Jonas Maxwell


[2008] ''Meu chefe veio ao meu escritório um dia e, de repente, me disse: "Estamos fechando a galeria." Eu fiquei um pouco atordoado. Eu sabia que os negócios estavam em baixa, mas pensei que estávamos trabalhando bem. Então, ele me contou o real motivo. "Michael Jackson quer fazer algumas compras."

Aparentemente, alguém de sua equipe tinha ligado para o nosso presidente, então ele veio para a galeria para se encontrar com Michael.

Eles chegaram a um acordo, então nós fechamos nossas portas e aguardamos. Cerca de duas horas depois, as portas dos fundos se abriram e Michael chega com três associados, três crianças e a nossa própria escolta.

Michael estava vestido calças escuras, uma camiseta escura com um capuz puxado por cima de sua cabeça, uma máscara cirúrgica e calçados esportivos. Sem luvas.

Eu fiquei no meu escritório, mas eu podia ver toda a galeria através dos monitores de segurança. Eu vi como Michael, segurando duas das mãos de suas crianças, entrou na parte de trás da galeria e começou a navegar através da arte.

Inicialmente, as crianças estavam bem com Michael e fiquei impressionado com a forma como Michael se abaixava para ficar em sua altura, a fim de ouvir o que elas tinham a dizer e para falar com elas. Ele lhes deu toda a sua atenção.

Enquanto percorriam o seu caminho através da galeria, eles começaram a chegar perto da área da frente, que é toda de vidro. A nossa preocupação era que os visitantes do lado externo pudessem reconhecer Michael e as coisas pudessem ficar fora de controle.

Eu continuei a assistir de perto enquanto Michael parecia estar ficando perto demais das janelas de vidro. Michael voltou para a galeria e eu pude respirar novamente. Sobre este tempo, suas crianças aparentemente ficaram entediados com a arte, se dirigiram a uma pequena sala de exibição no centro da galeria, sentaram-se no sofá para conversar.

Em seguida, ocorreu-me que tínhamos algumas pequenas pinturas do artista Steve Kaufman, que tinha acabado de completar várias aparições pessoais na galeria para a abertura de sua exposição de 2008.

Eu pensei que seria bom se entregasse uma das pinturas a cada uma das suas crianças. Eu peguei três e saí para a galeria, a fim de encontrá-las. Do lado de fora da sala de exibição estava um dos associados de Michael. Eu disse a ele que queria dar às crianças um presente, e ele me parou. "Eu vou ter que verificar com seu pai, primeiro", disse ele. Ele levou uma das pinturas e foi embora.

Até aquele momento, não tinha me ocorrido que aquelas era as crianças de Michael. Senti-me um bocado estúpido a esta altura, visto que Michael poderia pagar qualquer coisa as crianças quisessem e eu estava lhes dando estas pequenas pinturas.

Um ou dois minutos depois, o associado voltou e me liberou. Eu fui para a sala de exibição, entreguei a cada criança uma pintura e comecei a lhes falar sobre o artista. Suas expressões foram de valor inestimável - assim como você poderia esperar de qualquer criança. Seus rostos diziam: " Então ...?" Elas não conheciam Kaufman, e não pareciam se importar.

Em seguida, Michael entrou na sala. "Obrigado, muito obrigado, obrigado, muito obrigado..." , repetiu ele, curvando-se ligeiramente para baixo, com as mãos em posição de oração. Eu poderia facilmente ter estendido minha mão, mas eu não o fiz. Não era para isso que eu estava lá. Minhas intenções eram a de deixar Michael sozinho para que ele pudesse fazer compras e dar as pequenas pinturas para as crianças.

Voltei para meu escritório e Michael continuou na loja. Eu vi como Michael arriscou todo o caminho para a área de entrada da frente para olhar para a arte de LeRoy Neiman. Ele estava a poucos metros das portas de vidro. Eu estava mais do que um pouco preocupado. Mas eu fiquei no escritório, assistindo. Seus associados estavam sempre por perto. As crianças ficaram na sala de exibição.

Comecei a procurar na internet por uma fotografia de boa qualidade de Michael, para o caso de eu ter a oportunidade de pegar um autógrafo. Sei que artistas sempre apreciam elogios sobre o seu trabalho, mas muitos também valorizam sua privacidade. Eu tenho uma tendência a respeitar a privacidade, mas eu pensei que eu iria escolher a foto para o caso. Eu imprimi a foto na minha impressora Canon i860 com tinta OEM.

Depois que Michael terminou as suas compras, todos começaram a sair pela porta de trás, perto do meu escritório. Enquanto Michael passava pela porta, eu corri e lhe perguntei se ele tinha tempo para dar um rápido autógrafo. Ele foi gentil, pegou a fotografia e colocou um autógrafo grande e bonito [ilegível, exceto para o ano - 2008 - aparentemente porque a fotografia não era recente].


"Eu amo sua música", eu disse, enquanto Michael e sua comitiva se afastavam.

"Muito obrigado", respondeu Michael.

Eu tive apenas um breve período de tempo para assistir Michael com seus filhos em um ambiente relativamente pessoal e apenas alguns minutos para falar com ele.

O que quer que Michael tenha sido ou não, ele deixou boas impressões em mim. O que eu acho que eu aprendi no meu breve encontro com ele é que: 1) ele era humilde e tinha os ''pés-no-chão'' 2) ele era um pai atento e carinhoso e 3) ele era grato pelas bênçãos que recebera em sua vida.

