Eddie Van Halen (02)


Trechos extraídos de uma entrevista do guitarrista
Eddie Van Halen para a CNN em 2012

''[...]Eu estava terminando o segundo solo quando Michael entrou. E você sabe, artistas são o tipo de pessoas loucas. Somos todos um pouco estranhos. Eu não sabia como ele iria reagir ao que eu estava fazendo [alterando uma parte]. Então, eu o avisei antes que ele ouvisse. Eu disse: "Olha, eu mudei a parte do meio da sua música."

Agora, no meu pensamento, '' ...ou ele vai pedir ao seu guarda-costas para me chutar para fora por massacrar a sua canção, ou ele vai gostar''. E então ele escutou, se virou para mim e disse: 'Uau, muito obrigado por ter a paixão não apenas por entrar e gravar um solo, mas por realmente se importar com a música e torná-la melhor.'  Ele era um gênio musical com essa inocência infantil. Ele era um profissional, e de tal forma querido.''

''Eu nunca vou esquecer quando [a loja] Tower Records ainda estava aberta aqui em Sherman Oaks. Eu estava comprando alguma coisa e estava tocando Beat It nas caixas de som. Eu ouço um grupo de crianças na minha frente e uma delas disse: ''Escutem esse cara tentando soar como Eddie Van Halen." Eu toquei no ombro dela e disse: ''Este sou eu!" Isso foi hilariante.''

''Infelizmente, Thriller impediu o nosso álbum "1984" [da banda Van Halen] de alcançar o Número 1. Nosso álbum estava quase pronto para chegar lá quando ele [Michael] queimou seu cabelo naquele comercial da Pepsi. E boom, ele foi direto para o número 1 novamente!''

''Eu tenho um grande respeito por Michael. Ele vai fazer muita falta. Eu ficaria curioso para saber o que ele estaria fazendo no momento.''

[De uma entrevista em 2011] ''Foi muito divertido de fazer [Beat It]. É uma loucura como algo que levou um tempo tão curto pode se transformar em algo além de qualquer coisa que você jamais poderia imaginar."

[Revista Smithsonian em 2005] Quando perguntado sobre qual de suas colaborações musicais era a sua favorita, Eddie disse: ''Beat It de Michael Jackson se destaca para mim.''

Outro depoimento de Van Halen se encontra aqui

Foi apenas devido a um acaso de programação que Van Halen estava na cidade quando a Victory Tour chegou em Dallas no dia 14 de Julho de 1984. Neste dia, eles compartilharam o mesmo palco.

video

Mais imagens





Com a atriz Valerie Bertinelli








Fontes: 
http://edition.cnn.com
http://ultimateclassicrock.com
Imagens do meu arquivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...