The King of Style: Dressing Michael Jackson (39)


Capítulo Nove

''Vesti a Michael cada dia das 14 semanas que duraram o julgamento em 2005 e vi seu espírito quebrar, enquanto lutava contra as acusações desconcertantes que o oprimiam. Apenas culpado de acreditar que a humanidade é naturalmente bondosa, Michael se tornou, ao longo dos anos, introvertido, descrente e cansado. 

Eu perdi meu amigo, que já não brincava de fazer música com seu zíper e quase deixou por completo de mascar chicletes.

Quando Michael deixou o país e se estabeleceu no Bahrein em 2005, a primeira coisa que pensei foi, ''Oh, graças a Deus. Ele escapou''.

Embora ele não ticesse sido considerado culpado por um júri, os olhos fofoqueiros da imprensa estavam em constante busca de culpa e perversidade. Michael mostrou uma tremenda força quando, depois de suportar como esmagaram sua personalidade dentro e fora do tribunal, ele ainda era capaz de ir para casa e ser um pai para seus filhos. 

Eu esperava que, deixando o país, especialmente a atmosfera de Hollywood, permitiria a ele uma nova liberdade para se reinventar e proporcionar felicidade e vida segura e seus três filhos, de apenas oito, sete e três anos, na época.

Michael não tinha dito adeus oficialmente, por isso, não sabíamos quanto tempo se passaria antes que nos colocássemos em contato com ele novamente.

Enquanto isso, Dennis e eu tiramos algum tempo para reinventar nossas vidas e trabalhar em renovar o nosso lugar e desenhar figurinos para alguns shows em Las Vegas. 

Em Las Vegas sofremos um choque. Trabalhar para um perfeccionista como Michael é um hábito difícil de romper e ficamos decepcionados com a falta de ética de trabalho no circuito de Las Vegas. Para as pessoas com as quais trabalhamos, atuar era um trabalho, não sua vida.

De volta a Hollywood, Dennis e eu ''nos tornamos'' estilistas de roupas militares tipo ''Liberace-vai-à-guerra".

De acordo com a imprensa e os "novos" talentos emergentes na música pop, tudo o que Dennis e eu éramos capazes de criar, eram jaquetas militares. No topo da nossa desvanecida reputação depois de 2005, o panorama musical mudou e a indústria se tornou mais digital, e os dias em que artistas faziam roupas sob medida tinham terminado. 

Michael também mudou, inevitavelmente, se convertendo mais em um pai de familia, passando tempo com Prince, Paris e Blanket. Costumávamos brincar com Michael sobre os "anos dourados" juntos, de como interpretaria um "Billie Jean geriátrico" com um andador, o qual Dennis equiparia com foguetes a propulsão e decoraria com lantejoulas.

Não foi até 2009, quando recebemos uma chamada na tradição mais enigmática de Michael.

Do outro lado da linha, uma voz disse, "Michael vai voltar a sair em turnê. Venham. [Ele] precisa de vocês''.

Por Michael Bush (estilista de Michael Jackson)
Extraído do livro The King of Style: Dressing Michael Jackson

Fonte: MJHideout

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...