Shannon Holtzapffel


“Eu estava na Austrália quando o meu agente me ligou para dizer que eu tinha sido chamado para um teste com Michael Jackson. Peguei o primeiro voo de Sidney para Los Angeles. O teste durou três dias, havia centenas de dançarinos do mundo inteiro. A energia e a atmosfera eram elétricos.

Ver Michael Jackson fazer os movimentos e os passos de dança mais uma vez era um privilégio. Fiquei honrado e me senti muito sortudo por ter sido escolhido.

Trabalhávamos seis dias por semana, oito horas por dia. Nas primeiras semanas, ele nos deu bastante espaço e tempo para aprender as coreografias. Ele queria muito que nos sentíssemos confortáveis. E, quando nos reunimos, foi realmente mágico. A energia que ele tinha era inacreditável. Ele tinha o dobro da minha idade, mas ele era tão durão quanto nós.

Michael era a pessoa mais bonita, carinhosa e amorosa. Se preocupava tanto sobre o mundo e com o planeta. Ele falava sobre o assunto o tempo todo. As pessoas ficariam surpresas ao saber do incrível pai que ele era... ele falava sobre seus filhos o tempo todo e eles vinham para visitar.

Eu estava fazendo um segmento com Michael e Kenny [Ortega, o diretor] veio e disse, 'Seus filhos estão com fome, eu posso dar a eles um sanduíche de peru?' e Michael riu, dizendo, 'Eles estão sempre com fome! Eles estão sempre comendo!'

Michael sempre dizia ‘oi’ e ‘tchau’, sempre nos abraçava, mesmo quando apertávamos as mãos. Ele queria que fôssemos uma família, isso é o que o tornava tão especial. Ele tinha muito amor para dar a todos nós, e nos respeitava muito.

Quando fui dançar pela primeira vez com ele, havia um ponto de luz vindo do teto, e Michael ficou bem abaixo dele. Eu fiquei pensando ‘quem é esse cara?'

Uma vez que começamos a dançar, eu simplesmente me esqueci de tudo o que tinha aprendido. Fiquei olhando para ele, hipnotizado. Estar com Michael era inacreditável.''

by Shannon Holtzapffel (dançarino)

Fonte: https://au.lifestyle.yahoo.com

10 comentários:

  1. Eu não sabia que ele levava as crianças para o ensaio.

    "Uma vez que começamos a dançar, eu simplesmente me esqueci de tudo o que tinha aprendido. Fiquei olhando para ele, hipnotizado. Estar com Michael era inacreditável.''

    Isto com ele aos 50, imagina quando ele estava no auge!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pouco se ouve galar sobre a presença das crianças nos ensaios. Mas eu já tinha ouvido falar sobre essa passagem, de Ortega oferecendo sanduiches de peru para elas.

      Excluir
  2. "Ele tinha muito amor para dar a todos nós, e nos respeitava muito"
    Qual artista faz isso hoje em dia? Ninguém
    Só nosso anjo mesmo,
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só o nosso Mike, Fátima.
      Bjo, :)

      Excluir
  3. Eu não me canso de dizer que sorte mesmo na vida, teve quem conheceu Michael pessoalmente.Uma experiência mágica que a pessoa vai levar
    consigo eternamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses depoimentos tão carinhosos são um alento para os nossos corações.

      Excluir
  4. Realmente quem conheceu esse incrível artista e ser humano pessoalmente teve o privilégio dessa experiência mágica e que bom que eles estão compartilhando suas memórias, para que a verdade sobre o anjo sufoque cada vez mais as mentiras.

    ResponderExcluir
  5. Um ser humano humilde, gentil, amável, engraçado, generoso, lindo, incrível e talentoso ❤ essas eram as características que definiam o Michael ❤❤❤❤ simplesmente um anjo ❤ :*)

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! :) Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line.
**Para assuntos privados e não referentes à matéria eu peço que utilize o email [cartasparamichael@gmail.com] ・。.。・゚゚・。.。・゚゚・。❊
*Rosane [admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...