O Rei no Japão (14)



Michael Jackson esteve no Japão em 2006 e entre outros eventos, visitou o estúdio da TV Fuji e participou do Programa SMAP x SMAP.

Os integrantes do SMAP estão de pé, sem compreender o motivo de que a música que eles estavam cantando, parou de repente. Na parte superior esquerda da tela está escrito “Michael aparece no SMAP x SMAP,''

Narrador: Agora o encontro de todos os tempos!

Nakai [camiseta rosa]: Quem está aí?

Produção: Desculpem, mas há uma pessoa especial aqui.

Começa a tocar a música Beat It. Michael, do piso superior, está acenando para o SMAP. Os membros do SMAP ficam boquiabertos. Michael faz o sinal da paz com as mãos e desce para o palco. A produção aplaude e os membros do SMAP não sabem como reagir.

SMAP: ''Não é possível!”... “Estou muito emocionado!”... “Uau! Uau! Uau!”

Michael cumprimenta cada um dos rapazes. A mensagem da TV na parte superior esquerda diz: “Michael chega ao SMAP x SMAP!”

Nakai: Michael Jackson?

O nome “Michael Jackson” aparece na tela.

Nakai: Michael Jackson? Michael Jackson?

Michael: Sim.

SMAP: Sério? Olá!

Kimura [de camiseta verde]: Você não é o cover de Roppongi [distrito de Tóquio], é?

Os membros do SMAP ainda não conseguem acreditar que Michael está lá.

Nakai: Você realmente é o Michael Jackson?

Michael: Sim. Eu estou muito feliz por estar aqui. Eu adorei a performance, foi muito legal.

SMAP: Inacreditável!

Nakai: Então nossa música parou porque o Michael Jackson tinha chegado aqui no estúdio, foi isso?

Kimura: Mas é claro que a produção ia parar a música caso Michael chegasse. A música tinha que parar mesmo!

Kimura: Então a produção já sabia que Michael estava assistindo à nossa performance, não é mesmo?

Michael: Sim, eu adorei, gostei muito.

Kimura: Ah, o que é isso? A produção nos enganou!

Nakai: Gostaria de sentar?

Kimura: Vamos mudar a música de fundo. Vamos colocar We Are The World.



Nakai: Diga-me, o que te trouxe aqui?

Nakai pergunta para a produção: ''Esse é o microfone certo? Devo usar o microfone? Eu posso falar sem o microfone, não posso?''

Produção: Sim, você pode falar sem o microfone.

Nakai: Então eu posso falar sem o microfone.

Kimura: Nós não precisamos de nenhum microfone! Nossas almas estão nas alturas e nós não precisamos de microfone! Está tudo OK!

Nakai: Mas diga, o que te trouxe aqui hoje?

A tradutora comete um erro ao traduzir e pergunta ao Michael como ele chegou ao estúdio.

Michael: Oh, nós viemos dirigindo hoje para ver vocês. Para fazer uma surpresa para vocês.

A produção aplaude.

Michael: Nós adoramos!

Michael cumprimenta Nakai com um aperto de mãos.

Nakai: Sua mão é muito bonita.

Michael: Oh, Deus te abençoe. [cumprimenta Nakai novamente.]

Michael: Agora, eu estou muito feliz por estar aqui no Japão. Eu acho que vocês são maravilhosos, são pessoas muito amáveis. Muito obrigado por me aceitarem, mesmo.

Nakai: O que está acontecendo aqui?

Kimura: Isto é o que chamamos de “uma grande surpresa”.

Nakai: Eu não consigo mais apresentar o programa! Não sei mais como continuar com o programa. Não consigo raciocinar direito.

Kimura: O que eu acho que aconteceu: No momento que o Michael entrou no estúdio, você, Nakai, se tornou novamente aquele fã que foi ao show do Michael Jackson e então, todo o restante da sua vida foi apagado da sua memória e você ficou naquele mesmo estado.

Nakai: Não sei como reagir. Eu não consigo reagir!

Kimura: Eu estou vendo isso.

A tradutora diz ao Michael: “Eles estão felizes por ver você.”

Michael: Igualmente.

Nakai: Não consigo pensar nas perguntas. Estou totalmente despreparado. Você sabe sobre nós?

