Asas sem Mim


''Asas sem Mim''
Escrito por Michael Jackson

''Era agosto, e eu estava olhando para o céu. Com uma das mãos protegendo meus olhos, eu observei um falcão voando sobre as correntes de ar quente. Mais e mais alto em espiral, até que com um grito sobrenatural, ele desapareceu.

De repente, eu me senti deixado para trás. "Por que você cresceu asas sem mim?" Eu lamentei. Em seguida, o meu espírito disse: "O caminho do falcão não é o único caminho. Seus pensamentos são tão livres como qualquer ave."


Então eu fechei meus olhos e meu espírito decolou, tão alto em espiral quanto o falcão e, em seguida, para além, de modo que eu estava olhando para baixo sobre toda a terra. Mas algo estava errado. Por que eu me sinto tão frio e sozinho?

"Você cresceu asas sem mim", meu coração disse. "Quão boa é liberdade sem amor?" Então eu fui calmamente até a cama de uma criança doente e lhe cantei uma canção de ninar. Ela adormeceu sorrindo e meu coração decolou, alegrando meu espírito enquanto ele circulava sobre a terra. Eu estava livre e amoroso, mas ainda havia algo errado.

"Você cresceu asas sem mim", disse meu corpo. "Os seus voos são apenas imaginação." Então eu olhei para os livros que eu havia ignorado antes e li sobre os santos de todas as épocas que realmente voaram. Na Índia, Pérsia, China e Espanha [até mesmo em Los Angeles!], o poder do espírito tem afetado não apenas o coração, mas todas as células do corpo.

"Como se realizado no alto por uma grande águia" Santa Teresa disse, "meu êxtase me levantou no ar."

Eu comecei a acreditar nesta façanha incrível e, pela primeira vez, eu não me senti deixado para trás. Eu era o falcão, a criança e o santo. Em meus olhos, suas vidas se tornaram sagradas e a verdade veio para casa: Quando toda a vida é vista como divina, em todo mundo crescem asas.''


Michael Jackson em seu livro Dancing the Dream


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...