Remember The Time: Protecting Michael Jackson


Bill: ''O fato de que alguém como eu acabou na posição de guardião foi um acidente. Foi porque não havia mais ninguém lá. A maioria das pessoas em sua órbita estavam lá porque eles estavam tentando obter algo por estar associado a ele.

Eu não estava tentando ser um jogador na indústria da música. Eu não estava tentando usar a celebridade de Michael Jackson para me tornar um produtor de cinema. A minha ambição é fazer o que estou fazendo.

Eu gosto de fazer a proteção pessoal, eu sou bom no que faço e é o que eu quero ser. Assim, a minha única preocupação era cuidar do bem-estar desta pessoa. Quando se tratava de empréstimos comerciais, pessoas que jogam jogos e sussurrando em seu ouvido, "Não confie neste" ou "Não confie em ninguém" - eu não queria ouvir sobre isso.

E quando as pessoas perceberam que não estava sendo arrastado para isso? Isso é o que me fez o ''cara mau''. Você é o cara mau do filme porque não vai ser um dos bandidos. Sr. Jackson confia em você, portanto, não podemos confiar em você. Isso é o quão corrupto tinha se transformado aquele mundo.''

Javon: ''Não que nós sejamos melhores do que as pessoas que vieram depois de nós. Nós não somos. Tinha mais a ver com o tempo que ficamos com ele. Era mais pessoal. Quando chegamos, não havia um concerto em andamento. Era um pequeno círculo, uma equipe mínima. Isso é o que eu sempre tento explicar às pessoas.

Em Monte Cristo, durante aqueles meses em Virginia, estávamos apenas nós. Nós e eles. Grace passou por longos períodos, outros podem ter passado por lá, mas por dias e semanas, não havia outras pessoas ao redor.

Estaríamos em um campo em Middleburg assistindo os fogos de artifício explodir, sozinhos com Michael Jackson e seus filhos. Foi surreal. Nós não acreditávamos que estávamos vivendo lá na metade do tempo. As únicas pessoas lá eram Bill e eu, e nós não estávamos competindo entre nós.

Mas vamos dar nome às coisas. Se houvesse dez, quinze outras pessoas ao redor? Bill teria que... porque caso contrário, alguém teria tentado ''degolá-lo'' no minuto em que Sr. Jackson o colocou nessa posição. Bill teria que jogar esses jogos, porque senão não teria durado três semanas lá.''

Extraído do livro Remember The Time: Protecting Michael Jackson in His Finals Days escrito por Bill Whitfield e Javon Beard - ex-guarda-costas de Michael Jackson.

Fonte: http://mjhideout.com

18 comentários:

  1. Existiram dois tipos de pessoas que passaram pela vida do Michael: as que tinham algum interesse, queriam lucrar de alguma forma, tirar proveito ...e do outro lado os que o amavam, simplesmente por amá-lo. Queriam seu bem mas eram impotentes perante determinadas situações, como os filhos, os fãs e dona Katherine.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite angel!

    Cada vez mais tenso. Leonard Rowe, por exemplo, não teve um décimo da coragem desses seguranças que expõe e esclarecem de fato os fãs.

    O livro do L Rowe é uma enrolação, só para ganhar mais dinheiro no momento que estava borbulhando o caso da passagem de Michael.

    Esses seguranças, ao contrário, foram no cerne dos problemas.

    ♥♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, amiga.. era ele quem estava no programa do Faustão com o Joe Jackson, não é? :(

      Excluir
    2. Era sim. Acredito que o Joe só emprestou o nome dele para o livro. O resto ficou com o Rowe.

      Lembrei desse livro porque os seguranças falam sem medo do lado sombrio da indústria e falam baseado no que realmente viveram ao lado de Michael.

      Já o Rowe, além de não expor com firmeza o lado sombrio da indústria fonográfica, creio que não conhecia Michael da forma como quis passar.

      Tudo bem que ele defendeu Michael, isso não se pode negar, mas o livro foi muito superficial.

      Daí a importância do livro dos seguranças agora. A verdade tarda mas não falha, ela sempre aparece.

      :) :) :)

      Excluir
    3. Eu não cheguei a ler esse livro, amiga, lembro de vc ter me falado que não teve boa impressão. :( dá para contar nos dedos os livros positivos e verdadeiros sobre Michael.

      Excluir
  3. Bill e Javon foram e continuam sendo 2 anjos na vida do nosso anjo,
    além de muito corajosos.

    ResponderExcluir
  4. Que olhos.... meu Deus !!!!

    ResponderExcluir
  5. Concordo com todos os comentários. E mais uma vez manifesto minha eterna gratidão pela lealdade e pela coragem dos guarda-costas Bill e Javon!
    Linda a foto do anjo! :)

    ResponderExcluir
  6. Rosane, existe alguma foto desses dois anjos, da guarda de Michael?
    Não me lembro de já ter visto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc clica no link em vermelho que aparece no final de cada publicação... ali onde diz ''Extraido do livro remember the time..''

      O primeiro é o Bill e o segundo é o Javon.

      Excluir
  7. Obrigada pela resposta, querida, aproveito a oportunidade para estender esse agradecimento pela sua competência e amor no que você faz para nos deixar bem informadas a respeito do nosso anjo. Esse é um trabalho que merece ser reconhecido e premiado por todos os fãs de Michael no mundo. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Mari. Eu agradeço o teu reconhecimento e digo que é uma grande alegria ter o tempo disponível para me dedicar ao nosso anjo. ;)

      Excluir
  8. Deus meu, eu sou mesmo uma distraída, se eu ate fiz um comentário
    do depoimento de Javon e Bill onde eles aparecem com Michael...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahah... acredite, eu mesma me perco aqui dentro, algumas vezes. Tenho que pesquisar para não publicar o mesmo depoimento duas vezes. :D

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line. [Rosane, admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...