Obrigado, Michael, pela música, dança, moda, cultura e as lições. Descanse em paz.''

Jonas Maxwell
*Funcionário da Galerias de Arte Centauro em Las Vegas.

*A imagem no início da matéria é apenas ilustrativa.

Fonte: http://www.jonasmaxwell.com

17 comentários:

  1. Que depoimento bacana! Como o comportamento e as atitudes de Michael deixam marcas profundas nas pessoas. Mesmo que seja por alguns minutos.
    Adorei as observações sobre as impressões que Michael deixou no funcionário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ..e ele não resistiu de correr para imprimir uma foto e tentar o autógrafo.. eu fiquei imaginando a cena, na minha mente.

      Excluir
    2. Que legal a ideia dele de imprimir uma foto para conseguir um autógrafo!!! Eu acho que ficaria paralisada.

      Excluir
    3. Eu acho que acontecia tudo muito rápido, vc precisava pensar e decidir logo, arriscar ou viver para se arrepender depois.

      Excluir
  2. ♥ Boa tarde amiga! ♥

    Uma feliz Páscoa a você e a todos(as) os(as) leitores(as).

    Depoimentos que levam sempre às mesmas conclusões: Michael, uma pessoa digna, honesta, gentil, humilde, educada, amorosa...

    Uma pessoa de caráter acima de qualquer suspeita.

    Sendo fã ou não, qualquer pessoa com o mínimo de senso de observação e o mínimo de sensibilidade pode ver o verdadeiro ser humano Michael.

    Namastê!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, amiga! Imagina que alegria receber a visita de Michael no local onde se trabalha.... \0/ eu fiquei pensando, enquanto lia, se Michael imaginava que todas essas pessoas iriam vir a público falar sobre ele, um dia. Eu acredito que não.

      Uma Páscoa feliz para vc também! Namastê! ;D

      Excluir
  3. Rosane me perguntão se não canso de ouvir Michael Jackson?

    Minha esposa é uma das que me pergunta isso.

    Nunca nunca,tenho medo de morrer sem ter curtido ele o suficiente como lhe disse anteriormente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Robson, eu me lembro de vc ter falado sobre isso em um outro comentário. Eu vou contar para vc que o meu marido também precisa ter paciência comigo, dá´para vc ter uma ideia.

      As pessoas ao nosso redor realmente não podem compreender nosso amor ao Rei do Pop, ao menos que sintam da mesma forma. Ao menos, temos nossos amigos virtuais, sites e redes sociais para compartilhar nossas ideias. Nosso vicio não tem cura.

      Excluir
  4. Sabias palavras,as pessoas ao nosso redor realmente não podem compreender nosso amor ao Rei do Pop.Dizem que ele nem sabia que eu existia...eu respondo que não tem nada,o importante aqui é que eu sei que ele existe e vou curti ele pra sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor, respeito e admiração independem da distância. Dependem apenas que alguém nos toque o coração. Prova é que existem pessoas próximas a nós que, muitas vezes, não nos tocam em nada.

      Quando lhe disserem ''mas vc não ganha nada com isso.'' vc responde.. ''querido, eu sou fã de Michael, não o empresário dele.''
      \0/

      Excluir
  5. Com certeza,ganhamos mais que o empresário dele pode ter certeza.

    ResponderExcluir
  6. Michael e suas visitas surpreendentes!
    Eu fico imaginando aqui amiga, como a presença dele era grande porque era humilde e essa gentileza toda que faz derreter qualquer coração.
    Gostei do jeito desse funcionário, respeitou a privacidade do king e imagino como preocupou-se só em pensar que o alguém descobrisse que Michael estava ali.
    Amo esses depoimentos!
    Bjos angel!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso, amiga, uma doçura e gentileza que faziam derreter qualquer coração. Uma bênção! Também amo amo amo ler e viajar nesses depoimentos. Bjos angel do Michael!

      Excluir
  7. O que as pessoa não entendem é a intensidade de nosso amor por ele, pra nós , pelo menos pra mim ele não é um ídolo é alguém próximo alguém de casa, não consigo ficar sem ouvir sua s musicas, de saber dele, pesquisar sobre ele, uma doença da qual não quero ser curada é bom dimais da conta ... como diz uma amiga minha, não devemos esperar que as pessoas entendam mesmo, mais espero que elas respeitem, meu marido tadinho, ja esta conformado e até me compra CDs DVDs do MJ pra mim rsrsrs e ele aprendeu a respeita-lo tb como artista e ser humano, chegando a defende-lo qdo precisa rsrs é isso

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu assino embaixo, Aparecida. É desse jeito, mesmo. Por falar em marido, já me perguntaram o que eu gostaria de ganhar no Dia das Mães, eu disse que não precisa presente material. Mas... se quiserem me dar o novo CD de Michael que sai dois dias depois....... beleza!

      Excluir
  8. Vc leu meus pensamentos ?? rsrsrsr não teria presente melhor... maravilha

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Começou a campanha, aqui em casa...rsrs

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

*Bem-vindos, Moonwalkers! Os comentários são moderados e estarão visíveis tão logo eu esteja on-line. [Rosane, admin. do blog]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...