A entrevista no programa ''60 Minutes''

video

A entrevista que Michael Jackson concedeu para Ed Bradley no programa 60 Minutes. Ela foi gravada em Dezembro de 2003 em um hotel de Los Angeles.

Ed Bradley Qual é a sua resposta às alegações que foram trazidas pelo procurador do distrito, em Santa Barbara, sobre ter molestado aquele menino?

M. Jackson Totalmente falso. Antes que eu fizesse mal a uma criança, eu cortaria os meus pulsos. Eu nunca faria mal a uma criança, é totalmente falso. Fiquei indignado. Eu nunca poderia fazer algo assim

Ed Bradley  Este é um garoto a quem você conhecia?

M. Jackson Sim.

Ed Bradley Como você caracterizaria sua relação com esse garoto?

M. Jackson Tenho ajudado muitas e muitas crianças, milhares de crianças, crianças com câncer, com leucemia. Essa é uma entre muitas outras.

Ed Bradley Então, quando ele apareceu, o que ele fez? O que você fez?

M. Jackson Eu lhe direi exatamente. Quando o vi pela primeira vez, ele estava com a cabeça totalmente careca, pálido como a neve por conta da quimioterapia, muito magro, parecia anoréxico, sem sobrancelhas e cílios. E ele estava tão fraco, eu tinha que carregá-lo da casa para a sala de jogos, ou empurrá-lo na cadeira de rodas, para tentar dar a ele uma infância, uma vida.

Eu me sentia mal. Eu nunca havia tido essa chance também, quando criança. Eu sei como se sente quando se está daquele jeito. Não doente, mas por não ter tido uma infância. Então, meu coração se solidariza com essas crianças, eu sinto a sua dor. 

Ele nunca havia subido numa árvore. E eu tenho essa árvore em Neverland. Eu a chamo de Minha Árvore Generosa. Pois eu gosto de escrever músicas lá do alto. Eu escrevi muitas músicas lá. 

Então eu disse, ''Você tem que escalar uma árvore. Isso faz parte da infância. E eu ajudei-o a subir. Uma vez ele subiu na árvore, nós olhamos através de seus galhos. A vista era linda. Foi mágico. E ele gostou bastante disso.

Para dar a ele a chance de ter uma vida, sabe? Pois haviam dito que ele iria morrer. Disseram a ele e a seus familiares para preparar seu funeral, isso era o que ocorreria. E eu o coloquei num programa. Ajudei muitas crianças fazendo isso. Eu o coloquei num programa psicológico.

Partes 2 e 3 
video

video

Ed Bradley O que se passava na sua mente quando você foi conduzido a uma delegacia, algemado, para ser fotografado, e que você sabia que seria mostrado no mundo todo?

M. Jackson Eles fizeram isso para tentar me diminuir, para tentar me humilhar. Mas eu fiz o que eles queriam. e no final, eu queria mostrar ao público que eu estava bem, ainda que machucado.

Ed Bradley O que aconteceu quando eles te prenderam? O que eles te fizeram?

M. Jackson Esperava-se que eu fosse à delegacia, colhesse as impressões digitais, e fizesse tudo aquilo que fazem quando prendem alguém. Eles me conduziram muito brutalmente. Meu ombro está deslocado, literalmente. Está doendo muito. Estou tendo dores o tempo inteiro. Sabe esse braço? É só até aqui que ele chega. O mesmo com esse lado aqui.

Ed Bradley Por causa do que aconteceu na delegacia?

M. Jackson Sim. Sim. Na delegacia. E o que eles fizeram a mim... Se você visse o que eles fizeram com meus braços... Foi muito ruim o que fizeram. Ele está muito inchado. Eu não quero falar. Você verá. Você verá.

Ed Bradley Como eles fizeram isso? O que fizeram fisicamente?

M. Jackson Com as algemas, a maneira como as fecharam, muito apertadas em minhas costas...

Ed Bradley Em suas costas?

M. Jackson Sim. E colocando-as, eles colocaram numa certa posição, sabendo que iria machucar minhas costas. Agora eu mal posso me mover. Isso me atrapalha para dormir à noite. Não posso dormir direito.






Em um certo momento, pedi para ir ao banheiro. Eles disseram, "Certo, é logo ali naquele canto."

Assim que entrei na sala, eles me trancaram por cerca de 45 minutos. Faziam piadas, havia fezes espalhadas pelas paredes, no piso e teto. Fedia muito. então um policial veio até a janela. E fez um comentário irônico. Ele disse, "Cheire... Será que cheira bem o suficiente para você aí? O que você acha do cheiro? É bom?" 

E eu disse simplesmente: "Está tudo certo. Está tudo bem." Então eu sentei e esperei. 

Ed Bradley Por 45 minutos?

