Michael Inocente


''O juiz Rodney Melville, que tinha tratado o caso com tanta dignidade, que manteve todos sãos e salvos, que não tinha tolerado qualquer interrupção alguma, leu uma declaração ao tribunal:

''Nós do júri, sentindo o peso dos olhos do mundo sobre nós, todos cuidadosamente e meticulosamente estudamos o testemunho, evidência e regras de procedimento apresentados a este tribunal e desde 31 de janeiro de 2005, seguindo as instruções do júri, que veio com confiança aos nossos veredictos. É nossa esperança que este caso seja um testemunho da crença na integridade e verdadeira inocência.''

Com essas palavras, Michael, por trás da mesa da defesa, retomou sua vasta compostura. De algum modo estranho, Michael parecia ter a aparência de um antigo rei. Havia algo imperial sobre ele. Então, absolutamente comandando com a sua presença, Michael ouviu com intenção tranquila enquanto a declaração do juiz estava sendo lida. Com a cabeça erguida, o astro permaneceu imóvel. Somente aqueles que podiam vê-lo de perto, poderiam detectar uma ligeira lágrima escorrendo pelo rosto de Michael.''

Extraído do livro Michael Jackson Conspiracy por Aphrodite Jones.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...