Emmanuel


O encontro do cantor mexicano Emmanuel com Michael Jackson em 1988 foi publicado na revista Vea em Junho de 1988.

''Há duas semanas, Emmanuel estava feliz e cansado em seu camarim. Apenas foram permitidas as pessoas que participaram de seu concerto no Radio City Music Hall em New York.

Alguns até pediram, frenéticos, a presença do artista mexicano nesta fase monumental. O cantor foi até eles em cada um dos momentos naquela noite e não imaginava que estava no público, valorizando seu show. Só percebeu quando um assistente lhe informou que Michael Jackson se dirigia até o seu camarim. A porta do camarim se abriu e o diálogo foi o seguinte:

Michael Olá, Emmanuel! Prazer em conhecê lo. Parabéns pelo seu show. É ótimo...

Emmanuel Michael Jackson! Quem diria... em meu show! Agradeço as suas palavras...

Michael Estou realmente impressionado com a performance, a música... É um show de primeira e muito profissional. É minha opinião e a dos meus amigos, também.

Emmanuel Obrigado. Como chegou até aqui?

Michael Bem, alguns amigos me disseram para assistir o espetáculo de um artista latino chamado Emmanuel, o qual era muito bom. E eu verifiquei. É realmente um grande show.

Emmanuel Bem, eu estou honrado em dizer que, considerando os grandes shows que você está confortavelmente fazendo, realmente é uma opinião muito valiosa, a sua.

Michael Diga-me Emmanuel, quantas pessoas trabalham com você no desenvolvimento de seu show? Porque, a partir do que vi no palco, deve ser uma dezena de alguns cuidados... é incrível como tudo está sincronizado.

Emmanuel Bem, na verdade, existem cinco pessoas que tomam o cuidado de fazer tudo e eu gosto, porque eu, por exemplo, sou o único que dá a ideia geral do que será no palco, eu me preocupo com a iluminação, os cenários, as minhas próprias roupas e o projeto eu mesmo desenvolvi.

Michael Cinco! Bem, na verdade, trabalham por mil! Eu gostaria que me dissesse, em outro momento, como se consegue isso. Todos devem ser gênios... Diga-me, Emmanuel, quais são seus planos imediatos?

Emmanuel Bem, continuar esta série de apresentações nos Estados Unidos e gravar, em breve, em Inglês.

Michael Eu honestamente acho que você pode conquistar o mercado dos E.U.A., se você continuar a trabalhar com esta excelente profissionalismo e as pessoas que o acompanham. Desejo-lhe a melhor sorte do mundo.

Emmanuel Bem, eu queria que nos encontrássemos lá no palco, juntos.

Michael Eu também espero o mesmo. Eu adoraria. Boa sorte!


Fonte: MJHideout

10 comentários:

  1. Amei ler o diálogo dos dois! Imagino como Emmanuel ficou feliz pelos elogios que recebeu do Michael jackson.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devia ser a glória de todo o artista, receber elogios profissionais vindos do Rei!

      Excluir
  2. Michael como sempre humilde, educado, reconhecendo e elogiando as pessoas. Ele sempre se posicionava de uma maneira, que fazia com que as pessoas se sentissem importantes e com isso, ele sempre aprendia alguma coisa.
    A vida é assim, um eterno aprendizado e Michael levava isso a risca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pensei sobre isso também, Lêda.. Michael não tinha pudores em se aproximar de outros artistas e pedir alguma orientação, se ele visse que aquilo estava certo.. e nunca precisou passar por cima de nenhum outro artista para ser quem é.

      Excluir
  3. Muito gentil e atencioso o nosso king, e os artistas que receberam elogios e incentivo dele, sentiam-se privilegiados. Um ser humano
    gentil e atencioso, Michael Jackson.
    Boa noite, Rosane.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Mari! Bom ter vc aqui. *--*

      Excluir
  4. Este é um lugar que eu adoro estar, sinto-me bem acolhida e mais perto do nosso anjo Michael. Grata, Rosane.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fico contente com isso, Mari, e poucas coisas são tão confortantes como estar entre amigos para conversar sobre o nosso amado Michael, e nos emocionar com as histórias que cercaram a sua vida.

      Excluir
  5. Sempre humilde, reconhecendo o trabalho e talento de outros artistas, querendo aprender e compartilhar com eles.

    Por isso e muito mais, ele sempre mereceu ser chamado de Rei também.

    Aos que criticaram o fato de Michael ser chamado de Rei do Pop, humildade em reconhecer que erraram, não faz mal a ninguém.

    Por suas incontáveis dentro e fora dos palcos, pelo seu grande respeito aos colegas de profissão, a maneira que Michael se relacionava com todos os artistas que lhe antecederam, que lhe sucederam e os que eram da mesma geração que ele, são apenas alguns dos motivos que fazem dele, sim, um verdadeiro Rei e um exemplo para todos os artistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um legado imenso a ser estudado por todos, com certeza.

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! :) Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line.
**Para assuntos privados e não referentes à matéria eu peço que utilize o email [cartasparamichael@gmail.com] ・。.。・゚゚・。.。・゚゚・。❊
*Rosane [admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...