M. Jackson Sim, por 45 minutos. Cerca de 45 minutos. E então... vinha um policial e dizia, "Você estará fora daí num segundo. Estará fora em um segundo." Então aparecia outro 10 minutos depois, depois mais 15 minutos. Fizeram de propósito.

Ed Bradley Como você se sentiu quando entraram em Neverland, suponho que com um mandado de busca? O que eles procuravam? O que eles levaram?

M. Jackson Meu quarto está completamente destruído. Meus empregados me disseram, "Michael, não vá até seu quarto." 

Eles estavam chorando ao telefone. Disseram, "Se você visse seu quarto, você iria chorar." 

Tenho degraus para chegar à minha cama. E eles disseram, "Você não pode nem subir os degraus. O quarto está totalmente arrasado."

Eles tinham 80 policiais nesse quarto, 80 em um quarto. Isso é um exagero. Eles levaram facas e rasgaram meus colchões... rasgaram tudo.

Ed Bradley Eles levaram algo de Neverland?

M. Jackson Não tenho certeza do que eles levaram. Nunca me deram uma lista.

Ed Bradley Mas você está dizendo que destruíram sua propriedade?

M. Jackson Sim, eles destruíram. E o que eles fizeram foi trancar todos os que trabalham na propriedade do lado de fora da casa. Eles tiveram toda a casa para eles. Para fazer tudo que quisessem. 

E eles aproveitaram. Estiveram em locais que não se esperava que fossem... como meu escritório. Eles não tinham mandado de busca naqueles lugares. Eles realmente aproveitaram. E a sala está uma total ruína, eles me disseram. Não acho que eu queira ver isso. Ainda não estou preparado para ver.

Ed Bradley Então, você ainda não voltou lá?

M. Jackson Voltei lá. Mas não no meu quarto. Eu não quero mais viver lá. Vou visitar Neverland. É só uma casa agora. Não é mais um lar. Apenas a visitarei. Que horas são? É que estou com dores. Tenho que ficar bem de alguma maneira. Sim. Ok. Não me sinto bem. 

De alguma forma a ganância está envolvida, e alguém que eu não saberia dizer. Mas isso tem a ver com dinheiro. ''É Michael Jackson. Olhe o que nós temos aqui. Podemos tirar dinheiro disso tudo.'' Foi exatamente o que aconteceu.

Ed Bradley Você o ajudou com o câncer. O que eu não compreendo é o porquê, e eu sei que você diz que é dinheiro, mas... por que ele se viraria e diria, "Michael Jackson me abusou sexualmente", se isso não fosse verdade?

M. Jackson Porque os pais tem poder sobre seus filhos. Eles sentem que têm que fazer o que os pais dizem...O amor pelo dinheiro é a raíz de todo o mal. E essa é uma criança adorável. E para vê-lo mudar dessa forma, este não é ele. Este não é ele.

Ed Bradley Então, você não acha que isso venha dele? Isso...

M. Jackson Não.

Ed Bradley ... vem dos pais dele?

M. Jackson Não. Este não é ele. Não. Conheço seu coração.

Ed Bradley Quando as acusações foram feitas, as alegações de 1993, você era inocente naquelas acusações?

M. Jackson Sim.

Ed Bradley Então... se você era inocente, porque você pagaria, eu digo, para manter -se calado? Eu digo, porque não ir à Corte, e lutar por seu bom nome? Eu digo...

M. Jackson Não tenho permissão para falar sobre isso.

Ed Bradley Tudo bem.

Advogado de Michael Eu digo, lembre-se do que aconteceu a ele 10 anos atrás. Ele foi humilhado. Ele foi... examinado. Estavam fotografando a ele. Estavam humilhando-o no pior dos termos, ao olhar para suas partes íntimas e fotografar suas partes íntimas. 

E... ele estava sujeito a algumas das mais intrusas invasões que se possa imaginar. Eu só posso tentar me colocar naquela situação e dizer, "Olhe, se dinheiro pode fazer essa situação acabar, talvez seja o melhor.'' Eu não sei e eu não quero destacar isso.

Ed Bradley Mas... mas o que chega à percepção do público, é que isso aconteceu não uma vez, isso aconteceu duas vezes. Aqueles garotos vieram... foram adiante e o acusaram... de molestá-los sexualmente nos últimos dez anos. E ele fez comentários públicos sobre como ele gosta de dividir sua cama com crianças. Você pode entender como o público deve sentir que, "ei... talvez haja algo aqui." Há muita fumaça.

Mark Geragos Bem, olhe. Há muita fumaça. Mas muita gente que sopra a fumaça está... está distorcendo o que aconteceu. Eu entendo quando as pessoas dizem: "Agora há mais um caso". Mas eu... Eu acho, com toda a certeza, que a maioria entendeu. A maioria das pessoas compreende que esse caso não é sobre mais nada a não ser dinheiro.