Michael: [Apontando para o fundo do estúdio] Que lindo!

Kimura: É chamado de LED, uma nova tecnologia que começamos a usar há pouco tempo. [SMAP usa LED para seus concertos também.]

Nakai: Mas esse dispositivo ainda dá defeito, de vez em quando. Alguns ruídos.

Kimura: Eu posso fazer uma pergunta à produção? Quando nós estávamos ensaiando, você nos falou que havia barulhos e nós tivemos que ensaiar novamente. Isso era mentira, não era?

Nakai: Vocês não precisam responder agora. Falemos mais com Michael Jackson. Você o Michael Jackson, não é? [Ele ainda não está acreditando.]

Shingo: Eu, por favor. Eu tinha 10, 11 anos de idade quando vi o Michael no palco na Cúpula de Tóquio e eu prometi a mim que eu estaria no mesmo palco que você algum dia. E poderíamos então fazer um show na Cúpula de Tóquio juntos.

Michael: Oh! Deus o abençoe!

Michael segura a mão de Shingo.

Shingo: Muito obrigado.

Aplausos.

Shingo: Eu posso parar de trabalhar amanhã, agora que meus sonhos se realizaram.

Michael ri.

Nakai: Vamos nos apresentar. Cada um por si, ok? Cada um fala o seu.

Tsuyoshi Kusanagi [camisa amarela]: Meu nome é Tsuyoshi Kusanagi.

Michael e Kusanagi se apresentam.

Goro: Goro, Goro Inagaki.

Nakai: Ele faz sua personificação como “Oshinobi Goro” [O Incógnito Goro]. Ele faz imitações como Michael Jackson e ele vai mostrar um pouco a você.

Goro levanta-se.

Kimura: Oh, estamos nos sentindo envergonhados em mostrar isso ao vivo para Michael Jackson. Nossos estômagos estão revirando.

Nakai explica a Michael: ''Nós mostraremos a você. Nós temos umas séries de imitações chamado “Oshinobi Goro” ou “Oshinobi Michael.” “Oshinobi Michael” é exibido com a cena a qual Goro personifica o Michael.

Narrador: “Oshinobi Michael” está vivo depois de anos, agora de frente com o próprio Michael Jackson.

Nakai: Mostre então ao Michael.

Goro: Estou tendo o privilégio de personificar o Sr. Michael Jackson. Gostariam de dar uma olhada?

Goro imita Michael, que se diverte e aplaude com entusiasmo.

Nakai: Você conseguiu fazer Michael rir! Ganhou risadas do Michael!

Kimura: Eu acho que o Michael entende. Ele é gentil o suficiente pra nos aturar.

Nakai: A risada de Michael!

Goro: Eu o respeito MUITO!

Nakai: Vamos prosseguir com as apresentações. 

Kimura: Prazer em conhecê-lo. Meu nome é Takuya Kimura.

Michael e Kimura se cumprimentam.

Shingo: Estou honrado em conhecê-lo. Meu nome é Shingo.

Michael cumprimenta Shingo.

Shingo: Eu te amo.

Michael: Eu também te amo.

Nakai: Você sabe algo sobre o SMAP? 

Michael: Eu soube sobre ele hoje. Eu desfrutei o que eu vi escada acima. Muito bom. Eu queria pegá-los de surpresa e lhes agradecer por me receber. Deus os abençoe e lhes dê sorte em tudo.

Michael cumprimenta os membros novamente.

Nakai: Eu amo você.

Michael: Eu também te amo.

Nakai: Você já está indo? Isso é uma despedida?

Michael cumprimenta os membros.

Michael: [Olhando para o fundo.] Isso é muito legal. [Andando pelo estúdio.]

Nakai: [Gritando à produção] Vocês podem mudar as imagens para o Michael. Vocês podem trocar as imagens para ele?

Kimura: Agora, Michael Jackson está impressionado com o trabalho feito pelos engenheiros de nosso programa. [É mostrado em japonês na tela: “Michael demonstra interesse no LED.”]

A imagem do LED começa a se mover.

Kimura: Você deveria olhar um pouco mais afastado.

Shingo: Michael está perguntando quem fez.

