Brett-Livingstone Strong deseja expor seu acervo de arte


Quando Sir Brett-Livingstone Strong estava morando em tempo integral em Pacific Palisades, o artista nascido na Austrália desfrutou de uma lista de clientes que ia de Fleetwood Mac até a Casa Branca. Ele foi levado muito a sério quando propôs a criação de uma "torre de arte" de 720 pés de altura no centro de Los Angeles.

O que as pessoas não perceberam foi que, durante esses anos, ele também foi o mentor de arte de Michael Jackson, ajudando o pop star recluso a se expressar em lápis de cera e aquarela. E que Strong estava armazenando a produção artística, estimada em tempos diferentes entre 80 e 160 pinturas, em um depósito industrial descrito por um associado como "não muito longe das Palisades".

Há também, supostamente, um Lamborghini e, ainda mais emocionante para os fãs de Michael Jackson, uma jaqueta de couro vermelha que pode ter aparecido no inovador vídeo “Thriller”.

Agora Strong, que ainda mantém contatos familiares na Alta Bienveneda, prepara-se para promover as obras. E, se questões legais de propriedade podem ser resolvidas, as obras atribuídas a Jackson serão colocadas em exibição pública.

Estas obras têm motivos recorrentes, incluindo cadeiras, chaves e o número sete. “As obras de arte custam uma fortuna em armazenamento e segurança, e por isso estão sendo movidas. E nos próximos seis meses, podemos começar a vê-las em público ”, disse um associado na semana passada.

A relação entre Strong e Jackson está bem documentada. Em 1989, eles estabeleceram uma parceria conjunta para criar arte para hospitais infantis. Strong vendeu seu retrato de Jackson, supostamente o único para o qual o pop star posou ao vivo, por mais de US $ 2 milhões para uma empresa japonesa.

Hoje, enfrentando questões familiares e legais, e passando tempo em Brentwood, ele está resolvendo o legado de Jackson. Strong sustenta que é dono de todas as obras, mas ainda pode enfrentar novas negociações com os advogados de Jackson antes de ver a luz do dia. No entanto, a curiosidade dos fãs sobre esses artefatos, descritos como “ensolarados como as Palisades”, permanecerá inalterada.

Uma matéria onde podemos vemos uma grande parte deste material desenhado por MJ se encontra publicada aqui
Outra matéria completa sobre o relacionamento entre Livingstone e Michael Jackson se encontra publicada aqui


Fonte: https://www.palipost.com

10 comentários:

  1. Por que as obras criadas pelo Michael seriam dele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acabei de adicionar um novo link no final do post, onde podemos ver grande quantidade desses trabalhos feitos pelo Michael.
      Elisa, eu me fiz a mesma pergunta, e pensei que deve ser pelo mesmo motivo que o estilista Michael Bush ficou de posse de tantos figurinos do Michael, e chegou a colocá-los em leilão. [Me corrijam se eu estiver errada.]
      Alguma legislação específica estadunidense? Eu não sei te dizer.

      Excluir
  2. Quanto ao Bush, ele afirmou em entrevista que Michael devolvia todas as roupas usadas em shows para ele. Que MJ não se importava com elas fora do palco ou dos eventos. Entendo que essa devolução significava que Bush deveria cuidar dessas peças e que foram doadas a ele. Já quanto aos trabalhos acredito que Michael também os deixou aos cuidados de seu mentor (ele não era muito organizado, sabemos), mas ninguém os cobrou mais tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordei com você em todas as palavras.

      Excluir
  3. No twitter, a Karen Faye critica muito quem faz isso e sempre alerta os fãs pra não gastarem seu dinheiro com coisas que podem nem ser autênticas de fato

    A intenção dela é até boa de querer nos proteger, mas parece que ela quer arrancar tudo de nós. A gente não pode mais nada se depender dela, nem sequer confiar em mais ninguem

    Ela, por exemplo, já esculachou geral o Michael Bush e o Dennis Tompkins, insinuando até que eles tem (ou tinham) um relacionamento...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente não sabe de quem se cuidar.

      Excluir
    2. O mal de amar alguém de longe, é esse... Tá certo que eu sei mais da vida do Michael do que sei de muita gente ao meu redor
      Mas mesmo assim, a gente não estava junto, participando de tudo e vendo de perto pra ter total clareza sobre o caráter e a motivação de cada um em relação a ele, então, por mais que amemos alguém que tem vinculos com MJ, nunca dá pra colocar a mão no fogo por ninguém!

      Já perguntaram pra Karen sobre a lealdade de Elizabeth Taylor e Chris Tucker com ele e ela confirmou. E apesar de não garantir totalmente nem a lealdade da própria Karen, eu gostaria de saber a opinião dela sobre Macaulay Culkin, mas não tenho Twitter
      Alguém poderia perguntar à ela por mim, por favor? rsrs

      Excluir
    3. Deixe de ser manhosa e vá abrir uma conta no Twitter, cabeça de maçã.

      Excluir
  4. Que bacana! Brett foi um grande amigo e parceiro de Michael. Interessante que ele, que talvez seja o artista mais retratado, na maioria por amadores, mas também muito talentosos, tenha sido retratado posando ao vivo, uma única vez!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tendo Michael posado ao vivo somente uma vez, torna o quadro ainda mais valioso. :)

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! Este é um espaço de amor à memória de Michael Jackson. Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line. [Rosane, admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...