Ed Bradley Aquele documentário britânico de Fevereiro passado... que você não gostou...

M. Jackson Sim, Não gostei.

Ed Bradley Você... você disse naquele documentário que... que muitas crianças dormiram em seu quarto.

M. Jackson Sim.

Ed Bradley Você disse, e... eu eu vou citar aqui: "Porque não dividir sua cama? A coisa mais amorosa a fazer é dividir sua cama com... com alguém."

M. Jackson Sim.

Ed Bradley Sentados aqui hoje, você ainda pensa que é aceitável dividir a cama com crianças?

M. Jackson Claro. Por que não? Se você é Jack, o estripador, se você é um assassino, não é uma boa idéia. Isso eu não sou. É como fomos criados. E eu... Eu não dormi na cama com a criança. Ainda que eu tivesse feito, estaria tudo ok. Eu dormi no chão. Dei a cama para a criança.

Ed Bradley  Você é pai. Você tem três filhos.

M. Jackson Sim.

Ed Bradley Você permitiria que suas crianças dormissem na cama com um homem mais velho, que não fosse parente, ou que dormissem no mesmo quarto?

M. Jackson Certamente, se eu conheço a pessoa, confio nela, e a amo. Isso aconteceu muitas vezes comigo quando eu era pequeno.

Ed Bradley Como pai, você permitiria que suas crianças dormissem na mesma cama com alguém, que tem as mesmas suspeitas e alegações que foram feitas contra você, e sobre você hoje? Você permitiria isso?

M. Jackson Alguém...

Ed Bradley Se você conhecesse alguém, que tivesse as mesmas acusações que foram feitas contra você.. deixaria seus filhos dormir na cama de um homem?

M. Jackson Meus filhos? Se eu... se eu conhecesse a pessoa pessoalmente. Pois eu sei como a imprensa é, e como as pessoas podem distorcer a verdade. Se eu conhecer a pessoa pessoalmente, claro que sim, absolutamente. Eu não teria problemas com isso.

Ed Bradley  Você sabe o que isso aparenta para muita gente? Digo, você compreende isso?

M. Jackson Como se aparenta o quê?

Ed Bradley O fato de que você...

M. Jackson Sabe porquê? As pessoas pensam em sexo. Elas estão pensando em sexo. Minha mente não funciona assim. Quando eu vejo uma criança, vejo a face de Deus. É por isso que as amo tanto. É o que penso.

Ed Bradley Você conhece algum outro homem da sua idade, um homem de 45 anos, que divide o quarto com crianças?

M. Jackson Claro. Não para sexo. Não. Isso é errado.

Ed Bradley Bem, deixe-me dizer, de minha perspectiva, minha experiência, eu não conheço qualquer homem de 45 anos, que não seja parente das crianças, que divida o quarto com outras crianças.

M. Jackson Bem, o que está errado em dividir sua cama? Eu não disse que dormi na cama. E ainda que o tivesse feito, estaria tudo ok. Não vou fazer nada de caráter sexual para uma criança. Não está em meu coração. Eu nunca faria nada desse tipo. Esse não é Michael Jackson. Desculpe-me. Essa é outra pessoa.

Ed Bradley O que isso causou à sua carreira?

M. Jackson O que isso causou à minha carreira?

Ed Bradley O que isso causou à sua carreira?

M. Jackson De que maneira?

Ed Bradley Qual foi o impacto... você sabe...

M. Jackson Estou... Meu álbum...

Ed Bradley ...Turnês, vendas...

M. Jackson O álbum é número um por todo o globo. Por todo o mundo. Os Estados Unidos são o único lugar... Eu não quero falar muito.

Ed Bradley Mas não é número um nos Estados Unidos?

M. Jackson É uma conspiração. Sim. Estou ficando cansado.

Ed Bradley Michael, o que você diria para seus fãs que têm te apoiado em tudo isso, e que hoje, alguns deles devem ter algumas perguntas? O que você diria para eles?

M. Jackson Bem, eu diria que os amo muito. Eles aprenderam sobre mim, e me conhecem à distância. Mas se vocês quiserem realmente me conhecer, há uma canção de escrevi, que é a canção mais honesta que eu já escrevi. É a música mais autobiográfica que eu já escrevi. Ela se chama Childhood. Eles devem ouví-la. É uma que eles realmente deveriam ouvir. E obrigado por seu apoio, os fãs em todo mundo. Eu amo vocês com todo o meu coração. Eu os amo, por todo o planeta.

Fontes:
Em inglês: http://www.cbsnews.com

Tradução: http://www.mjjforumforever.com
Imagens adicionadas por este blog

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...