Michael: Obrigado. Obrigado! [Acenando para as pessoas do estúdio]

Os membros do SMAP e Michael se despedem e se cumprimentam novamente.

SMAP: Obrigado, Michael.

Michael: Deus os abençoe.

SMAP: Amor e Paz!

Michael: Paz! Eu amo vocês!

SMAP: Nos vemos numa outra vez!

Michael: OK. Os vejo numa outra vez!

Michael deixa o estúdio.

Narrador: A visita de Michael causou uma tempestade.

SMAP se despede de Michael.

Shingo: Os óculos dele são muito legais.

Michael sobe as escadas e sai. Os membros do Programa SMAP x SMAP seguiram com os seus comentários. 

Michael deixa o estúdio fazendo o sinal da paz para os membros do SMAP.

Goro [camisa branca]: Não é possível.

Shingo [camiseta com manchas roxas]: Não é possível.

Tsuyoshi [blusa amarela]: Não é possível.

Shingo: Não é possível.

Tsuyoshi: Não é possível.

Nakai [camiseta rosa]: Oh, como nossa existência é insignificante [risos].

Kimura [camiseta verde]: Isso é inacreditável; nosso programa SMAP x SMAP alcançou um nível extraordinário.

[risos]

Nakai: Agora que vimos o Michael, ninguém mais conseguirá nos surpreender.

Shingo: Realmente, Michael esteve aqui…

Nakai [apontando para Goro]: Michael gostou da sua interpretação.

Goro: Eu fiz isso!

Nakai: Estou com ciúmes. Tenho certeza que você deixou a impressão mais forte no Michael, mais forte que qualquer outro membro.

Goro: Fico feliz por ter feito a interpretação do Michael no programa.

Kimura: Você fez o melhor possível para o Michael?

Goro: Claro que eu fiz. Mas foi muito difícil e constrangedor para mim.

Todos dão risadas.

Goro: Eu tive que fazer aquilo, mas não foi nada fácil para mim, vocês sabem. É fácil para vocês dizerem que eu deveria ter feito meu melhor.

[risos]

Nakai: Foi diferente das outras ocasiões em que alguém viu sua interpretação.

Goro: Foi extremamente diferente!

Shingo: Goro fez a interpretação porque Michael veio aqui.

Shingo: Ah, sinto que eu estou realizado.

Nakai: E eu fiquei perguntando, “Michael Jackson?”, “Michael Jackson?”

Kimura: Sim, você perguntou para o próprio Michael Jackson, “Michael Jackson?”. É, eu me lembro bem disso.

Nakai: Mas eu não sabia o que dizer depois daquilo…

Kimura: E o que aconteceu com a música que nós estávamos gravando?

Produção: A música foi gravada.

Shingo: Então foi gravada, certamente.

Kimura: Então a música já estava gravada. Embora vocês tivessem já terminado de gravar, vocês nos disseram que havia um problema técnico para ser resolvido.

Shingo: Michael estava nos assistindo.

Nakai: Isso foi ótimo.

Shingo: Uau, isso foi muito legal.

Nakai: Vamos nos sentar e conversar.

Os membros do SMAP sentam no chão.

Nakai: Michael Jackson deixou todos nós, os cinco membros do SMAP, muito entusiasmados.

Kimura: Não somente nós, as pessoas do estúdio inteiro, também.

Shingo: Sinto que eu não vou conseguir voltar para casa. Não vou conseguir ficar sozinho em casa.

Nakai: Não podemos comparar ninguém com Michael Jackson. Michael Jackson foi o melhor para todos nós. [a respeito de convidados anteriores no programa]

Shingo: Michael foi o melhor para todos nós.

Goro e Nakai: Sim, para todos nós.

Goro: Nós vimos ao vivo o show do Michael juntos.

Kimura: Sim, acompanhando ele e dizendo “Michael! Michael!”

Goro: Nós fomos ao Dome*, não fomos? [*O estádio de Tóquio´]

Shingo: Sim, fomos ao Dome.

Nakai: Nós o vimos inúmeras vezes. Agora estou me recuperando. Começo a perceber o que Michael significou para mim. Eu tenho tantos CDs e DVDs do Michael. É inacreditável, muito legal.

