás, e ainda está aí. LaVelle foi um presentão na vida dele.

      Excluir
    2. ...e sim, amei todas as partes que vc citou na entrevista. Importante que essas coisas saiam na imprensa convencional.

      Excluir
  2. Só o conheci quando você o citou uma vez aqui, há pouco tempo. Há covers e covers, mas ele realmente é fã de Michael, respeita, ama e venera. E tenta seguir todos os seus ensinamentos, inclusive a humildade e a ajuda aos que precisam. Mas não sei nada de sua história, Por quê ele foi impedido de trabalhar? Ele parece um pouco desiludido com a indústria do entretenimento e disse que pensa em parar e que o LaVelle seria o máximo de sua conquista e seria um feliz ponto final. Que pena, ele representa MJ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na época em que o show Thriller Live esteve no Brasil, Rodrigo recebeu ameaças de ser processado, caso ele continuasse trabalhando, porque ele não teria ''direito'' de usar a imagem de Michael sem uma ''licença''... apenas para resumir em poucas palavras.

      A origem daquelas pessoas era um tanto obscura, mas parece que partia de um escritório em Londres - não era do espólio.

      Sabe-se que covers atuam no mundo inteiro e Rodrigo chegou a conversar com alguns deles, e eles nunca enfrentarem nenhum tipo de represália nesse sentido.

      Os meses se passaram e eu parei de acompanhar o desenrolar da história, mas ele estava a ponto de entrar com medidas legais - e isso é oneroso e cansativo, estressa emocionalmente. Lembro de Rodrigo citando que estava quase desistindo de atuar por conta dessa situação e lembrou que sempre pagou seus impostos, referente ao que obtinha nos shows. Foi triste acompanhar, espero que tenha tido uma boa solução.

      Excluir
    2. Você sabe se na época em que o Thriller Live veio ao Brasil, o Rodrigo estava fazendo algum espetáculo que pudesse ser uma concorrência ao Thriller Live?

      Será que foi isso que incomodou eles? Haveria um concorrente aqui e eles poderiam não ter o público esperado.

      É uma suposição minha, mas pode não ter nada a ver.

      De qualquer forma, é estranho o que aconteceu, pois nunca havia acontecido nada antes em relação ao Rodrigo e, de repente, quando vem um espetáculo ao Brasil, querem processá-lo assim, sem mais nem menos?

      E, além do mais, eles nem sequer representam Michael oficialmente. Como é que, sabendo que ele é um cover, e obviamente, sendo um cover, ele se apresenta como tal, e não é o único cover de Michael no mundo, alguém não autorizado oficialmente vem e fala que vai processá-lo?

      Muito atrevimento, muita petulância.

      A única explicação que eu consigo ver é: medo da concorrência, ou seja, $$$$$$$$$$$$$$$.

      Mas pode não ter nada ver o meu raciocínio. São hipóteses que a gente levanta para trocar ideias e informações.

      Excluir
    3. É, eu não quis tocar nesse ponto, mas foi muito estranho um escritório inglês se manifestar no momento em que o Thriller Live estava por aqui.

      Desejo de coração que não tenha tido envolvimento, porque sabemos que quem está por trás do Thriller Live é o Adrian Grant.

      Excluir
    4. Sim, me parece que estava rolando algum show do Rodrigo, até porque ele está sempre ativo, não pára, o menino. :)

      Excluir
    5. Nesse caso seria duplamente triste, o Adrian Grant envolvido.

      Excluir
    6. Prefiro acreditar que não tenha sido isso. :(

      Excluir
  3. Nossa que triste. Não vi nada a respeito, mas também não olhei detalhadamente, sabe a falta de tempo, pois é. Acho horrível isso, a falta de tempo. Vou ver se consigo alguma informação. Ora, se não era do espólio, também não tem direito, eu heim! Por quê só ele, porque faz com amor e é bom mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É.. foi muito estranho. Também não guardei nenhum arquivo a respeito, marquei bobeira.

      Preciso sair da net agora. Boa noite, angel, sonha com o anjo!@ :)

      Excluir
  4. Boa tarde angel! :) :) :)

    Respostas perfeitas, verdadeiras e que lavam a alma da gente.

    "Gostaria que o mundo soubesse que ele era um grande homem."

    Amei e agradeço por apresentar e representar Michael da melhor forma possível para o Brasil e o mundo.

    Deus é Pai. Obrigada Senhor, por tudo o que estamos tendo a oportunidade de ver a justiça prevalecer em nome de Michael, independentemente de ele ser um artista, mas, acima de tudo, pelo ser humano que sempre foi.

    :) :) :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, amiga! A verdade sempre triunfa e o que é do mal acaba por se destruir a si mesmo. Vamos estar nessa batalha sempre ao lado da verdade, porque Michael representa um número elevado de injustiças que um ser humano pode sofrer.

      :)

      Excluir
  5. Adorei as respostas dele, demonstrou claramente gostar e respeitar o nosso anjo!
    Michael e seu senso de humor: 'Você não sabia que estava pegando fogo?.. Nossa, estava mesmo curtindo o momento'.
    Amei a frase: "Ele era o generoso, amoroso, engraçado e ótimo para se estar ao redor. Gostaria que o mundo soubesse que ele era um grande homem. "
    Lições de Michael: "deixar o ego de lado, trabalhar com todos e ser capaz de aprender."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, LaVelle está trazendo muitas alegrias para os fãs com sua passagem pelo Brasil.