Shingo: Quantos da produção sabiam que Michael iria nos visitar? Todos vocês sabiam? E quanto a vocês, os câmeras? Então vocês sabiam! E quanto à equipe de gravação vocal? Vocês sabiam! Então todo mundo sabia o que ia acontecer.

A produção ri.

Shingo: Isso é muito assustador. Vocês são todos uns ótimos atores, fazendo com que a tela do estúdio parecesse estar com problemas e tudo mais.

Kimura concorda.

Shingo: O LED também teve uma atuação muito boa. Então de fato não havia nada de errado com o LED, não é? As cores estavam todas certas, não estavam? Eu me lembro do Nakai dizendo, “Se vocês não conseguirem consertar o LED nos próximos 15 minutos, vamos deixar as gravações para outro dia.” Se nós tivéssemos parado de gravar, não teríamos conhecido o Michael.

[Todos dão risada.]

Nakai: Fico feliz por termos ficado. Lembro-me da produção recusando dizer quem viria ao programa. Disseram “Não posso falar”. E quando eu disse “ O quê?”, disseram apenas “Não posso falar nada”. Eu fiquei perplexo. O que ele queria dizer com “Não posso falar”? Quando eu perguntei novamente, “Quem está aí?”, a produção disse “Olhem para lá, por favor.”. E então, a música e o Michael… “Tchanram”.

[risos]

Nakai: Fiquei tão chocado.

Kimura: Cante o começo da música.

Nakai [cantando]: “Haruiro no sutsu ni…”

Lembrando que no início da música ele faz uma careta, Nakai fica claramente envergonhado.

Kimura: E Michael estava te escutando, pegando o ritmo.

Surge na parte inferior esquerda da tela a imagem do Michael vendo o SMAP.

Nakai: Estou tão constrangido que poderia até chorar. Eu poderia ter cantado com mais estilo.

Nakai: Se tivessem me contado, eu poderia ter incluído um moonwalk na dança.

Aparece na tela Michael Jackson fazendo um moonwalk.

Shingo: Estou feliz por vc ter recuperado seu estado normal, Nakai-kun [kun significa algo como “Senhor” em japonês, mas é mais usado para se referir ao outro de forma carinhosa.]

Todos riem.

Nakai: Pode apostar.

Nakai: Como você se sentiu ao ver Michael lá em cima pela primeira vez?

Nakai: Passou pela sua cabeça que podia ser algum cover?

Shingo: Eu pensei que fosse algum cover ou o cover de outro cover. Não conseguia acreditar no que eu estava vendo e tentei desesperadamente encontrar alguma explicação para esse extraordinário acontecimento. Minha mente perdeu a direção. Eu fiquei confuso.

A imagem de Jackson chegando ao estúdio é mostrada na parte inferior direita da tela.

Kimura: Quando eu o vi descendo as escadas, eu ainda estava na dúvida se era o verdadeiro Michael. Por favor, não nos enganem nunca mais.

Shingo: Se Michael viesse aqui novamente, nós ficaríamos confusos mais uma vez.

Nakai: Nós ficaríamos surpresos, de novo.

Nakai: Estávamos discutindo que tudo o que faltava nesse programa era receber Michael Jackson e, no entanto, acreditávamos que ele não viria. Nunca pensei que ele fosse aparecer aqui.

Goro: Nunca pensei que ele pudesse vir.

Nakai: Ah, eu quero ter uma foto com Michael.

Narrador: Os membros refletiram sobre o encontro com Michael Jackson. Logo após, decidiram presentear Jackson com o novo CD do SMAP autografado. Pensaram em levar o CD com eles e visitar o camarim de Michael. Eles queriam demonstrar sua gratidão.

Kimura: Vamos ver Michael agora? O que eu disse agora não foi ótimo? “Vamos visitar o Michael agora?”

Nakai: Eu acho que isso soa estranho.

Kimura: Vamos apenas dizer, “Vamos ver Michael agora?”

[Risos]

Kimura: Isso não é ótimo? Isso é realidade, dá para acreditar?

Nakai: Então vamos.

Goro: Se eu estivesse sozinho, não teria coragem de ir vê-lo. Nunca.