      Excluir
  6. Encontrei essa explicação: "Ele foi chamado para que eles conhecessem o trabalho dele em uma das audições que tiveram ainda no começo de 2012.
    Chegou a receber um convite para estrear em Julho a montagem original em Londres e depois voltar para fazer a montagem do Brasil. Mas a produção do Thriller Live e ele não entraram em acordo e além de tudo tinha o projeto do This Is It."
    Será vingança pela recusa?

    ResponderExcluir
  7. Boa noite, meninas!

    Primeiramente, quero registrar aqui minha alegria com a presença do LaVelle Smith no Brasil, falando coisas tão belas e verdadeiras sobre nosso anjo!! Várias pessoas me disseram que viram ele e o Rodrigo Teaser no Domingo Legal e gostaram muito. \o/ \o/ \o/

    Sobre o problema do Rodrigo Teaser com o Thriller Live, acredito que foi porque as datas do show Tributo This Is It do Rodrigo foram próximas às das apresentações do Thriller Live no Brasil.

    http://guia.uol.com.br/sao-paulo/teatro/noticias/2013/01/08/musical-tributo-this-is-it-retorna-a-sao-paulo-no-dia-2-de-fevereiro.htm

    Lembro-me que meu amigo professor, fã da Madonna que costuma ir a todos aos shows da Diva em S. Paulo, estava tentando comprar ingressos na Internet e me levar ao musical Thriller Live, mas estava se confundindo com o do Rodrigo Teaser. Infelizmente, por conta de problemas de saúde dos meus pais, eu (talvez) só poderia ir a um dos espetáculos e eu estava optando pelo do Rodrigo Teaser porque, vendo trechos dos dois espetáculos, percebi que ele tem a silhueta muito parecida com o MJ e a agilidade nos passos maior do que o principal bailarino do Thriller Live. No fim, não pude ir a nenhum dos dois musicais, infelizmente. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Regina! :) Obrigada por trazer o link para nós.

      Eu penso que mesmo que as datas coincidissem, eles não teriam o direito de intervir, porque outros covers não sofrem esse tipo de represália - considerando que tenha sido pessoas do escritório dessa equipe que fizeram o que foi contado.

      Eu sinto que vc não possa ter ido a nenhum desses shows, mas talvez vc possa ir a um dos shows do Rodrigo futuramente. :)

      Excluir
    2. Por nada, Rosane. Eu trouxe o link para tentar esclarecer. Esqueci de dizer que também não concordo com a represália que ele sofreu mesmo que as datas coincidissem, e que também não sei se foi por parte do pessoal do Thriller Live.

      Espero que o Rodrigo continue com seu maravilhoso trabalho e que um dia eu possa ir a um dos shows dele. Esse sonho ainda é possível. :)

      Excluir
    3. Eu fiquei imaginando a emoção entre um encontro entre Rodrigo e Michael. ;)

      Excluir
    4. Eu também. Ele disse que era seu sonho e que seu trabalho era motivado por esse objetivo.

      Excluir
    5. Rodrigo disse numa entrevista que gostaria muito de ter encontrado Michael e dar um abraço apertado de gratidão. Por ter tocado a vida dele, por ter mudado a sua direção. Quando MJ esteve no Brasil, ele o seguia 24 horas por dia. E ficou encantado, assistindo aos seus 2 shows aqui, bem de perto, como ele, um único homem conseguia controlar aquelas pessoas todas. E, teve a certeza do que queria fazer, pisar num palco e também encantar as pessoas.

      O engraçado, se não fosse trágico, é que ele esteve sempre muito perto de encontrá-lo. Foi quase selecionado para cantar Heal the World, mas era muito alto, foi aprovado na audição para homenagem ao Michael, mas não conseguiu visto. Imagina o desapontamento dele.

      Acho que MJ ficaria muito feliz de abraçá-lo e conhecê-lo também.

      Excluir
    6. Nesse ponto, Rodrigo nos representa bem, porque nunca conseguimos chegar perto dele, também.

      Gostaria muito que Rodrigo tivesse conseguido realizar este sonho, por merecimento.

      Excluir
  8. Na minha opinião o Rodrigo Teaser é o melhor cover de Michael. Ele simplesmente se transforma e dá um show. Muito gratificante a presença de LaVelle e como ele falou coisas tão lindas sobre Michael.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo com vc, é um grande profissional. Acho que a paixão que ele tem por Michael é essencial.

      Excluir
    2. Sem dúvida, esse é o diferencial dele.

      Sabiam que ele até usa o perfume Bal À Versailles, que Michael adorava, antes de entrar no palco?

      Excluir
    3. Eu não sabia, não... que fofo! pena eu morar tão longe e não poder assistir a um show dele...

      Excluir
  9. Ele tem feito shows em todos os estados, quem sabe você consegue?

    Apesar que vem dizendo em parar.

    Também tem uma coleção memorável de artigos relacionados ao MJ. Bonecos, cds, dvds, encartes de todos tours...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagine as preciosidades que ele deve ter... eu pensei que LaVelle poderia levar ele para o exterior, fazer uma ''tour'' por lá.

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! :)
Os comentários são moderados [a fim de evitar spams]
e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line.
Esta página é feita com amor e eu agradeço a sua presença.
*Rosane [admin. do blog]

Obs.: Para assuntos não referentes à matéria eu peço que utilize o email [cartasparamichael@gmail.com] ・。.。・゚゚・。.。・゚゚・。❊

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...