Membros do SMAP caminham para o camarim do Michael para entregar o presente. Shingo diz, enquanto caminha, que valeu a pena ter feito o programa por tantos anos [o programa SMAP x SMAP existe há mais de 10 anos]. 

Kimura repete animado, “Vamos ver o Michael?”.

Narrador: Os integrantes do SMAP entram no camarim de Michael Jackson para entregar o presente como forma de gratidão. Eles parecem estar ansiosos.

A porta azul do camarim se fecha.

Narrador: Depois disso, os membros do SMAP permaneceram um tempo onírico com Michael e posteriormente, acompanharam a sua saída. 

Nakai brinca fingindo ser o segurança de Michael.

Narrador: SMAP tornam-se os guarda-costas de Michael Jackson.

Michael recebe presentes de fãs.

Nakai: Michael está saindo, abram caminham para ele.

Michael acena para os fãs e entra no carro. Os membros do SMAP dizem “Obrigado”.

Michael vai embora.

Narrador: E o momento onírico com Michael Jackson termina.

Nakai: O carro de Michael tem a placa de Shinagawa [local de Tóquio].

Kimura: Não, não. Aquele carro não é do Michael.

Narrador: O mega-superstar Michael Jackson vai embora. Os integrantes do SMAP, ainda emocionados com o encontro, retornaram ao camarim de Michael Jackson, onde eles estavam a pouco tempo atrás, e começam a conversar.

Os integrantes do SMAP sentam no sofá.

Goro: Nós falamos sobre Tokyo Dome [estádio onde foi realizado o show de MJ], não foi? O Kimura contou para ele que nós fizemos shows lá e o Michael ficou interessado.

Kimura: Michael recebeu nosso presente gentilmente e, quando nós perguntamos se seria possível ter o autógrafo dele, ele autografou para cada um de nós.

Shingo: Com o nosso nome junto.

Shingo mostra o CD com o autógrafo de Michael.

Shingo: Michael estava sentado no sofá e cada um de nós foi até ele, um de cada vez, sentamos perto dele e o vimos escrevendo o autógrafo no CD.

Kimura: Michael estava nesse sofá, exatamente entre o espaço em que estamos agora o Tsuyoshi e eu. Eu pensei em sentar exatamente no mesmo lugar que o Michael estava, mas eu não me atrevi. Quando eu fui sentar onde ele estava, meu corpo reagiu com um “Não, esse não é o lugar que você deve sentar.”.

Narrador: SMAP recebeu presentes de Michael. E algo inesperado foi revelado.

Nakai: Bem, meu nome é soletrado como NAKAI, mas Michael escreveu “TAKAI”.

Shingo começa a chamá-lo de Takai-kun. Nakai fica aborrecido.

Nakai: Isso aqui é um T, não é?

Kimura: O meu está como Takuya.

[Kimura é sobrenome. Takuya, nome.]

Shingo: E o meu, Shingo. Isso é curioso. Olha isso, “Tsuyo…” 

[Shingo diz enquanto pega o CD de Tsuyoshi e lê o que MJ escreveu nele.]

Tsuyoshi: Não, não, olhem isso aqui. Isso é realmente maravilhoso. Meu nome continua na parte interna do CD.

Tsuyoshi mostra a continuação do nome dele no CD.

SMAP: Legal!

Kimura: É como um Wari-in*, não é?

[“Wari-in” é uma prática de dividir a impressão de um selo em duas folhas de papel.]

Tsuyoshi: Achei isso único. Amei.

Shingo: Ele realmente esteve aqui.

Nakai: Por que “Takai”?

Shingo: Fico pensando em toda essa experiência de agora, nessa sala, e eu penso que nós deveríamos continuar a nos esforçar no nosso trabalho.

Nakai: Eu sinto isso também.

Shingo: [Olhando para o CD] Muito obrigado [Michael].

Nakai: Acho até que devemos sair para beber juntos. Vamos sair para comemorar!

Narrador: Michael Jackson, muito obrigado!

Com duas fãs

Fontes:
Transcrição: Hippoko [MJJF]
Tradução: Beatriz Yanaguizawa
Fonte: MJBeats/Edcyhis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...